Blog de Marketing Digital de Resultados

Como anunciar no Google e no YouTube: tutorial completo

Um passo a passo para mostrar como você pode fazer uma campanha de anúncios na Rede de Pesquisa, na Rede de Conteúdo e no YouTube.

Estar presente no Google já não é mais vaidade, e sim necessidade! Muitas pesquisas e respostas estão na internet, então por que não aproveitar essa demanda e anunciar no Google?

Além das pessoas encontrarem seu site de forma orgânica no Google, o que exige um grande e contínuo trabalho de SEO para otimizar e trazer mais visitas, você também pode ter resultados mais rápidos ao complementar sua estratégia de tráfego orgânico com a própria plataforma do Google para anunciantes, o Google AdWords.

Alguns dados sobre o Google AdWords:

  • A média da taxa de cliques (CTR) em anúncios no Google é de 3.16%;
  • Um anúncio na primeira posição de pesquisa tem uma média de taxa de cliques de mais de 7%;
  • Mais de 1,5 milhão de empresas anunciam na rede de pesquisas do Google;
  • Mais de 1 milhão de sites fazem parte do Google Display Network (anúncios visuais em sites parceiros do Google);
  • O YouTube (parte do Google Display Network) tem uma audiência mensal equivalente a 10 públicos do Super Bowl – que é de 114,4 milhões de pessoas, de acordo com a Folha de S. Paulo;
  • Existem pelo menos 300 mil aplicativos móveis atualmente servindo para os anúncios móveis do Google Mobile Ads;
  • 70% de usuários que fazem buscas por celular ligam para uma empresa diretamente da pesquisa do Google;
  • 33% de todos os cliques de pesquisa no Google são feitos por meio de dispositivos móveis;
  • Marketing online que inclui anúncios PPC é 54% mais bem sucedido para obtenção de Leads;
  • Empresas têm uma média de $2 em receita para cada $1 que elas gastam em anúncios no Google;
  • O Google Display Network atende 180 bilhões de impressões (visualizações) por mês, equivalente a cerca de 6 bilhões todo os dias.

Dica: para saber mais dados, pesquisas e ferramentas do Google, visite o ThinkGoogle.

Como você pôde ver nos dados acima, são milhões de anunciantes que utilizam o Google AdWords diariamente no mundo todo. Anunciar no Google tem um potencial de trazer resultados tão bons que fica até difícil parar, por conta da qualidade de resultados.

Além do mais, campanhas com histórico maior tendem a ter mais resultados. Isso quer dizer as campanhas com mais tempo no ar tendem a ter melhor performance do que as que estão iniciando do zero.

No Google, ao contrário do Facebook, seu anúncio vai aproveitar uma demanda já existente. Se alguém procurar por “tênis de corrida” e sua empresa for um ecommerce de artigos esportivos, não seria bom que ela aparecesse para o usuário como sugestão? Essa é a ideia do Google AdWords: entregar conteúdo relevante para pessoas que estão fazendo uma busca específica.

Vale lembrar que o Google AdWords é só uma das estratégias de mídia paga dentro do Marketing Digital e minha recomendação é de que você teste outros canais também.



Checklist: Como anunciar no Google e no YouTube

Veja como criar campanhas eficazes no Google e no Youtube sem se esquecer das configurações mais importantes

Aqui na Resultados Digitais utilizamos vários canais além do Google, como Facebook, Instagram, LinkedIn e YouTube, dentre outros.

É recomendado variar, pois você não pode depender somente de um canal, já que ele pode eventualmente ficar saturado por conta de alguns fatores, como mudanças contínuas da plataforma, leilão e sazonalidade – por exemplo, se você trabalha com varejo, datas como o Black Friday e o Natal tendem a ter mais concorrência nos lances dos anúncios, tornando-os mais caros.

Só para já gerar uma expectativa do post, esse tutorial é para quem está iniciando ou colocando sua primeira campanha de anúncios no Google no ar. Não falaremos de assuntos mais avançados, como otimização de lances e campanhas – deixaremos esses detalhes para um próximo post.

Índice

Onde anunciar no Google

Os lugares de posicionamento onde os anúncios aparecem no Google são:

  • Google Search;
  • Google Display;
  • YouTube.

Anunciar no Google Search (Rede de Pesquisa)

A Rede de Pesquisa é o carro-chefe do Google. Fazer um anúncio no Google Search é a melhor forma de aproveitar uma demanda e posicionar-se melhor para ser encontrado.

A dica aqui é evitar divulgar a página inicial da sua empresa. Divulgue a campanha para uma Landing Page, uma página de destino focada em conversão e com uma melhor experiência para quem está pesquisando.

Voltando ao exemplo do tênis de corrida, ao clicar no anúncio o usuário não deve ser direcionado para a home (página principal do site), onde estarão anunciados também camisetas e bonés, por exemplo. O anúncio deve ser direcionado para a página que mostra as opções de tênis disponíveis.

Anunciar no Google Display (Rede de Conteúdo)

Fazer um anúncio na Rede de Display do Google geralmente é uma forma de construção de marca (brand awareness).

Evite vender logo de cara. Trabalhe de uma forma que sua persona se interesse pela sua empresa por meio do Marketing de Conteúdo. Isso vai entregar valor para o usuário e criar um relacionamento para facilitar a venda.

Sobre esse processo com compra de mídia, escrevi o passo a passo de como eu faço a divulgação de conteúdo pago no eBook Mídia Paga para Inbound Marketing – baixe-o aqui.

Anunciar no YouTube

O YouTube também faz parte de anúncios dentro da plataforma Google AdWords

É possível criar uma campanha em vídeo aproveitando a lista de inscritos do seu canal no YouTube ou uma lista de pessoas que assistiram, curtiram ou comentaram seu vídeo e, dessa forma, anunciar diretamente para essa lista de pessoas na Rede de Conteúdo (Google Display).

Da mesma forma, você pode anunciar especificamente para quem acessou alguma página de seu site e mostrar uma peça em vídeo no YouTube, como modo de uso e demonstração, algo educando como usar seu produto ou até mesmo um simples comercial da sua empresa.

O formato de anúncio que aparece antes de você assistir a um vídeo no YouTube chama-se “TrueView In-stream”. É um formato que apresenta algo antes do vídeo principal e que o usuário pode pular essa publicidade após 5 segundos. Esse formato pode parecer chato e invasivo, mas é uma forma mais barata de mostrar um vídeo produzido ou um comercial da sua empresa.

Há algumas variações desse mesmo formato, como:

  • Anúncios curtos: chamado de Bumper Ads, são anúncios não puláveis de até seis segundos, que precisam ser assistidos antes de visualizar o vídeo.
  • Anúncios em vídeo não puláveis: é necessário assistir aos anúncios em vídeo impossíveis de pular para que o vídeo seja exibido. Podem ter até 30 segundos de duração.

como anunciar no google - youtube

Além desse formato, o YouTube permite outros espaços para anúncios como :

  • Anúncios de pesquisa: são anúncios que aparecem na busca, semelhante à rede de pesquisa do Google, porém dentro do YouTube. Ou seja, fazem um vídeo patrocinado aparecer no topo das pesquisas;
  • Anúncios de sobreposição: anúncios de sobreposição semitransparentes que são exibidos nos 20% da parte inferior do seu vídeo.

como anunciar no google - youtube

  • Anúncios gráficos (banner, como na Rede de Display): aparece à direita do vídeo em destaque e acima da lista de sugestões de vídeo. Para players maiores, esse anúncio pode ser exibido abaixo do player.

como anunciar no google - youtube

Como anunciar no Google: passo a passo para fazer uma campanha na Rede de Pesquisa, na Rede de Conteúdo e no YouTube

Como foi falado anteriormente, há 3 lugares no Google em que você pode posicionar seus anúncios: Rede de Pesquisa, Rede de Conteúdo e YouTube.

Agora é a hora mais prática. Abaixo, vou mostrar um tutorial de como anunciar no Google em cada um desses lugares.

Passo a passo para criar uma campanha na Rede de Pesquisa

1. Crie uma conta no Google AdWords

Para anunciar no Google, comece criando uma conta com seu próprio email do Gmail.

Como anunciar no Google AdWords - Tutorial

2. Crie e nomeie a primeira campanha

Clique no botão vermelho em “+ campanha” e selecione “Apenas rede de pesquisa”.

Como anunciar no Google AdWords - Tutorial

Coloque um nome para a campanha e pode deixar no padrão.

Como anunciar no Google AdWords - Tutorial

3. Locais do anúncio

Defina o local em que o anúncio vai aparecer, clicando em “pesquisa avançada”.

Como anunciar no Google AdWords - Tutorial

No mesmo caso do Facebook, se para o seu negócio fizer sentido a segmentação por região, no Google AdWords você também pode utilizar esse recurso.

O Google gera uma média de alcance de quantas pessoas estão pesquisando nesse local.

Como anunciar no Google AdWords - Tutorial

4. Estratégia de lances e orçamento

Logo após, defina uma estratégia de lance, ou seja, quanto quer pagar por clique, e um orçamento de campanha.

Comece com lance e orçamento baixos para testar.

Como anunciar no Google AdWords - Tutorial

5. Extensões de anúncio

Coloque extensões no seu anúncio para dar mais informações para o usuário, como telefone, locais e endereços de cada empresa, caso haja mais de uma filial ou loja física.

Não esqueça de marcar a extensão de SiteLinks para colocar outros sites relevantes que complementem sua estratégia de apresentar outras áreas do seu site ou outras Landing Pages.

Como anunciar no Google AdWords - Tutorial

6. Crie grupos de anúncios

Um grupo de anúncios contém um ou mais anúncios e um conjunto de palavras-chave relacionadas.

Para melhores resultados, tente concentrar todos os anúncios e palavras-chave de um grupo de anúncios em um serviço de sua empresa.

Adicione seu site para pegar alguma referência de palavras-chave.

Como anunciar no Google AdWords - Tutorial

Coloque apenas as palavras específicas que realmente serão úteis para seu cliente, as quais realmente ele estará procurando, como no exemplo abaixo, em que se tenta levar um possível cliente para a página do curso de Inbound Marketing.

Como anunciar no Google AdWords - Tutorial

7. Sobre opções de correspondência de palavra-chave

Correspondência ampla

A correspondência ampla é o tipo de correspondência padrão atribuída para todas as suas palavras-chave. Os anúncios podem ser exibidos em pesquisas que incluem erros ortográficos, sinônimos, pesquisas relacionadas e outras variações relevantes.

  • Exemplo de palavra-chave: inbound marketing
  • Exemplo de pesquisa: comprar curso de inbound marketing

Modificador de correspondência ampla

Os anúncios podem ser exibidos em pesquisas que contêm o termo modificado (ou variações aproximadas, mas não sinônimos), em qualquer ordem.

  • Símbolo: +palavra-chave
  • Exemplo de palavra-chave: +inbound +marketing
  • Exemplo de pesquisa: como fazer inbound para marketing

Correspondência de frase

Os anúncios podem ser exibidos em pesquisas que são uma frase e variações aproximadas dessa frase.

  • Símbolo: “palavra-chave”
  • Exemplo de palavra-chave: “inbound marketing”
  • Exemplo de pesquisa: curso inbound marketing

Correspondência exata (exemplo)

Os anúncios podem ser exibidos em pesquisas que são um termo exato e variações aproximadas desse termo exato.

  • Símbolo: [palavra-chave]
  • Exemplo de palavra-chave: [inbound marketing]
  • Exemplo de pesquisa: inbound marketing

Correspondência negativa

Os anúncios podem ser exibidos em pesquisas sem o termo.

  • Símbolo: -palavra-chave
  • Exemplo de palavra-chave: -grátis
  • Exemplo de pesquisa: curso online inbound marketing

É importante sempre negativar palavras-chaves que estão indo para seu site e não têm conversões. Portanto, crie um grupo de anúncios para cada contexto de palavra que vai levar para um curso específico, por exemplo.

Na criação dos anúncios, coloque as palavras que estarão na página de destino. No exemplo, o anúncio está levando para o curso completo + certificação de Inbound Marketing.

Como anunciar no Google AdWords - Tutorial

Tenha em mente que a página de destino do anúncio contém as palavras-chave que você está anunciando para que o Google entregue o melhor posicionamento e pontuação do anúncio.

E fique de olho na performance da campanha no Google Analytics. Por lá você terá todas informações de pessoas que foram para seu site, por exemplo o tempo que ele ficou no site e as interações, se ele chegou até uma determinada meta de conversão etc.

Saiba mais no post Google AdWords e Google Analytics: como vincular as contas corretamente.

Pronto! Agora é só esperar o Google Search analisar os anúncios e, se estiver tudo de acordo com as normas e políticas de veiculação, o anúncio será aprovado.

Passo a passo para criar uma campanha na Rede de Display

Na campanha de Display, o processo de criação é parecido.

1. Crie a primeira campanha

Comece também clicando no botão vermelho em “+ campanha” e selecione “Apenas Rede de Display”.

Como anunciar no Google AdWords - Tutorial

2. Escolha um objetivo de marketing

Para anunciar no Google e ter sucesso na campanha, é necessário que você tenha um objetivo. O próximo passo é justamente esse: escolher o objetivo de marketing da sua campanha. Existem algumas opções pré-definidas para escolher, como:

  • Promover o reconhecimento: fazer com que os clientes visualizem o anúncio;
  • Influenciar a consideração: fazer com que os clientes engajem com o conteúdo ou visitem o website;
  • Promover uma ação: fazer com que os clientes comprem em seu website, realizem uma ação (como preencher um formulário), liguem para a empresa, visitem a empresa ou instalem um app no dispositivo móvel.

Você pode também deixar sem um objetivo e programar outras ações futuras.

Como anunciar no Google AdWords - Tutorial

3. Locais do anúncio, estratégia de lances e orçamento

Definido um objetivo, coloque um nome para a sua campanha.

Assim como na rede de pesquisa, você pode segmentar o local, idioma e a estratégia de lance (geralmente deixamos o CPC manual para organizar quanto será o Custo por Clique em cada conjunto de campanha).

Como anunciar no Google AdWords - Tutorial

Insira também o orçamento de quanto será o seu gasto por dia e o método de exibição, que pode ser padrão ou acelerado, caso queira que os anúncios sejam veiculados o mais rápido possível (mas lembre-se de que isso também acarreta em um gasto mais rápido no orçamento).

Como anunciar no Google AdWords - Tutorial

4. Crie um grupo de anúncios

Depois de configurado o último passo, o próximo é criar um grupo de anúncios e ajustar mais detalhes na segmentação dos anúncios.

Nessa parte, você precisa dar um nome para o grupo de anúncios, colocar o lance máximo que você quer pagar por clique e escolher entre 3 maneiras de segmentação de anúncios:

Como anunciar no Google AdWords - Tutorial

5. Palavras-chave da Rede de Display

No próximo passo, “Palavras-chave da Rede de Display”, você pode escolher exibir anúncios em sites relacionados a suas palavras-chave.

Coloque a palavra-chave que você quer o seu anúncio apareça e clique no botão adicionar. Você também pode pegar algumas referências, como no botão “Encontre palavras-chave relacionadas”, em que serão mostradas algumas opções de palavras-chave para você escolher.

Ao lado direito, é mostrado quantas impressões o seu anúncio pode ter com as palavras dessa segmentação.

Como anunciar no Google AdWords - Tutorial

6. Públicos-alvo

Uma outra grande vantagem de anunciar no Google é a alta possibilidade de segmentação da audiência. Em públicos-alvo há as opções de afinidade e afinidade personalizadas.

  • Público-alvo de afinidade: para alcançar clientes em grande escala com base em seus interesses de longo prazo e foco em um tema específico, como amantes de tecnologia, aficionados por notícias. Essa opção vai encontrar pessoas com esses interesses;
  • Público-alvo de afinidade personalizados: para você mesmo descrever o seu público-alvo desejado nos sites. Por exemplo, você pode selecionar sites relacionados à sua industria e colocar como uma afinidade personalizada. Coloque alguns sites para o Google identificar pessoas parecidas que acessam esses sites. Para criar clique no botão “Criar afinidade personalizada”.

Como anunciar no Google AdWords - Tutorial

Após clicar no botão “Criar afinidade personalizada”, você vai definir quem será esse público-alvo através das URLs dos sites escolhidas.

Conforme o exemplo abaixo, foram inseridas URLs de sites que têm o público-alvo de pequenas e médias empresas.

Como anunciar no Google AdWords - Tutorial

É recomendável utilizar pelo menos cinco interesses ou URLs para melhorar o alcance e a qualidade da segmentação.

Após inserir os sites, você pode visualizar os dados desse público-alvo, como as características dos sites inseridos e informações demográficas de idade, sexo e se possui filhos.

Salve esse público e depois selecione, na sua segmentação, para a campanha rodar com base no que você selecionou.

E, por último, em Públicos-alvo no mercado, você pode alcançar compradores que estão pesquisando e comparando ativamente produtos e serviços como os seus. De modo que nessas segmentações os alcance são bem mais amplos, evite colocá-los juntos na mesma campanha.

Como anunciar no Google AdWords - Tutorial

7. Interesses e remarketing para exibir os anúncios para pessoas com base em seus interesses.

Evite misturar os interesses com o remarketing para não sobrepor a audiência e perder o foco.

O ideal é montar campanhas separadas: por interesse, por lista de remarketing, por lista de emails do cliente, por semelhantes etc. Também lembre sempre de colocá-las em conjuntos separados para não ter sobreposição e saber qual conjunto dá mais resultado.

Como anunciar no Google AdWords - Tutorial

  • Listas de remarketing: são os pixels e códigos do Google AdWords inseridos no seu site que você pode fazer uma audiência para voltar nele;
  • Lista de espectadores de vídeos: são as audiências do seu canal do YouTube atreladas ao Google AdWords;
  • Lista de emails de clientes: para ser veiculada apenas na rede do Gmail. Lembre-se de adicionar uma peça criativa do Gmail.

Mas você pode também usar outro método de segmentação para anunciar no Google, como tópicos, canais e informações demográficas:

Como anunciar no Google AdWords - Tutorial

Escolha tópicos para segmentar muitas páginas sobre um assunto específico. A segmentação por tópicos permite posicionar seus anúncios em várias páginas da Rede de Display que tenham conteúdo relacionado aos tópicos adicionados. Isso pode ajudar a alcançar um grande público-alvo rapidamente ou gerar tráfego adicional para seu site.

Exemplo: você vende bicicletas e sabe que seus clientes também gostam de caminhar e acampar. Você pode tentar alcançar um público-alvo mais amplo selecionando o subtópico “Caminhada e acampamento” para exibir seus anúncios nas páginas da web sobre esse subtópico.

Como anunciar no Google AdWords - Tutorial

8. Exibindo os anúncios em websites específicos na Rede de Display

Os canais são locais na Rede de Display em que os anúncios podem ser exibidos. Um canal pode ser um website inteiro, um subconjunto de um website (como uma seleção de páginas desse site) ou até mesmo um bloco de anúncios individual em uma única página.

Exemplo: se você vende equipamento para acampamento e quer que seu anúncio seja exibido em dois websites populares sobre acampamento, pode adicioná-los a seu grupo de anúncios.

Como anunciar no Google AdWords - Tutorial

9. Informações demográficas

Ao anunciar no Google, você pode também selecionar algumas informações demográficas para melhorar a performance de suas campanhas.

Selecione nessa etapa gênero, idade e status parental. O “desconhecido” permite que você alcance um público-alvo significamente mais amplo, uma vez que pode pegar dados que o Google ainda não identificou.

Como anunciar no Google AdWords - Tutorial

10. Crie e faça o upload do banner

O último passo é subir os banners que você criou ou criar direto com os templates existentes na ferramenta do Google AdWords.

Caso você não tenha um designer para produzir os banners, a dica é usar um aplicativo que já tem alguns templates, como o Canva. Quando for iniciar um novo template, role até o final da página. Lá estarão os tamanhos para os banners (IAB) que podem ser utilizados no Google AdWords:

Como anunciar no Google AdWords - Canva

No Canva só aparecem 4 opções (as mais populares), mas há mais formatos que podem ser usados. Veja nesse Guia de tamanho dos anúncios da rede de Display do Google os 17 formatos de banners.

Se quiser experimentar outro site para criar, tem a opção do Adobe Spark, que tem funções e tamanhos pré-definidos também. Na minha opinião, é muito mais fácil de utilizar, sendo possível criar um banner com poucos cliques.

O Google também pode te dar algumas ideias para a criação do anúncio em gráfico.

Ao clicar em “+ Anúncio”, selecione “Anúncio Gráfico”:

Como anunciar no Google AdWords - Tutorial

Você pode carregar os anúncios que você fez ou então clicar no botão azul “Criar uma anúncio” de acordo com a URL da sua Landing Page:

Como anunciar no Google AdWords - Tutorial

Coloque o endereço da sua Landing Page que você quer divulgar e depois coloque os textos de título, descrição e rótulo do botão (Call to Action).

Como anunciar no Google AdWords - Tutorial

Você pode também utilizar alguns layouts pré-definidos da galeria de anúncios, como em vídeo, dinâmicos, lightbox e também anúncios no Gmail.

Como anunciar no Google AdWords - Tutorial

E a última opção que você pode escolher para anunciar no Google é o formato anúncio responsivo.

Exibido como um anúncio gráfico ou de texto, o anúncio responsivo será adequado para quase todos os espaços de anúncio disponíveis.

Ele também combina com os sites que têm formatos nativos.

Como anunciar no Google AdWords - Tutorial

Após salvar os banners dentro do conjunto de anúncios, eles entrarão em revisão. Essa aprovação geralmente leva cerca de 24 horas.

Caso você esteja com pressa, existe esse formulário de revisão que facilita e ajuda a ser mais rápido nas aprovações para campanhas de banners na Rede de Display.

Passo a passo para criar uma campanha no YouTube

Para quem quer começar a anunciar no YouTube, nesse site que YouTube Ads fez estão os primeiros passos.

Como anunciar no Youtube - Tutorial

Além de mostrar os cases de sucessos e estudos de caso de anunciantes que tiveram resultados usando YouTube, você pode criar um vídeo com o aplicativo que eles fornecem e também lançar sua primeira campanha por ali ao clicar em primeira campanha em vídeo.

1. Selecione seu vídeo do YouTube

Nessa tela, o primeiro passo é colocar o endereço da URL do vídeo que você quer anunciar caso já tenha feito upload dele no seu canal.

Como anunciar no Youtube - Tutorial

2. Crie um anúncio em vídeo

Coloquei como exemplo o vídeo institucional contando um pouco da nossa metodologia da Máquina de Crescimento.

Coloquei um título, descrição e escolhi a miniatura. Feito isso, o YouTube já me passou um orçamento diário, estimando que se eu gastar R$ 31,57 em um dia vou ter cerca de 500 a 600 visualizações. Isso ainda sem nenhuma segmentação feita, por isso ficaria o Custo por Visualização médio de R$ 0,06.

Como anunciar no Youtube - Tutorial

3. Escolha o direcionamento

O próximo passo é fazer o direcionamento. Você pode escolher direcionar o usuário para seu próprio canal ou até mesmo direcioná-lo para sua Landing Page. Neste caso, coloquei para fazer um teste do RD Station.

Como anunciar no Youtube - Tutorial

4. Decida quanto gastar

É possível mudar e escolher quanto eu quero pagar diariamente e o custo máximo por visualização (CPV). Pode notar que alterando para R$ 0,05 o anúncio entregou uma estimativa de mais visualizações no dia.

Como anunciar no Youtube - Tutorial

5. Escolha os locais

Por último, coloque a segmentação de acordo sua região, idade, gênero e interesses.

Depois, você poderá editar no Google AdWords para colocar opções de listas de Remarketing, como mostrar o anúncio para quem já viu seu site ou já realizou alguma ação dentro do seu canal do YouTube.

Como anunciar no Youtube - Tutorial

Pronto! Agora é só mandar o anúncio para revisão e, assim que ele for aprovado, você estará rodando uma campanha de anúncio no YouTube.

Conclusão

Anunciar no Google não é tão difícil quanto parece. Seguindo esses passos, você já consegue entrar com uma campanha para rodar. Como escrevi nesse post no site da Endeavor, há vários potenciais clientes para sua empresa na internet – mas eles precisam te conhecer.

O que você precisa ficar de olho é se o orçamento gasto dos anúncios está trazendo resultados para sua campanha. Mensure colocando algumas metas no Google Analytics, depois você consegue conectar com Google AdWords para saber quantas foram as conversões como cadastros de contato, Leads gerados, pedidos de orçamentos e conclusão de compras.

Não existe uma receita certeira para sua campanha. Mas, se eu pudesse dar uma dica final, eu colocaria várias campanhas e vários conjuntos de anúncios para ver qual está como melhor desempenho e, com isso, poder potencializar as que têm mais resultados. Nossa recomendação é iniciar com pouco investimento e fazer análises separadas de cada anúncio para ter alguns parâmetros e indicadores que estão dando certo.

E você, já teve algum resultado fazendo uma campanha no Google? Conte sua experiência!

Para não se perder nas configurações, confira aqui nosso [Checklist] Como anunciar no Google e no YouTube e veja como criar campanhas eficazes sem se esquecer das configurações mais importantes

Marcadores:

Deixe seu comentário