Blog de Marketing Digital de Resultados

6 motivos pelos quais sua Landing Page é abandonada antes da conversão

A importância das Landing Pages para uma estratégia de Inbound Marketing bem sucedida já é conhecida dos nossos leitores, bem como algumas boas práticas. Uma boa Landing Page atrai para o conteúdo esperado, alinhando a expectativa do visitante com o que é oferecido trazendo grandes resultados para a empresa que criou a página, tanto em conversão, quanto uma boa experiência para o usuário garantindo satisfação em relação a empresa que ofereceu o material.

Neste post vamos citar alguns motivos pelos quais a sua Landing Page pode ser abandonada antes da conversão, mesmo depois de tanto esforço para conseguir promovê-la! Vale lembrar que na Internet estamos sempre a um clique de sermos trocados por outra página. Basta um clique para o visitante fechar a página ou acessar outro site.

Confira 6 aspectos aos quais você deve estar atento na hora de criar uma Landing Page:

1. As chamadas de divulgação não estão alinhadas com o que é oferecido na página

É importante não frustrar o visitante nos primeiros instantes que ele chega à página. Ele tem uma expectativa e uma vaga ideia do que vai encontrar ao acessar o endereço e bastam apenas 3 segundos para avaliar se a expectativa foi atingida ou não. Verifique se o banner com call-to-action que levou o usuário à Landing Page está alinhado, de fato, com os benefícios que ela destaca e o conteúdo que ela oferece.

Caso o visitante tenha sido frustrado, ele  não vai se dar ao trabalho de ler os tópicos para tentar se convencer de que o material vale a pena, simplesmente vai abandonar a página. Se suas estratégias de promoção estiverem alinhadas ao conteúdo da página, a chance de corresponder ao que o visitante busca é muito maior.

2.  Poluição visual

O grande foco da Landing Page deve ser a conversão e nada mais. Como dito acima, você tem pouco segundos de atenção do visitante, então foque! Por isso, elementos que costumam distrair o usuário, como animações ou links em excesso, devem ser fortemente evitados. Ao invés de longos blocos de textos, opte por uma imagem ou vídeo que represente bem sua oferta e faça a descrição de forma mais curta com recursos como tópicos e números.

3. Seu formulário está inadequado

Pode parecer tentadora a vontade de colocar um formulário cheio de campos na esperança de que os visitantes preencham todas aquelas informações e praticamente realizem por completo o trabalho do marketing de qualificar os Leads para entregar as melhores oportunidades para abordagens de vendas. Acontece que o número e, principalmente, o que é pedido nos campos do formulário possuem uma relação direta com a taxa de conversão (ou abandono!) da sua página. A maior parte dos visitantes é impaciente, sem tempo e, certamente, não quer gastar tempo preenchendo formulários. Mesmo que para você seja só um minuto, pode parecer muito para seu visitante, especialmente em dispositivos móveis.

Por outro lado, um formulário com poucos campos pode apenas contribuir para que você lote sua base de contatos com Leads desqualificados ou de quem você não tem muitos dados. A dica é se concentrar apenas nas informações que são essenciais para conseguir dar o próximo passo no contato com o Lead e, a partir daí, com o relacionamento por email, redes sociais e outras formas, ir reunindo dados sobre o perfil do Lead. Veja algumas dicas sobre o que sua empresa deve pedir no formulário de conversão

4. Sua Landing Page não é compatível com dispositivos móveis

Hoje em dia, o acesso à internet não se restringe mais ao computador. O uso de dispositivos móveis (incluindo celulares e tablets de diversos tamanhos) exige que os sites estejam adaptados para acesso de qualquer dispositivo. Tenha uma Landing Page responsiva que se adequará a resolução e orientação da tela garantindo uma boa navegação e fácil acesso ao conteúdo da página. Isso impactará diretamente na conversão do visitante.

5. O botão de conversão não enfatiza o benefício e/ou está mal posicionado

Ao acessar a página, é essencial que o visitante enxergue o benefício que terá após preencher o formulário. Tornar tangível como ele vai se gratificar após submeter o formulário faz com que ele vá mais certo de sua ação e isso aumenta consideravelmente a conversão.

O CTA é uma parte essencial da Landing Page, se você não convencer o visitante que ele deve clicar naquele botão, seu esforço com os outros elementos será em vão. Dependendo de sua oferta, criar um senso de urgência pode contribuir, principalmente para negócios B2C, por exemplo: “compre agora.” Cores vivas e contrastantes também contribuem. Veja mais dicas neste post.

A posição do CTA é também extremamente importante e devem ser evitados locais muito poluídos. Para esse tópico vale a pena explorar os testes A/B para experimentar diferentes chamadas, cores e posições entendendo qual delas traz uma melhor taxa de conversão. Um teste feito nos EUA com a mesma Landing Page, apenas alterando a posição do botão, obteve aumento de 41% no número de conversões.

6.  O layout não exibe o mais importante de imediato

Além de dar atenção a todas as boas práticas citadas acima, não podemos deixar de lado a importância de um design bem estruturado. Um visual atraente agrega bastante mas, ainda mais fundamental, é que ele exiba as informações mais importantes na área visível da página, evitando que o visitante tenha que recorrer à barra de rolagem para conseguir ter acesso a dados que podem ser decisivos para sua conversão. Ele só vai se dar ao trabalho de descer a página se estiver totalmente envolvido com o conteúdo e, como a Landing Page tem como finalidade convencer à conversão, melhor não arriscar.

O mais recomendado é deixar os principais benefícios visíveis, bem como o call-to-action. Para garantir a maior taxa de conversão possível, confira esse post para mais sobre os elementos que você considerar no design de uma Landing Page.

Se sua empresa está disposta a investir na criação de Landing Pages profissionais com resultados eficazes, o software RD Station oferece uma feature especial para isso, com estrutura de Landing Pages orientada à conversão, design responsivo e sistema de gestão de Leads. Vale a pena saber mais sobre as possibilidades.

 

Crédito da imagem: Shutterstock

Marcadores:

Deixe seu comentário