Blog de Marketing Digital de Resultados

5 tipos de vídeos para sua empresa ser um sucesso de audiência

Qual foi o último vídeo que você assistiu? Qual o vídeo que chamou mais a sua atenção esta semana? Qual deles não sai da sua cabeça? E o principal, sua empresa já está usando isso como referência e pegando carona na produção de conteúdo audiovisual?

Ter sua marca, produtos ou serviços no ar é mais um ponto importante de contato com o seu consumidor. É se comunicar de forma dinâmica e com mais facilidade. Como sua empresa tem visto isso? Ela já está preparada ou ainda está atrás da concorrência?

Dicas básicas para produção de vídeos

Para começar você não precisa de muito investimento. Acredite, para se ter um conteúdo com uma qualidade interessante é preciso focar em 3 pontos básicos:

1 – Iluminação

Aqui para se ter um resultado de excelência é preciso ter um bom equipamento e uma equipe profissional para direcionar o trabalho. Contudo, se a verba não for suficiente, opte sempre pelo bom senso. Use lugares com claridade e nada de locais com penumbra, isso vai prejudicar e muito seu vídeo. Faça filmagens e testes no local onde você vai produzir o vídeo, isso ajuda, e muito, no resultado final.

2 – Câmera

Caso não seja viável a contratação de um profissional, é possível optar por câmeras amadoras, mas com qualidade HD (como um iPhone ou uma GoPro, por exemplo). Opte por locais em que você possa apoiar sua câmera ou celular, se tiver um tripé à disposição, melhor ainda. O objetivo aqui é ter qualidade e estabilidade na hora da filmagem para um bom resultado.

3 – Microfone

Dentre os três quesitos de equipamentos, o microfone é , sem dúvidas, o mais importante. A qualidade de áudio na transmissão é o que dá peso no resultado final. Não adianta ter uma boa iluminação e qualidade de imagem se o seu áudio tiver barulhos, chiados ou interferências. A taxa de rejeição provavelmente será grande.

Canais de divulgação dos vídeos

Depois de observar esses quesitos é importante ter um canal próprio. Tenha uma biblioteca de seus vídeos em um só lugar. Há diversas redes que dispõem de recursos para organizar a sua videoteca virtual e, tendo os seus vídeos reunidos, é possível fazer com que o visitante  percorra o seu canal ampliando seu contato com a marca e consumindo mais o seu conteúdo.

Além disso, é possível mensurar resultados de campanhas através dos insights que as redes fornecem através de números de visitantes, tempo de permanência ao assistir o vídeo, geolocalização da audiência, entre outros.

Veja as 3 principais redes no Brasil para você ter um canal de sucesso.

Youtube

Hoje, o Youtube possui mais de 1 bilhão de usuários. A cada minuto são inseridos cerca de 300 horas de conteúdo de mais de 75 países. Desse público, metade assiste aos vídeos pelos seus celulares. (Fonte: Youtube.com).

Vine

Já o  Vine possui 100 milhões de usuários que assistem a vídeos todos os meses. Todos os dias são inseridos mais de 12 milhões de vídeos. Apesar de números menores se comparado ao Youtube é preciso ficar bem atento ao Vine: o Brasil ocupa a 10ª posição em número de usuários na rede. (Fonte: Vine.com).

Vimeo

A rede possui cerca de 25 milhões de usuários. Apesar do número de participantes ser menor que as outras redes, há grandes marcas apostando com seus canais como Coca-Cola, Canon, Nokia, Intel e Rolex. Uma bela aposta para a sua marca também estar presente aqui.

Em qual tipo de vídeo minha empresa deve apostar?

Antes de criar o seu vídeo pense qual o seu principal objetivo: educar o publico sobre um tema, vender uma ferramenta ou serviço, fazer um onboarding para quem já é cliente, são algumas opções. Mas, seja qual for o seu objetivo, deixe claro a ideia que você quer passar e de que forma esse vídeo vai ajudar o seu cliente.

Com o objetivo em mente e seus canais criados chega a hora de entrar em ação. Para dar uma mão nesse processo, selecionamos 5 tipos de vídeo que podem ajudar você a produzir vídeos para conquistar a sua audiência.

1 – Faça entrevistas

Toda área possui seus profissionais de referência. Entrar em contato para um bate papo sobre um assunto importante do seu nicho pode ser um bom caminho para ampliar a sua audiência e conquistar muitas visualizações e Leads para o seu negócio. As entrevistas podem ser presenciais ou via Skype, por exemplo.

Você ainda pode optar pelo Hangout (chat da plataforma Google). Ele é leve e pode ser usado por diversas pessoas. Além disso, sua versão “on air” permite que centenas de pessoas possam acompanhar sua transmissão sem custo. A grande vantagem do Hangout é o fato da interatividade. Os participantes podem enviar perguntas através do chat e as respostas podem ser via vídeo ao vivo no bate-papo em tempo real ou pós Hangout.

Aqui na Resultados Digitais produzimos algumas materiais interessantes sobre diversos assuntos como o Hangout “Como gerenciar um projeto de implementação de Marketing Digital e Vendas”  Essa forma de conteúdo tem a grande vantagem de poder ser ao vivo, isso amplia e muito a interatividade, além de ser um grande captador de leads para o seu negócio.

Um outro exemplo que trabalha bem esse conceito é o videocast  Man in the Arena. Um programa que fala sobre empreendedorismo e cultura digital. A cada episódio um profissional renomado fala sobre sua carreira, dicas e notícias sobre o setor.

2 – Produza tutoriais

Aqui a ideia é produzir um passo a passo de como fazer algo. O universo de tutoriais é bem variado, ele pode ir desde criar alguma coisa manual, como um artesanato por exemplo, passando por conteúdo educacionais, como “5 passo para criar um perfil de sucesso no LinkedIn”, até como fazer uso de um software.

Aqui na Resultados Digitais criamos alguns tutoriais para facilitar o aprendizado do nosso software  RD Station. Gravamos a tela e indicamos como fazer uso da melhor forma. Assim, o material fica com um conteúdo dinâmico, de fácil entendimento e abre a perguntas e novas interações com o público que está assistindo.

3 – Fale sobre seus produtos

Aqui a divulgação não vem em forma de um comercial comum, ele procura informar e não vender de forma direta. O conteúdo deve fluir sem forçar uma compra, quanto mais o conteúdo agregar ao produto e a quem busca informação, melhores são os resultados.

Quem trabalha isso de forma criativa e leve é a Uatt?. Através de vídeos curtos e dinâmicos a empresa apresenta seus produtos de maneira divertida sem forçar uma compra ou se apresentar invasiva.

4 – Crie apresentações no “Quadro Branco”

Imagine uma aula. Agora transfira ela para uma tela de computador ou mobile. Em poucas palavras é assim que funciona a dinâmica do quadro branco. O apresentador se coloca a frente de um quadro e apresenta o tema. Geralmente a duração não é prolongada (cerca de 10 a 20 minutos) e o tema fica com uma dinâmica de fácil entendimento.

Um bom exemplo é a SEO Moz. Toda a sexta-feira é apresentado um assunto sobre SEO com o quadro branco onde um profissional explica sobre o tema . Poucos recursos, ótimo conteúdo e excelentes resultados.

4 – Seminários Online – Webinars

Outra possibilidade é promover uma apresentação online sobre o seu conteudo. Os seminários online podem ser uma saída efetiva para geração de leads, além de aproveitar um conteúdo que já está sendo gerado em forma de palestra presencial e torná-la online.

Você pode ainda simplificar a apresentação do seu webinar. Use apenas a tela do seu computador como guia seguindo uma apresentação de slides, por exemplo. Neste caso o apresentador não aparece (ou é visualizado ao lado da apresentação). Uma forma de cortar custos na produção sem perder a qualidade da apresentação.

Aqui na Resultados Digitais temos alguns bons exemplos disso. Um deles é a palestra “Do email marketing à Automação de Marketing. Como alargar o funil da empresa e conseguir ser mais efetivo com menos esforços”

5 – Faça algo inusitado

Aqui a regra é fugir do lugar comum. Pense como surpreender o seu público e fazer com que seu vídeo viralize. Mas cuidado, ser criativo, ousado ou mesmo inédito nem sempre é sinônimo de sucesso. Tome cuidado para seu vídeo não ser de alguma forma ofensiva e gerar um grande buzz negativo.

Quem fugiu do lugar comum foi a americana Blend Tech. Eles lançaram a campanha “Will it Blend? (será que vai ser triturado? – tradução livre)”. Em seu mixer ao invés de alimentos, o garoto propaganda Tom Dickson insere diversos produtos como tênis, iPhones e um boneco do Chuck Norris (esse último foi o único que não conseguiram triturar =P) para comprovar sua eficiência. O bom humor e a seleção dos produtos fizeram dessa série um grande sucesso com milhões de visualizações.

Para finalizar

Seja qual for a sua ideia, a primeira coisa a se pensar é o que você vai resolver para o seu público. A seguir, tome cuidado com a produção, mantenha a identidade e pense como divulgar para o alcance do seu vídeo ir ainda mais longe.

Luzes, câmera, ação e conversão!

Até o próximo post. =)

 

Marcadores:

Deixe seu comentário