Blog de Marketing Digital de Resultados

Como conquistar audiência para seu site quando você ainda não tem nenhuma

Confira 10 ações que você pode fazer para começar a gerar tráfego para seu site e, a partir daí, gerar resultados para o seu negócio.

Para criar novas oportunidades de negócio para sua empresa, sobretudo nos canais digitais, ter um site é essencial. Afinal de contas, assim como seu negócio precisa ter um endereço fixo na vida real, ele também precisa ter um online, que seus clientes possam acessar quando tiverem alguma dúvida sobre seu produto ou serviço, para pedirem um orçamento ou simplesmente para entrarem em contato com você.

Mas, se a sua empresa é nova ou se você ainda não conseguiu criar uma cartela de clientes fiéis, pode ser difícil para gerar um tráfego que seja suficiente para causar um impacto positivo no seu negócio.

E, então, o que fazer? Para conquistar uma audiência partindo do zero, você pode começar com algumas boas práticas que podem ajudar a trazer um tráfego inicial para o seu site. Investir em ações para gerar tráfego orgânico, por exemplo, é uma boa ideia que, embora funcione a longo prazo, vai ajudar a gerar um público consistente para o seu site.

A seguir, confira algumas dicas para gerar tráfego – e, a partir daí, gerar resultados para o seu negócio.

Índice

1. Tenha um blog com conteúdo voltado para sua audiência

Ok, defendemos sempre a importância do conteúdo como cerne de uma estratégia de Marketing Digital, mas isso não significa que você vai produzir qualquer conteúdo. Ele precisa ser interessante para o seu público-alvo e, é claro, estar relacionado ao seu mercado e à sua solução. No fundo, você deve escrever sobre aquilo que você sabe, e não tentar atrair o público com temas que você não domina.

Como exemplo, podemos citar o próprio blog da Resultados Digitais. Antes mesmo de lançarmos o RD Station, nosso software de Marketing e Vendas, colocamos no ar este blog sobre Marketing Digital, com o objetivo de ajudar a educar o mercado sobre a importância dessa nova abordagem para os negócios.

Assim, à medida que íamos educando nosso público-alvo sobre as razões para investir em Inbound Marketing, começávamos a mostrar o valor da nossa solução para o mercado. Se tivéssemos tentado criar um blog sobre outro assunto para atrair tráfego, é bem provável que não construíssemos a autoridade que criamos em Marketing Digital ao longo destes anos.

2. Ofereça conteúdo que crie tráfego recorrente

Criar conteúdo de qualidade é uma ótima forma de atrair tráfego, mas isso não significa que você não pode dar uma “mãozinha” para que este conteúdo gere tráfego recorrente.

Uma forma de fazer isso é criar um conteúdo que seja dividido em várias partes. Assim, você pode usar essa divisão como um “chamariz” para que a pessoa volte a acessar seu site para ver as próximas partes do conteúdo.

Por exemplo, em nosso blog temos o post Os aprendizados de Growth Hacking no Vale do Silício, que foi dividido em parte 1 e parte 2.

Outra forma de fazer isso é criar séries ou temporadas de determinado assunto. Assim, sua audiência já sabe que, em determinado dia da semana ou do mês, você disponibilizará um conteúdo sobre determinado assunto.

Aqui, na RD, temos a série Agência em Pauta, com dicas de Marketing e Vendas para agências, e tivemos a primeira temporada da série Papo de Vendedor, que abordou estratégias de Inside Sales.

Por fim, se você ainda está dando os primeiros passos no Marketing de Conteúdo e ainda não possui muito material para abordar seus conteúdos dessas formas, experimente ao menos publicar seus posts em dias fixos na semana.

Por exemplo, se você publica duas vezes por semana, mantenha sempre os mesmos dias. Assim, os visitantes vão, aos poucos, criando o hábito de acessar seu site nestes dias, por saberem que você publica seu material de forma recorrente.

3. Trabalhe SEO para o seu site

Os mecanismos de busca são uma das principais formas de sua audiência chegar até você. Por isso, é preciso otimizar seu site para os mecanismos de busca (Search Engine Optimization ou SEO), de forma que os resultados mostrem sempre seu site quando o usuário estiver procurando uma solução relacionada ao seu mercado.

Por isso, a primeira coisa que você deve fazer é selecionar palavras-chave que estejam relacionadas ao seu mercado e para as quais você possa otimizar seu site. O ideal é que as palavras-chave que você selecionar tenham um bom volume de buscas e pouca concorrência (dentro do possível). Não adianta você querer otimizar seu site para uma palavra que tem um volume enorme de buscas se ela não tiver qualquer ligação com sua área de atuação.

Mas não se prenda apenas às palavras diretamente ligadas ao seu produto ou serviço. Elas são importantes, mas há muitas pessoas que podem chegar até você buscando respostas para suas dúvidas e dores.

Por exemplo, se sua empresa oferece um software de gestão de projetos para empresas, em vez de focar apenas em palavras como “software para gestão de projetos” e “gestão de projetos para empresas”, você deve selecionar palavras do tipo “como melhorar a gestão de projetos da minha empresa” ou “como aumentar a produtividade da minha equipe”. Isso porque é bem mais provável que as pessoas usem esses termos nos mecanismos de busca, já que muitas delas nem sabem qual é a solução para resolver esse problema.

Com as palavras-chave selecionadas, é hora de otimizar seu site para elas. Primeiramente, crie páginas de qualidade para cada uma, tanto aquelas que são termos mais relacionados ao conteúdo quanto aquelas mais ligadas ao produto. Entre algumas boas práticas que você pode aplicar estão: utilizar a palavras-chave em títulos e subtítulos, usar variações da sua palavra-chave ao longo do conteúdo, criar URLs amigáveis etc.

Por fim, foque também na boa experiência do usuário. Crie páginas que carreguem rapidamente e que possuam um layout intuitivo e funcional. E não esqueça que o layout da página deve ser responsivo para dispositivos móveis, pois os mecanismos de busca consideram tudo isso na hora de rankear seu site.

Para aprender mais sobre pesquisa de palavras-chave para o seu negócio e como fazer SEO de forma eficiente, baixe nosso eBook + planilha Pesquisa de palavras-chave: o que é e como fazer e o nosso Guia Completo do SEO.

4. Identifique influenciadores e crie um relacionamento com eles

Com certeza há em sua área de atuação pessoas e/ou empresas que você admira, nas quais você se inspira para fazer seu trabalho e que ajudam a pautar as tendências do seu mercado.

Se você está tentando se estabelecer como referência, entrar em contato com essas pessoas importantes é uma ótima oportunidade para atrair a atenção e gerar tráfego para o seu site.

Apresente sua empresa, mostre por que motivos sua solução ajuda a sua audiência e, se possível, peça ajuda para que divulguem sua empresa e seu conteúdo.

Pode parecer difícil, mas não coloque barreiras nestas oportunidades apenas por pensar que ninguém dará bola para você. Muitas vezes, estes influenciadores gostam de divulgar novidades e só estão esperando alguém que ofereça uma boa solução.

5. Faça co-marketing e boas parcerias

Quando você conseguir criar um relacionamento com alguns influenciadores, é uma boa boa hora para propor um co-marketing com eles. Estratégias de co-marketing – ou seja, ações de marketing (pode ser um evento, um conteúdo etc.) – que sejam oferecidas pelas duas empresas são ótimas oportunidades para obter um tráfego inicial.

Isso porque, ao divulgar a ação, uma das empresas está automaticamente ajudando a divulgar a empresa parceira. E, se a base de contatos da empresa parceira for grande, isso pode ter um grande impacto sobre seu negócio.

Mas você deve estar pensando: “Quem eu devo escolher? Como vou fazer uma empresa de impacto querer fazer co-marketing com meu negócio?”.

Para escolher um bom parceiro, o ideal é que ele não seja concorrente, mas possua o mesmo público-alvo que você. Por exemplo, aqui na Resultados Digitais, fazemos co-marketing com empresas de produção de conteúdo para Marketing Digital, plataformas de gestão de projetos etc.

Para conseguir fechar a parceria, você pode começar, por exemplo, fazendo uma oferta que seja vantajosa para seu possível parceiro. Uma ideia é criar um material conjunto e oferecer-se para produzir todo o conteúdo. A outra empresa só terá que ajudar a divulgá-lo. Isso pode aumentar as chances de conseguir um bom co-marketing.

6. Publique guest post em outros blogs

Além de criar conteúdo em associação com outras empresas do seu mercado, você pode também utilizar os canais delas para publicar o seu conteúdo, e assim utilizar o tráfego delas para gerar tráfego para o seu site.

Uma maneira de fazer isso é publicar guest posts em outros blogs. Um guest post é um post que você escreve para o blog de uma empresa parceira. Para escolher o parceiro e o tema que você vai abordar nesse post, vale a mesma dica que demos para o co-marketing; escolha uma empresa que não seja concorrente, mas que tenha o mesmo público-alvo (ou seja, uma audiência segmentada para o seu mercado, para que o poder de influência e alcance sejam maiores), e escreva sobre algo que seja relevante tanto para você quanto para o parceiro.

Mas guest posts não são importantes apenas para que os visitantes do seu parceiros se tornem seus visitantes, eles também ajudam no link building. Quanto mais links relevantes sua empresa receber, maiores são as chances de você ficar bem classificado nas primeiras posições dos mecanismos de busca nas palavras-chave importantes para o seu negócio.

Uma boa moeda de troca para conseguir publicar guest posts é oferecer a possibilidade de a outra empresa também publicar no seu blog.

7. Crie sua própria rede de link building

Falamos sobre a importância dos guest posts, mas pode ser que no início seja realmente difícil você conseguir que outras empresas, sobretudo empresas grandes, queiram publicar um conteúdo seu.

Neste caso, sugerimos que você crie suas próprias possibilidades de link building. Por exemplo, se seus colaboradores, principalmente os que tiverem mais influência no mercado, produzirem conteúdo sobre sua área de atuação, peça para que eles utilizem os seus canais (blogs, redes sociais etc.) para linkarem para o seu site.

E, caso seus colaboradores não tenham o costume de criar conteúdo, convença-os da importância de fazer isso, tanto para a sua empresa quanto para suas carreiras e para aprendizado pessoal. Aqui no blog já falamos sobre as vantagens que um profissional tem ao produzir conteúdo.

8. Utilize plataformas e redes sociais relacionadas ao seu público-alvo para publicar conteúdo

Mesmo quando uma empresa é nova e ainda não possui muito tráfego em seu site, ela provavelmente já tem alguns seguidores nas redes sociais. Então, aproveite-se disso e crie conteúdos que linkem para o seu site.

Talvez você ache que produzir conteúdo nas redes sociais é perda de tempo, mas lembre de quantos influenciadores do mercado construíram sua autoridade essencialmente nas redes sociais. Há pessoas que praticamente se tornaram sinônimo das suas área de atuação – e muitas delas começaram falando sobre seu mercado nas mídias. Você pode ser uma.

O segredo está em escolher qual rede é mais adequada para sua empresa. Por exemplo, há empresas cujo público-alvo pode estar mais presente no Facebook, Medium e Instagram, enquanto a audiência de outras pode estar focada em redes sociais mais profissionais, como o LinkedIn.

9. Faça anúncios pagos

Fazer posts em redes sociais, guest posts e otimizar seu conteúdo para mecanismos de busca é essencial, mas tudo isso gera resultados em médio e longo prazo. Para conseguir tráfego de forma mais rápida, principalmente enquanto sua empresa ainda dá os primeiros passos no Marketing Digital, o ideal é investir também em anúncios pagos.

Há diversos tipos de anúncios pagos que você pode fazer: no Google AdWords, nas redes sociais, remarketing, native ads etc. Cada um deles tem objetivos diferentes, então você deve utilizá-los de forma diferente também.

Decidir qual você utilizará para implementar sua campanha dependerá inteiramente de onde seu público-alvo gasta mais seu tempo e principalmente do alinhamento com os objetivos de cada anúncio. Recomendamos testar bastante no começo, pois não existe uma receita de bolo para o sucesso.

10.  Participe de eventos

Por fim, sugerimos que você também invista um formas de gerar conteúdo offline para atrair tráfego para o seu site. Umas das mais importantes é participar de eventos relacionados ao seu mercado.

Se sua empresa ainda está dando os primeiros passos e você ainda não tiver um nome muito forte na sua área de atuação, pode começar comparecendo em eventos como participante. Aproveite estas oportunidades para criar um networking e tornar sua marca conhecida no segmento.

Quando já tiver mais reconhecimento, você pode começar a palestrar nos eventos. Não se esqueça de focar naqueles que realmente são voltados sua área de atuação, seja para o consumidor final ou aqueles direcionados aos profissionais do seu segmento.

Por fim, no momento em que sua empresa já tiver recursos financeiros um pouco mais sólidos, talvez seja a hora de investir em eventos deste tipo, tanto como apoiador e patrocinador quanto criando um evento da sua empresa.

Além de ajudar a trazer tráfego para seu site e ajudar sua marca a se tornar referência, eventos como este podem ser muito benéficos para o seu mercado, já que começam a educá-lo para a importância da sua solução.

Alguns exemplos são o RD Summit e o RD On The Road, dois eventos que a Resultados Digitais criou e que já se tornaram referência em Marketing e Vendas, até mesmo internacionalmente.

Conclusão

Construir uma audiência sólida para o seu site não é algo que pode ser feito da noite para o dia. Por isso, é preciso manter a consistência e a persistência em todas as ações citadas acima.

Além disso, tenha em mente que, mais do que audiência, você deve tentar manter um público-alvo fiel, pois nada adianta atrair visitantes que não voltarão. Eles precisam confiar na sua marca para se tornarem reais oportunidades de negócio.

Por isso, foque em relacionamento, tanto com os visitantes quanto com os parceiros. Só assim você será capaz de potencializar os resultados vindos do esforço para gerar tráfego.

E você, quais estratégias utiliza para gerar mais audiência para o seu site? Compartilhe com a gente nos comentários!

Marcadores:

Deixe seu comentário