Posts para Categoria Atrair - Resultados Digitais

Como montar uma estratégia de conteúdo certeira: os 5 passos iniciais

estratégia de conteúdo

Existem diversas formas de construir sua estratégia de geração de Leads: formulários de contato, oferta de um contato consultivo gratuito, teste grátis e muitos outros. Porém, na experiência da Resultados Digitais, algo é bastante comum entre seus clientes que obtém sucesso: produção de conteúdo.

A produção de conteúdo constante e estratégica garante posicionamento nos mecanismos de busca, uma audiência cativa e uma geração de Leads recorrente e crescente.

Leia mais…


Como ter o melhor retorno sobre o investimento em compra de mídia: 8 práticas comprovadas

Retorno sobre o investimento em compra de midia

Muitas pessoas, quando estão começando a trabalhar com Marketing Digital em seu negócio, têm medo de investir em mídia paga e não ter o resultado logo de cara. Se você se enquadra neste caso e ainda tem dúvidas sobre mídia paga, eu recomendo ler meu post sobre os mitos sobre Links Patrocinados e Mídia Paga.

No caso da Resultados Digitais, começamos com um blog e a partir dele construímos uma base de contato. Foi só depois de alguns anos que essa base de Leads foi preparada para vender o software RD Station. Podemos aplicar esse modelo para a compra de mídia, né?

A seguir, confira 8 práticas comprovadas que vão te ajudar a obter o melhor retorno sobre o investimento em compra de mídia.

Leia mais…


Glossário de termos de blogs

termos de blogs

Se você possui ou administra um blog corporativo de uma empresa ou um blog pessoal, deve ter percebido que há muitas palavras específicas relacionadas a esse canal.

Com tantas opções e termos próprios sobre o assunto, preparamos esse glossário de termos de blogs, um dicionário simplificado com as palavras que todo mundo que tem um blog deve conhecer.

Se você tem mais alguma palavra como sugestão, é só deixar nos comentários que a gente atualiza.

Leia mais…


Cara, cadê meu PageRank?

pagerank

Se você já tem conhecimento sobre SEO há pelo menos 5 anos, já deve pelo menos ter ouvido falar bastante das “traquinagens” que o Google costuma fazer com os profissionais de SEO. Um exemplo ocorreu em 2011, quando o Google lançou o update Panda e passou a não aceitar mais qualquer conteúdo mal escrito, com repetições exageradas de palavra-chave apenas para melhor posicionar. No mesmo ano, a empresa decidiu que não iria mais exibir qualquer informação sobre as palavras-chave que trouxeram tráfego para o seu site (o famoso “Not Provided”). Já em 2012 o Google lançou o update Penguin, fazendo com que todos os sites com links de baixa qualidade, artificiais, sofressem consequências.

Bom, verdade seja dita: todas essas mudanças que o Google estabeleceu foram justas e necessárias. Sim, visto que o algoritmo do Google foi feito para traduzir o que seria uma boa experiência para o usuário e não para que os sites artificialmente se adequassem a esse algoritmo (que é o que sempre aconteceu).

Sob essa mesma premissa, no dia 18 de abril de 2016, o Google anunciou a mais nova: a partir desse dia, ele não exibiria mais publicamente a informação do PageRank de todos os sites.

Leia mais…