6 dicas para escrever introduções de posts atraentes


Escrever

“Pensamento claro se torna escrita clara: um não existe sem o outro”, de acordo com o escritor Willian Zinsser.  Desta forma, se você tem clareza sobre todos os pontos que precisa tratar num artigo ou post – e, ainda melhor, organizado em tópicos – basta escrever o conteúdo que tem em mente que seu texto será um sucesso, não é mesmo?

No entanto, não é tão simples assim. Você até pode ter muita clareza sobre o conteúdo que vai transmitir e, provavelmente, até já tenha passado pelo processo de “rechear” cada tópico com um parágrafo muito bem escrito, mas, a dificuldade geralmente está em como introduzir o assunto. Isso já aconteceu com você?

E aí, sem saber como apresentar o seu conteúdo de qualidade ao visitante do seu site ou blog, todo o trabalho de levantamento de informações e redação do conteúdo pode ser desperdiçado porque você simplesmente não consegue fazer com que ele permaneça na página.

A missão deste post é oferecer dicas práticas para ajudá-lo a produzir uma introdução atraente, capaz de fisgar a atenção do leitor. Então, vamos lá:

 

 1. Use estatísticas para começar

Uma boa maneira de captar a atenção do leitor e transmitir credibilidade é iniciar o texto com estatísticas relacionadas ao tema. Esse recurso, muito utilizado no jornalismo, garante por si só uma boa dose de informação ao leitor. Mas certifique-se de que essas informações são de pesquisas e fontes confiáveis.

9 em cada 10 pessoas checam os e-mails todos os dias. Esse dado demonstra que…

 

2. Faça uma pergunta

Ao introduzir o artigo com uma pergunta você faz com que o leitor se coloque na situação sugerida. Isso cria empatia e faz com que ele se interesse no raciocínio que virá na sequência.

 

Você costuma checar seus e-mails todos os dias? Pois saiba que esse é um hábito…

 

3. Utilize analogia

Iniciando o texto por uma analogia, que pode ser comparação, metáfora, ou uma parábola, por exemplo, você consegue além de captar a atenção, ser mais didático na sua explicação. Esse recurso pode ser especialmente importante se o seu conteúdo é essencialmente técnico.

 

Checar e-mails diariamente é um hábito tão comum quanto escovar os dentes para a maioria das pessoas…

 

4. Conte uma história

Cada vez mais, a arte de saber contar bem uma história vem sendo reconhecida como uma ferramenta atraente de compartilhar conhecimento – vide o sucesso da storytelling atualmente entre as grandes empresas.

Iniciar um texto desta forma tende a ser ainda mais eficaz. Se o assunto permite, fale sobre uma experiência pessoal sua ou conte a história de algum conhecido que permita que o leitor visualize a mensagem relacionada ao conteúdo que você está oferecendo.

 

O ano era 1994. A Internet ainda engatinhava quando abri meu primeiro e-mail. Eu, que costumava trocar dezenas de cartas com amigos e parentes que moravam em outros estados, quando recebi pela primeira vez uma mensagem, fiquei profundamente emocionada. Some-se a isso o fato de se tratar do email de uma amiga querida que estava em intercâmbio na Austrália. Hoje, receber e-mails é tão comum que…

 

5. Reproduza uma citação

“A base de emails é um dos ativos de marketing mais valiosos que uma empresa pode ter”. Como bem afirma Ricardo Palma…

 

Usar uma citação de efeito é uma forma interessante de começar. Quanto mais conhecido for o autor, melhor.

Você pode, por exemplo, utilizar um ponto de vista interessante de alguma autoridade em sua área de atuação. Com certeza, isso trará ainda mais credibilidade ao seu material. Mas, lembre-se de citar a fonte e de desenvolver sua própria ideia a partir desta afirmação.

6. Escreva uma frase controversa ou polêmica

Quer uma forma matadora de fisgar o leitor logo de início? Comece com uma frase controversa. Negue o que a maioria das pessoas vem falando sobre o assunto.  Mas, é claro, você precisa ser capaz de sustentar a teoria. Se, por um lado, você pode ganhar vários fãs pela ousadia da afirmação, também pode receber várias críticas por isso.

Um bom exemplo é:

O e-mail não morreu. Ao contrário do que a maioria das pessoas pensa…

 

A ideia desse post é que as dicas sirvam mais ou menos como templates que podem ser adaptados e utilizados em qualquer conteúdo, da mesma forma que fizemos quando ensinamos a escrever títulos de posts.

Assim como dissemos em relação aos títulos, também é possível misturar diferentes opções. Que tal voltar ao início do post e identificar quais dessas opções eu utilizei na abertura? O que achou das dicas?

Saiba mais:

Blog para negócios - eBook grátis

Software de Marketing Digital - RD Station


Categorias: Atrair, Produção de conteúdo