5 perguntas chave que um vendedor deve fazer sem medo


Business man looking at question marks and solution path

Obter informações sobre o seu potencial cliente é essencial durante o processo de vendas por dois grandes motivos: garantir de fato a efetividade da venda (com um entendimento claro do problema, solução e processo para chegar la) e avaliar se a venda realmente deve acontecer ou não.

Em relação ao primeiro ponto, mesmo que o vendedor tenha uma boa base de Leads gerados pelo marketing e nutridos com fluxos de automação, algumas informações só podem ser obtidas no contato direto mesmo.

Em relação ao segundo ponto e à gestão do funil de vendas, uma regra é bastante clara: ou um Lead avança ou deve ser descartado. E quanto antes esse Lead for descartado, melhor.

É bem comum que os vendedores não façam isso. Em algumas vezes, o medo de serem rejeitados ou a vontade de se sentirem produtivos faz com que eles continuem no processo, alimentando uma esperança e adiando a negativa para o momento final, lá na frente, para alimentar a ilusão de que “tentaram de tudo”. Isso só atrapalha. leia mais…

Categorias: CRM e Vendas


3 Tendências para Automação de Marketing em 2015


business hand writing question about 2015 on graph

2014 foi o ano da automação de marketing. Muitas empresas descobriram o conceito e começaram a se preocupar em automatizar o relacionamento com seus Leads para gerar mais oportunidades de negócio.

Eu escrevi uma série de posts sobre o assunto no ano passado (veja a lista de posts aqui) e contei como a própria Resultados Digitais conseguiu dobrar seus resultados sem aumentar o time de marketing através da Automação de Marketing.

Ao longo do ano conversei com muitos dos nossos clientes para entender como eles usavam e ajudá-los a ter resultados com a Automação de Marketing. Isso me ajudou muito a entender o cenário atual e pensar quais serão os próximos passos.

Nesse post listei o que eu acredito que serão as 3 maiores tendências para 2015 leia mais…

Categorias: Automação de Marketing, CRM e Vendas, Nutrição de leads


9 Passos para estruturar seu processo de vendas


processo de vendas

Por onde começo para expandir meu time de vendas? Como faço para que as melhores práticas em vendas sejam multiplicadas dentro do time? Como sei onde investir para melhorar a performance do meu time de vendas? Como faço para treinar novos vendedores?

A resposta para todas as perguntas acima não pode ser dada sem uma premissa básica: a existência de processos de vendas estruturados e documentados. O processo de vendas define, passo a passo, todas as etapas pelas quais um Lead deve passar desde quando é entregue por marketing até se tornar cliente.

A estruturação do processo de vendas pode mudar completamente a forma como seus vendedores enxergam o mercado e os clientes. O tempo para pensar a maneira que fazem suas atividades e a própria troca de conhecimento decorrente do exercício de estruturação do processo de vendas já traz ganhos enormes.

A seguir veremos os 9 passos a serem seguidos para se definir um processo de vendas do zero. leia mais…

Categorias: CRM e Vendas


A economia das assinaturas: gerando mais receita com pagamentos recorrentes


economia das assinaturas

Esse post foi escrito por Mauricio Kigiela (Smartbill) como convidado do blog:

A RD falou de forma sucinta em um post recente sobre Customer Success sobre algo que tem acontecido no mundo dos negócios: diversas empresas estão migrando e conseguindo ganhar mercado passando a atuar no modelo de assinaturas.

A ideia é simples: ao invés de vender itens ou pacotes pontuais, as empresas passam a oferecer seus serviços ou produtos mediante um pagamento recorrente. O cliente não precisa mais investir uma quantia alta para ter aquilo que deseja e se sente atraído pelo fato de ter acesso instantâneo a bons/produtos serviços com um custo baixo de entrada.

A Netflix é um bom exemplo do impacto que esse modelo de negócio cria no mercado. Com um preço acessível e facilidade tanto para assinar como para cancelar, o serviço de streaming de vídeos foi um sucesso e ajudou a reduzir consideralvemente as compras/aluguéis de filmes. leia mais…

Categorias: CRM e Vendas, Nutrição de leads, Relacionar


6 passos para começar em SEO em 2015


começar SEO 2015

Para empresas que lá atrás já tinham SEO em seu vocabulário de Marketing, não era difícil acreditar que o investimento nesse caminho trazia um ótimo retorno. No entanto, para quem está começando agora e acredita na máxima do meio digital de que a melhor forma de achar seu cliente é ser encontrado por ele, fica uma enorme dúvida se o investimento em otimização para ferramentas de busca ainda faz sentido.

Isso porque, embora todo mundo queira estar nas primeiras posições, muita coisa mudou ao longo dos últimos anos na dinâmica das ferramentas de busca e frequentemente se fala na morte do SEO. As mudanças estão acontecendo sim e de forma muito rápida – para se ter ideia, o Google faz mais de 500 atualizações por ano. O fato, no entanto, é que todas essas mudanças têm como grande foco beneficiar a experiência do usuário, permitindo que ele encontre com mais acuracidade o que busca e que fique mais satisfeito com os resultados que encontra.

Para as empresas, a constante é que a consistência das publicações é fortemente considerada em todas essas mudanças, levando em conta a qualidade e originalidade das publicações mais do que a quantidade ou truques simples, como já foi. Esse é o coração de uma boa estratégia e SEO não vai funcionar sem esse conteúdo de qualidade. Existe ainda uma preocupação com a organização do site, fluidez na navegação e outros itens que podem oferecer uma experiência mais completa ao usuário. leia mais…

Categorias: SEO (Otimização para buscadores)