8 dicas simples para descrever sua oferta em uma Landing Page


checklist

Tanto no nosso webinar sobre Landing Pages quanto no nosso novo whitepaper sobre call-to-action falamos sobre as etapas do processo de conversão: Atenção, Interesse, Desejo e Ação.

No whitepaper, principalmente, demos diversas dicas para o call-to-action funcionar bem para as etapas de Atenção, Interesse e Ação. Se você ainda não leu, vale a pena fazer isso.

A ideia do post de hoje é dar as dicas para a etapa do Desejo, aquela em que o visitante analisa mais calmamente as informações e efetivamente toma a decisão de conversão ou não. Essas dicas são válidas tanto para ofertas indiretas (material para download) ou diretas (páginas de produtos/serviços):

Evite o “marketês”

Dizem que as pessoas amam comprar mas odeiam vendedores. No meio online o mesmo se aplica. Não tente ficar vendendo na página de conversão, dizendo o quão ótimo são os produtos ou qual é a grandeza da sua empresa. Procure evitar adjetivos.

Forneça informações objetivas e focadas nas necessidades da sua audiência e deixe que elas julguem se vale a pena ou não.

Use vocabulário comum

É essencial falar a linguagem do seu público e sobre o que pode ser facilmente compreendido por quem está visitando a página.

Tome muito cuidade com os jargões ou linguagem técnica utilizados na sua indústria.

Escreva fragmentos ou sentenças curtas

As pessoas não lêem na internet, elas escaneiam o texto. Sentenças curtas vão ajudá-las a compreender melhor sua mensagem.

Pontos em tópicos com 3 a 7 itens são muito eficientes para isso, pois permitem visualizar de forma simples e clara os itens em questão.

Use dígitos ao invés de números extensos

Os números, por serem diferentes das letras, acabam chamando um pouco mais a atenção. Além disso, fortalecem a mensagem e tornam as coisas mais claras.

Destaque palavras que carregam informações importantes

Escolha algumas palavras principais e coloque em negrito ou em um tamanho diferente para mostrar que aquilo é de fato importante.

Use títulos e subtítulos claros

Como já dissemos, as pessoas não lêem na internet, elas escaneiam. Os títulos e subtítulos são os principais guias desse processo. Não desperdice-os.

Use voz ativa e verbos de ação

Se a intenção é estimular o usuário a realizar uma ação, é preciso deixar isso claro para ele. A voz ativa e os verbos de ação sempre ajudam nisso.

Relacione com suas campanhas em Adwords

Se você estiver fazendo uma campanha no Adwords para essa Landing Page, procure usar bastante as keywords compradas e as palavras escolhidas para o anúncio.

Isso dá ao visitante a sensação de expectativa atendida: o que ele está procurando é o que ele encontrou na sua página. Isso é ótimo para sua taxa de conversão e também para pagar menos para o Google pelo clique (pelo aumento do Quality Score do anúncio).

Saiba mais:

Assista gratuitamente Webinar Como criar Landing Pages efetivas

Software de Marketing Digital - RD Station


Categorias: Páginas de Conversão (Landing Pages)