Blog de Marketing Digital de Resultados

Como encontrar conteúdo para geração de Leads entre os materiais que sua empresa já possui

Descubra conteúdos escondidos na sua empresa que podem ser usados para gerar Leads qualificados para seus vendedores.

Implementar o marketing de conteúdo exige muito esforço e dedicação e por isso vamos deixar a estratégia para um segundo momento, ok?!”

Qualquer pessoa que trabalhe com Marketing Digital provavelmente já ouviu essa frase em algum momento da sua experiência profissional e ela de fato é mais comum do que imagina-se. Não se trata de uma afirmação totalmente equivocada, já que produzir bons conteúdo novos realmente leva certo tempo entre pesquisa, produção, revisão e a tão aguardada publicação.

O que muita gente não sabe é que a estratégia pode ser iniciada e testada com materiais mais simples e muitas vezes já disponíveis na empresa. Afinal, praticamente toda organização possui conteúdos interessantes e exclusivos que na maioria das vezes ficam guardados nos computadores dos funcionários enquanto poderiam ser usados na geração de novos Leads e consequentemente novos clientes.

O grande dilema, quando falamos em externalizar conteúdos internos, está no fato de muitos gestores acreditarem que o material que possuem é único e por isso deve ser mantido secreto. Eles se esquecem que em um mundo digital, no qual a informação está à disposição de todos de forma gratuita, quem sai na frente com um bom conteúdo ganha os méritos e também a audiência e credibilidade.

Em outras palavras, isso significa que se a sua empresa não compartilhar o que sabe, o seu cliente vai começar a procurar informações no site da sua concorrente, que pode ser inclusive uma empresa menor do que você mas que está abrindo o jogo e se tornando uma referência sobre o tema na web.

Para você que está no processo de encontrar esse conteúdo escondido, montar suas primeiras Landing Pages e começar a gerar Leads atraídos pelo seu conteúdo, separamos aqui algumas dicas que podem ser o mapa da mina que faltava na sua pesquisa.

1 – Encontre as planilhas certas

Modelos de planilhas são ótimos conteúdos para serem compartilhados e acabam atraíndo um público, na maioria das vezes, qualificado. Isso acontece porque neste momento, em alguma empresa, alguém está quebrando a cabeça para montar uma tabela de custos, um cronograma de atividades, um check-list de projeto ou uma análise de processos e é aqui que a sua tabela pode servir como uma solução eficiente.

É sempre importante entender que o material deve ter a ver com o seu tipo de trabalho. Se você trabalha em uma consultoria para melhoria de processos, por exemplo, um material bastante interessante pode ser uma planilha de mapeamento de processos que deve, inclusive, servir como diagnóstico para que o próprio cliente chegue à conclusão que precisa de você.

Essas planilhas na maioria das vezes já são utilizadas em processos internos da empresa ou mesmo em etapas iniciais de interação com o cliente. Elas não precisam e nem devem ser compartilhadas na íntegra. A melhor opção é utilizá-las apenas como a a isca que levará o Leads a te contatar para avançar no processo de compra.

2 – Aquela palestra / treinamento que todo mundo gostou

Sabe aquele último ciclo de treinamento interno da sua empresa ou então aquela palestra que você foi convidado a fazer na associação comercial da sua cidade e que todo mundo elogiou? Esse é um excelente material para ser compartilhado!

Para entregar esse conteúdo ao vivo você precisou se preparar, estudar, montar um roteiro e definir o que seria repassado a platéia. Esse conteúdo, na maioria das vezes, já está organizado em formato de slides, materiais complementares ou vídeos que suportaram os seus argumentos durante a apresentação. Tudo isso pode ser reunido e disponibilizados através de Landing Pages no seu site. Além de atrair um tráfego interessante, você e a sua equipe acabam mostrando que dominam o tema e podem vir a se tornar uma referência no assunto expandindo a sua palestra de um público de 20 ou 30 pessoas para um número muito maior que isso.

Vale lembrar que quando usamos um material preparado para ser apresentado ao vivo para atrair visitantes que agora irão apenas ler o que foi entregue, também estamos falando de uma revisão mais aprofundada para garantir que toda a lógica da palestra não se perca sem a sua presença. Se possível, peça para que 2 ou 3 pessoas que não assitiram à sua apresentação leiam o material e te digam o que entenderam. Assim você pode ficar mais tranquilo que a sua audiência também entenderá.

Assim como no caso anterior, é importante disponibilizar apenas materiais relacionados ao seu negócio. Se você é uma empresa que vende um software de gestão de estoque, não vale a pena transmitir um treinamento de desenvolvimento pessoal que foi dado para a sua equipe. Os materiais devem auxiliar a sua empresa a ser referência no tema do seu negócio.

3 – Um material científico que você fez para aquela pós ou mestrado

Se você está se especializando em sua área de atuação com algum curso de pós graduação, com certeza acaba produzindo muito conteúdo interessante durante os estudos. Esse conteúdo também pode ser interessante para quem compra os seus serviços. Muito do que você está trabalhando no ambiente acadêmico também pode ser uma grande novidade para o seu potencial Leads e poderia estar sendo melhor aproveitado.

Se você fez recentemente uma tese ou artigo ligado ao seu mercado ou um dos seus produtos, vale a pena dar uma revisada e achar o que poderia ser aproveitado para montar a oferta. Talvez você tenha um pacote completo com apresentação mais material explicativo e que pode ir muito mais longe do que a porta da sala de aula.

Aqui o importante é tirar um pouco da “burocracia” e dos formalismos do ambiente acadêmico e tornar esse conteúdo em algo mais fácil de digerir.

Revise tudo e adeque a linguagem

Lembre-se de que a linguagem da sua empresa provavelmente possui modismos próprios ou siglas muito técnicas que ainda não fariam sentido para o seu Leads. Sendo assim, não esqueça de revisar com um olhar crítico para garantir que tudo faz sentido para quem vai baixar o seu conteúdo.

Outro ponto importante é não esquecer que tudo deve ser disponibilizado através de Landing Pages, para garantir a captura do contato dos interessados na leitura e permitir um trabalho mais forte de relacionamento posteriormente.

Também não se limite ao corpo diretor da empresa. Converse com seus colegas de trabalho, no meio de tanta gente é sempre possível encontrar materiais que muitas vezes nem os próprios gestores conhecem. Quanto mais  gente estiver produzindo, melhor é a periodicidade com que você terá conteúdo novo para quem te acompanha.

Marcadores:

Deixe seu comentário