Blog de Marketing Digital de Resultados

9 motivos para sua empresa não ignorar o Google+

“Por que ter uma página no Google+? Quase ninguém usa essa rede”. Esse pode ter sido o seu pensamento ao começar a ler este post. Você usa o Gmail? Tem um canal no YouTube? Então saiba que você também tem uma conta no Google+.

De acordo com a própria Google, há mais de 300 mil usuários ativos mensalmente na rede. A integração recente de diferentes produtos em uma única conta Google deve levar cada vez mais as pessoas a estarem presentes por lá. Apesar de ainda não ser sucesso de audiência no Brasil, a rede oferece boas oportunidades para as empresas explorarem em termos de marketing. Neste post vamos listar algumas delas.

Afinal, o Google+ influencia no SEO?

Essa é uma discussão bastante polêmica. A pesquisa feita neste ano pela Moz para analisar quais fatores influenciam no posicionamento dos resultados no Google  mostrou que o número de +1 em páginas (equivalente a Likes do Facebook) é o segundo fator com maior correlação ao ranking. Tenha em mente: dar um +1 em uma página significa que ela foi compartilhada em seu perfil no Google Plus, o que seria mais um link direcionando para esse conteúdo.

Entretanto, Matt Cutts, um dos principais engenheiros de software da Google, afirmou que não há relação de causa entre +1’s e um melhor posicionamento. “Se você fizer um conteúdo que chama atenção, as pessoas vão curtir, compartilhar no Facebook, dar um +1, etc. Mas isso não significa que o Google está usando esses sinais em seu ranking. Em vez de buscar +1’s no conteúdo, seu tempo é melhor gasto na criação de um bom conteúdo”, afirmou.

De qualquer modo, é possível perceber que alguns resultados que aparecem quando se está logado em uma conta Google vêm com recomendações de amigos que estão em seus círculos, como abaixo:

Google+ e SEO

Ou seja, páginas que foram “carimbadas” por essas pessoas aparecem para você, afinal, se seus amigos gostaram desse conteúdo é bastante provável que você também tenha uma opinião positiva sobre ele.

Agora vamos listar algumas possibilidades de uso do Google+ por empresas.

1: Ser encontrado na pesquisa orgânica

Seja encontrado na busca do Google

Páginas de empresas que estão no Google Plus podem ter o seu perfil na rede apresentado na lateral direita da página de resultados (para buscas específicas, como o nome da empresa). O número de seguidores, a descrição da empresa que é preenchida no perfil e atividades realizadas nas últimas 72 horas.

De acordo com a Google, somente páginas com uma audiência engajada são exibidas ali.

2: Notas de redes sociais nos anúncios do Adwords

Já viu que alguns anúncios mostram o número de seguidores do Google+?

O fato de você ver que um número X de pessoas segue a página aumenta de 5 a 10 vezes a quantidade de cliques nele.

Notas de redes socias

Essa extensão social, que pesa no Ad Rank, pode ser habilitada manualmente no Adwords. Em campanhas avançadas os anúncios já são configurados com ela. Mas atenção: o dado é exibido só em anúncios de páginas que têm mais de 100 seguidores.

3: Círculos

Os círculos são uma boa opção de segmentação do público da empresa por interesse. Por exemplo, se uma empresa oferece diversos produtos na área de alimentação, ela pode classificar as pessoas que têm interesse em alimentos diet, produtos integrais, etc.

O grande benefício é que é possível direcionar as postagens para círculos específicos – ou seja, quem gosta de alimentos integrais verá somente os conteúdos relacionados ao tema. Ah, e uma mesma pessoa pode estar em mais de um círculo.

Uma opção para facilitar essa divisão é perguntar para as pessoas em quais círculos elas têm interesse em estar.

4: Comunidades

Há comunidades de diversos temas na rede, onde as pessoas comentam e compartilham conteúdos relacionados à temática. É oportuno estar presente em comunidades onde o seu público-alvo também está, compartilhar conhecimento e interagir com ele.

Nós criamos uma comunidade de Marketing Digital, onde os interessados podem trocar conhecimento sobre Marketing Digital.

Comunidades Google+

5: Hangouts

Uma grande jogada da Google foi a integração de seus produtos. Por meio dos hangouts on air, vídeos podem ser exibidos ao vivo no Youtube e no Google+ da empresa (também há como embedar em outros sites). Essas conversas permitem a participação de até 10 pessoas, mas as demais podem acompanhar e interagir pelos comentários.

Hangouts

O hangout é uma excelente opção para o lançamento de produtos, conversas com especialistas, webinars, seção para tirar dúvidas do público… Basta usar a imaginação e interagir com o seu público.

6: Google+ Eco

Essa funcionalidade ajuda a identificar influenciadores da empresa. Ele mostra um gráfico de compartilhamento de um post na rede ou de qualquer URL que tenha sido compartilhada no Google Plus. Os círculos maiores indicam pessoas cujos seguidores também divulgaram o conteúdo, podendo ser pessoas estratégicas para ações da empresa.

Google+ Eco

Para ver o eco basta clicar em “Ver Eco” na setinha no canto direito superior da postagem.

7: Google Autoria

Já percebeu que alguns resultados de busca apresentam a foto do autor do post? Isso acontece quando o perfil pessoal do autor é atrelado às suas postagens em determinado blog. Além de aumentar o número de cliques nesse resultado, o Google Autoria privilegia bons autores, que escrevem conteúdo original e de qualidade.

google autoria

8: #Hashtags

Assim como outras mídias sociais, o Google+ agrega conteúdos por hashtags. A diferença é que você pode navegar por algumas postagens da mesma hashtag no seu próprio feed: os conteúdos são exibidos lado a lado. Outra diferença é que o Google Plus pode determinar hashtags para os conteúdos.

Se a hashtag aparece em uma aba com tonalidades de cinza, ela foi utilizada pelo autor:

Hashtag Google+

Porém, se ela aparece em tons de azul, o próprio Google analisou o conteúdo e inseriu a hashtag. E se o Google+ colocar uma hashtag que me desagradou? Não se preocupe, há como removê-las manualmente.

Hashtag Google+

9: Botões de compartilhamento +1 em sites e blogs

Para facilitar o compartilhamento de conteúdos nessa rede, insira o botão de compartilhamento nas páginas do site  (mesmo que sua empresa não tenha uma página no Google+). Lembre-se: páginas com +1 aparecem nos resultados de busca de pessoas que estão nos círculos de quem compartilhou.

Botão +1

Para usufruir dos benefícios acima (e parecer mais profissional) recomendo a criação de uma página no Google+, e não um perfil. Assim como no Facebook, para criar uma página é preciso ter um perfil para administrá-la.

Além disso, faça a verificação da sua página para torná-la a oficial da sua empresa.

Não há muitas diferenças entre as postagens do Google Plus e as do Facebook: é possível compartilhar vídeos, links e imagens, além de não haver limite de caracteres, como acontece no Twitter. O maior diferencial é a presença de gifs (imagens animadas).

Um cuidado: quem usa essa e outras redes deve evitar ficar repetindo conteúdo. Se uma pessoa seguir e sua empresa em diferentes canais e ver as mesmas coisas, vai parecer spam.

Crédito da imagem: Shutterstock

Marcadores:

Deixe seu comentário