Blog de Marketing Digital de Resultados

5 razões para colocar um conteúdo rico atrás de um formulário

Em nosso Webinar sobre Gestão de Leads, falamos bastante sobre a importância de se ter uma conversão intermediária no seu site para fisgar quem ainda não está no momento certo da compra, especialmente em negócios B2B ou B2C de venda complexa.

Também comentamos que uma das formas mais eficazes de converter os visitantes do seu site em Leads é oferecê-los um conteúdo educativo e que agregue valor, tais como eBooks, Whitepapers e Webinars. Em troca, pede-se algumas informações de contato deste potencial cliente (nome, email, telefone, etc.). Assim sua empresa pode continuar educando-o e preparando-o ao longo do tempo e, no momento certo, fazer a abordagem de venda.

Além dessa possibilidade de nutrição do Lead, apresentamos neste post mais 5 motivos para sua empresa utilizar formulários em troca desse conteúdo.

1. Conhecer quem está baixando o material

O que você prefere: ter 300 downloads do seu material e não ter a menor ideia de quem são essas pessoas, ou ter as informações de contato de 100 pessoas que preencheram o formulário, sabendo que essas realmente se interessaram pelo assunto a ponto de fazê-lo?

Além disso, ao saber que tipo de pessoa está baixando o conteúdo, aos poucos vamos formando um conhecimento tácito sobre que tipo de pessoa a empresa está atraindo com seus esforços de Marketing Digital. É comum usar esse conhecimento para calibrar as ações, como por exemplo, deixar posts mais ou menos técnicos, investir mais em determinado canal e menos em outro, etc.

2. Criar uma base e inteligência sobre os Leads

Com a plataforma tecnológica adequada, é possível agregar todas essas informações de Leads em uma única base, adicionando informações complementares na medida que novas conversões e interações vão acontecendo ao longo do tempo.

Para cada Lead, por exemplo, é possível saber qual a fonte de tráfego que originou a primeira visita, quais foram os outros materiais baixados, qual é o seu perfil e quais interações que ele teve com a empresa nas mídias sociais, entre outras. Essas informações são fundamentais para a área comercial conseguir ser muito mais efetiva nas suas ações.

3. Analisar o desempenho e a eficácia dos materiais

Sem as informações dos Leads e o histórico dos mesmos, fica mais difícil analisar que tipo de material está sendo eficiente em atrai-los e, ultimamente, convertê-los em clientes.

Um efeito complementar disso é que a empresa pode acabar ficando desencorajada a criar novos materiais e manter ou ampliar os investimentos em Marketing Digital, pois torna-se complicado analisar a contribuição real deles para a geração de negócios. Por outro lado – e é que o costumamos ver na RD e em diversos clientes – tendo acesso a esse histórico fica evidente a contribuição de bons materiais dentro do processo de venda.

4. Ter uma “plataforma de lançamento” para cada novo material

Ao captar os contatos dos Leads – especialmente o email – essa lista vai se acumulando na sua base e sua empresa não precisa sempre “começar do zero” com a divulgação. Ao lançar um novo material, assim como recomenda-se promovê-lo nos outros ativos de Marketing da empresa (Twitter, Facebook, Blog, etc.), pode-se enviar um email promocional para essa base.

Quando isso acontece, o alcance do email é maior do que nas outras redes, já que as pessoas não “perdem” as mensagens que recebem. Mais do que isso: como os Leads já baixaram algum outro material, eles já confiam e sabem o que esperar da sua oferta, e consequentemente convertem novamente e ajudam a promover o material. Isso sem contar que tornam-se cada vez mais educados e estimulados a virarem clientes da sua empresa.

5. Espalhar a mensagem e aumentar o alcance da empresa no Twitter, Facebook, etc.

Quanto mais materiais sua empresa desenvolver, mais ela vai fazer crescer sua base de Leads e mais vai poder afinar o relacionamento com os mesmos.

Uma vez que essas pessoas estão se relacionando com sua empresa e estão acompanhando de perto seu trabalho, maiores são as chances delas virarem seguidores do seu Blog, Twitter, Facebook, etc. Como consequência, essas pessoas também são bem propensas a compartilhar os conteúdos e produtos/serviços da sua empresa com seus amigos e contatos de negócio, fazendo com que os mesmos passem a conhecer sua empresa e iniciem novamente o ciclo.

Marcadores:

Deixe seu comentário