Blog de Marketing Digital de Resultados

Atualizar conteúdos antigos pode fazer uma grande diferença em sua estratégia de marketing

Veja o que é uma atualização de conteúdo, quais as vantagens dessa prática e alguns exemplos de conteúdos (posts e eBooks) que já atualizamos aqui na RD.

Imagine (ou encontre) um conteúdo que você publicou há mais de um ano. Na época ele fez sucesso, mas lendo hoje você percebe que há algumas coisas que mudaram desde então. Sim, o mundo se atualiza, novos estudos surgem, comportamentos mudam.

Desse modo, o que você faz? Cria um outro material do zero ou atualiza o conteúdo antigo, tornando-o ainda mais completo, mais otimizado para os buscadores e para conversões e mais incrível ainda?

Muitos profissionais podem pensar que o ideal é produzir mais conteúdo e mais páginas para aumentar as chances de serem vistos. Mais páginas indexadas = mais resultados. Certo? Errado!

Isso acontece porque o Google está lotado de conteúdo. O Facebook está lotado de conteúdo. E a internet, como um todo, está lotada de conteúdo.

Dessa forma, como agir? Como se destacar em meio a tanto conteúdo sobre o mesmo assunto? Criando várias páginas e posts sobre o mesmo tema ou tendo um super conteúdo desmembrando todos os pontos possíveis sobre esse tema?

Nesse artigo vou explicar o que é uma atualização de conteúdo, quais as vantagens dessa prática e dar alguns exemplos de conteúdos (posts e eBooks) que já atualizamos aqui na RD.

Por que conteúdos desatualizados podem prejudicar sua estratégia

Para começar, coloque-se no lugar de seu leitor. Imagine-se acessando um post sobre um assunto que você está pesquisando e perceber que ele está com dados muito antigos ou com informações que já estão defasadas.

Frustrante, não? Pois saiba que todos os blogs correm esse risco, afinal de contas, o mundo não pede permissão para você para se atualizar.

Vamos supor que o blog de sua empresa tenha um post com “5 dicas para promover conteúdo no Facebook”, escrito em 2012.

Nesse cenário, há duas saídas:

Número 1: Criar um conteúdo completamente novo sobre o assunto, com dados mais atuais, uma nova abordagem, novos printscreens/imagens (se for o caso) e nomenclaturas. Solução: escrever um post do zero, com outras dicas, mantendo os dois posts no blog.

Número 2: Utilizar o conteúdo antigo como base e fazer mudanças pontuais, acrescentando informações novas, atualizando informações defasadas, inserindo novos links internos e reotimizando para conversões e para a busca orgânica. Solução: atualizar o post antigo, adicionando novas dicas e eliminando as dicas que não funcionam mais.

Analisando o cenário acima, encontramos um maior potencial de resultados na segunda opção. Por quê? Explico no próximo tópico.

Por que atualizar conteúdos antigos pode fazer uma grande diferença na estratégia de marketing de sua empresa

A atualização de conteúdo ajudou bastante nós da RD a termos um alto volume de produção no ano de 2016. Foi um dos grandes aprendizados do ano, que citei no post Como o blog da RD chegou a 300 posts no ano: 12 hacks que usei como editor de conteúdo.

Mas engana-se quem pensa que atualizar conteúdo é um hack apenas para aumentar o volume com pouco esforço. As atualizações foram muito boas para nossa estratégia de conteúdo como um todo. E não, não são necessariamente feitas com menos esforço do que criar algo novo.

Alguns benefícios que essa prática pode trazer são:

    1. Reforçar a autoridade: Manter os leitores atualizados nos temas relacionados a seu mercado, reforçando sua autoridade no assunto;
    2. Melhorar conversões: Otimizar posts que não estão tendo boas conversões, inserindo novos links, CTA’s, banners, etc;
    3. Aumentar o tráfego orgânico: Otimizar posts para que eles tenham uma melhor performance nos mecanismos de busca;
    4. Melhorar a qualidade do post: Deixar o conteúdo ainda melhor, acrescentando informações extras que você não havia pensado anteriormente;
    5. Escalar a produção de conteúdo: Alguns conteúdos precisam de atualizações constantes. Sabendo disso, você pode prever quando atualizá-los e ter uma melhor previsibilidade sobre os conteúdos que serão lançados no ano.

Como atualizar os conteúdos: cuidados e dicas que você deve ter

Já apresentei algumas vantagens sobre o método de atualizar conteúdos nesse post. Mas isso não significa que você deve começar a atualizar posts como se não houvesse amanhã.

Alguns cuidados você precisa ter antes de republicar esses materiais.

1. Analise se vale a pena atualizar o conteúdo

Atualizar o conteúdo não é só mudar a data dele ou criar um parágrafo a mais. Dificilmente isso vai funcionar, pois é algo tão pequeno que não deverá surtir efeito na sua estratégia.

Outro detalhe é atentar-se ao tipo de conteúdo. Se for uma notícia ou um post bastante factual, provavelmente não valerá a pena atualizá-lo, pois ele é perecível por natureza. O caso de conteúdos evergreen é diferente, pois são conteúdos que não possuem uma data de validade e podem permanecer atuais sempre, desde que atualizados.

Saiba mais sobre o assunto no post Por que você deve escrever posts sem data de validade.

Portanto, faça uma análise para entender se essa atualização vai gerar resultados. Essa análise pode ser feita de várias formas. Vou citar duas:

SEO

Pegue as palavras-chave mais relevantes para seu negócio e veja em que posição do Google seu post ou página está.

Você precisa entrar forte na disputa com concorrentes se quiser ter bons resultados orgânicos. Uma pesquisa da Advance Web mostra que 71% dos cliques nos resultados do Google estão entre a 1ª e 6ª posição. Se você quer resultados orgânicos e não está, no mínimo na 6ª posição, é preciso melhorar.

Leia o post Palavras-chave: tudo o que você precisa saber para dominar o assunto.

E lembre-se: essa é uma análise constante. Um post atualizado pode subir no ranking, mas nada garante que ele ficará lá para sempre.

Época do ano e atualizações pontuais

Início de ano, carnaval, natal, black friday, volta às aulas e datas comemorativas em geral são bons tempos para você atualizar seu conteúdo e promovê-los.

Você pode usar uma data especial para promover um conteúdo relacionado. Em vez de criar um novo, atualize um já existente, deixe-o melhor e promova-o novamente para sua audiência.

E mesmo que não seja uma data comemorativa, muitos materiais precisam de atualizações anuais. Isso porque seu conteúdo pode conter uma estatística muito antiga, práticas defasadas, nomenclaturas que foram modificadas e uma série de pequenos detalhes que podem fazer bastante diferença no conteúdo final.

No fim desse post vamos mostrar alguns exemplos de materiais que são atualizados constantemente aqui na Resultados Digitais.

2. Anote tudo sobre o conteúdo antigo

É importante que você saiba tudo o que foi atualizado em um conteúdo. Portanto, crie uma planilha e coloque lá que você mudou a URL (se for o caso, que geralmente não recomendamos), mudou o título, adicionou imagens, trocou o CTA, adicionou links etc.

Se for um post de blog, coloque também o número de visualizações e Leads gerados organicamente antes da mudança. Filtre uma data (exemplo: 30 dias) e depois dessa data compare com os novos resultados para ver se valeu a pena o esforço.

3. Se for um post do blog, não esqueça de mudar a data

Um post atualizado é como um post novo. Por isso, ao republicá-lo, não esqueça de mudar a data para que ele suba no feed e apareça na primeira página do seu blog.

4. Se mudou a URL, não esqueça do Redirect 301

Alguns posts e materiais aqui da RD ganharam uma nova URL quando foram atualizados.

Não recomendamos muito, mas é necessário quando é preciso otimizar um post para SEO e a URL antiga for muito extensa, por exemplo.

Neste caso, o Redirect 301 é fundamental para passar a autoridade da URL antiga para a nova. Além do mais, isso vai fazer com que links (internos e externos) que estavam direcionando para a URL antiga não se tornem inválidos.

5. O que não é uma atualização de conteúdo

A atualização de conteúdo é a união de vários fatores e não a simples adição de coisas pontuais e de baixo esforço como:

  • Trocar somente a data;
  • Acrescentar um parágrafo;
  • Fazer uma correção;
  • Adicionar uma imagem;
  • Mudar o título;
  • Alterar o CTA.

Agora, se você trocar a data, acrescentar novas informações, corrigir erros, adicionar mais imagens, alterar o CTA e mudar o título, aí sim, temo uma atualização de conteúdo como manda o figurino!

Bônus: Exemplos de conteúdos que a RD atualizou

Como foi falado, utilizamos bastante essa tática de atualização na estratégia de conteúdo da RD. Isso permite com que os conteúdos não fiquem defasados. E isso vale tanto para os posts desse blog como para os materiais educativos que produzimos.

Abaixo, confira alguns exemplos de posts e de materiais que já foram atualizados na RD:

Posts

O que é e para que serve gestão de Leads

O que foi feito: Inseridos links para novos posts e materiais lançados, nova imagem de destaque e atualização de contexto.

Persona: Como e por que criar uma para sua empresa

O que foi feito: Nova URL, nova imagem de destaque, atualização de conteúdo e novos CTAs. Url antiga: como-e-por-que-criar-uma-persona-para-sua-empresa/

Glossário de termos de blogs

O que foi feito: Novo título, nova URL, nova imagem, atualização e acréscimo de conteúdo e novo CTA para o ebook de Blogs. Url antiga: voce-conhece-todos-os-termos-relacionados-aos-blogs/

Call-to-Action: tudo o que você precisa saber

O que foi feito: Novo título, nova URL, nova imagem, atualização e acréscimo de conteúdo, novos CTAs para o ebook de CTA, otimização para a KW “Call-to-action”. Url antiga: 11-dicas-para-fazer-suas-chamadas-call-to-action-serem-notadas-e-clicadas

Entendendo como o Google funciona

O que foi feito: Nova URL, nova imagem de destaque, atualização de conteúdo, atualização de estatísticas, novos CTAs e novo vídeo. Url: entendendo-como-o-google-funciona

eBooks

O Guia Completo do SEO – 2ª edição

O que mudou: Maior profundidade sobre tópicos abordados, mais exercícios práticos para aplicar a partir de hoje e novas dicas de otimização para conquistar os primeiros lugares no Google.

Introdução ao Marketing no Facebook – 3ª edição

O que mudou: Dicas atualizadas levando em consideração todas as mudanças no Facebook de um ano para o outro, printscreens atualizados devido às mudanças de layout e acréscimo de informações importantes.

O Guia Definitivo do Email Marketing – 3ª Edição

O que mudou: Maior profundidade sobre estratégia e tática de Email Marketing, maior clareza sobre o que funciona (e o que não funciona) nas campanhas de email, novas dicas de Segmentação, Autoresponder e Automação de Marketing, templates de assuntos para utilizar em diferentes situações e um Glossário de termos do Email Marketing;


Antes de publicar, sempre deixe o terreno preparado para possíveis atualizações. Esse post é um exemplo de conteúdo que pode ser atualizado no futuro, é somente a primeira versão. Possivelmente, quando tivermos mais dados sobre essa prática ou outras dicas sobre como fazer tudo isso aqui, atualizaremos.

Por fim, gostaria de deixar a pergunta: Você já atualiza conteúdos em seu site? Já está familiarizado com a estratégia ou tem alguma outra dica pra compartilhar? Conte pra gente nos comentários!

Marcadores:

Deixe seu comentário