Posts para SEO (Otimização para buscadores) - Resultados Digitais

Cara, cadê meu PageRank?

pagerank

Se você já tem conhecimento sobre SEO há pelo menos 5 anos, já deve pelo menos ter ouvido falar bastante das “traquinagens” que o Google costuma fazer com os profissionais de SEO. Um exemplo ocorreu em 2011, quando o Google lançou o update Panda e passou a não aceitar mais qualquer conteúdo mal escrito, com repetições exageradas de palavra-chave apenas para melhor posicionar. No mesmo ano, a empresa decidiu que não iria mais exibir qualquer informação sobre as palavras-chave que trouxeram tráfego para o seu site (o famoso “Not Provided”). Já em 2012 o Google lançou o update Penguin, fazendo com que todos os sites com links de baixa qualidade, artificiais, sofressem consequências.

Bom, verdade seja dita: todas essas mudanças que o Google estabeleceu foram justas e necessárias. Sim, visto que o algoritmo do Google foi feito para traduzir o que seria uma boa experiência para o usuário e não para que os sites artificialmente se adequassem a esse algoritmo (que é o que sempre aconteceu).

Sob essa mesma premissa, no dia 18 de abril de 2016, o Google anunciou a mais nova: a partir desse dia, ele não exibiria mais publicamente a informação do PageRank de todos os sites.

Leia mais…


Como explorar o tráfego orgânico e preparar o seu site para vender mais

Google

A disputa pelas primeiras posições nas páginas do Google não é nenhuma novidade. Se levarmos em consideração que 60% de todos os cliques acontecem nas 3 primeiras posições do resultado orgânico, trabalhar para ranquear melhor a sua marca faz cada vez mais sentido, não é mesmo?

Agora imagine que sua empresa está na 35ª posição nas páginas de pesquisa do Google. Quantas vendas você faz hoje pela internet? Já pensou por que sua empresa ou sua marca não conseguem vender mais? Já se perguntou como seu potencial cliente tem alcançado seu produto ou serviço pela rede? Quantos por cento você poderia vender a mais no ano se melhorasse o posicionamento da sua marca na web?

Leia mais…


Ferramentas de SEO: tudo o que você precisa saber para otimizar melhor seu site

Ferramentas de SEO

O buscador mais famoso do mundo, Google, foi criado em 1996 e, logo em seguida, no ano de 1997, o termo Search Engine Optimization (SEO) passou a fazer parte do vocabulário dos webmasters.

No ano de 2013 para 2014, a idealização por produção de conteúdo começou a se espalhar de forma viral. Com isso, rapidamente frases como “o SEO morreu!” se tornaram quase que jargões no mercado. Bom, se isso realmente fosse uma verdade, não faria sentido o sucesso de tantas empresas que vendem ferramentas para auxiliar trabalho de SEO e, já que tocamos no assunto, é sobre essas ferramentas de SEO que hoje vamos aprofundar.

Existem centenas de ferramentas de SEO no mercado. Algumas são focadas em uma etapa específica do trabalho e outras vêm com propostas mais abrangentes, abraçando todo o processo.

Para ajudar você a conhecer e possivelmente escolher uma ferramenta braço direito nas suas otimizações, vamos agora citar algumas delas.

Leia mais…


Google Search Console: O guia completo de como usá-lo na prática

Google Search Console

Se o Google Analytics é uma poderosa ferramenta para analisar o comportamento dos usuários em seu site, o Search Console (antigo Webmaster Tools) também é peça chave para saber como os usuários chegam até lá.

Já comentamos neste outro post que o Google Search Console é o que permite a você entender como o Google vê o seu site e fazer otimizações necessárias. Mas será que você realmente sabe como e o que analisar?

Com a “democratização” da informação, até o antigo nome Webmaster Tools foi alterado, já que o público que o utiliza já não se limita mais apenas a técnicos.

Pensando nisso, reunimos aqui as principais informações para que você consiga extrair importantes dados, mesmo que você não seja um webmaster.

Leia mais…


10 mitos sobre SEO que você precisa conhecer para se posicionar bem no Google

otimização para os mecanismos de busca

Pelo fato de estar lendo esse post, isso provavelmente já deve ter acontecido com você.

Visualize a situação: Você vai começar agora um trabalho de SEO pela primeira vez e precisa traçar toda a sua estratégia para rankear o site em primeiro lugar. Você pesquisa um pouco sobre o assunto com seus amigos e conhecidos da área de Marketing Digital, mas que não entendem tanto de SEO, e percebe que várias das recomendações deles entram em contradição.

Neste caso, o que fazer? Em quem acreditar? Bom, neste post vamos falar um pouco sobre esses mitos de SEO.

Leia mais…