Blog de Marketing Digital de Resultados

Como obter resultados com Remarketing na Rede de Pesquisa do Google

No mês passado, colocamos em nosso blog um post sobre Como utilizar o Remarketing para aumentar resultados, onde demos uma explicação mais básica sobre o que é o retargeting, dicas de como fazer suas campanhas, plataformas que você pode utilizar e a diferença entre Rede de Display e Rede de Pesquisa. No post de hoje, vamos focar um pouco mais no retargeting na Rede de Pesquisa do Google Adwords, ainda não muito visado, mas que, se bem planejado, pode trazer bons resultados.

O retargeting é uma ótima estratégia para encontrar novamente os potenciais compradores que fizeram uma pesquisa inicial, mas não converteram. De acordo com o próprio Google Adwords, cerca de 97% dos visitantes de um site não convertem na primeira visita.

A maior diferença entre a Rede de Display e Rede de Pesquisa é que na primeira os banners de retargeting aparecerão para o usuário em sites parceiros que ele visitar mesmo se ele não está atrás desse conteúdo, enquanto que na segunda os anúncios são mostrados quando o usuário está novamente procurando sobre o assunto na página de pesquisa do Google – ou seja, ele está em um momento de interesse e as chances de conversão são grandes.

O anúncio na Rede de Pesquisa tem o mesmo formato que o anúncio usual do Google Adwords:

Qual o objetivo de fazer uma campanha de retargeting na Rede de Pesquisa? É continuar aparecendo para o usuário quando ele pesquisa sobre o assunto, para que possamos aparecer para ele em diferentes etapas do Funil de Vendas, como quando pesquisando sobre o produto, comparando preços ou mesmo um cliente que já comprou um produto em seu site e agora pode comprar um complemento relacionado.

Como organizar uma campanha

Para começar a usar o retargeting, é preciso primeiramente instalar a tag do Google Adwords em seu site. Com essa etapa feita, o segundo passo é criar as listas de retargeting que você tem interesse de trabalhar.

Para usar listas de remarketing em anúncios da Rede de Pesquisa, é preciso selecionar em sua campanha a opção “Apenas na Rede de Pesquisa – todos os recursos”. Depois, é preciso entrar em Biblioteca Compartilhada na coluna à esquerda, e então em Públicos-alvo e por último em Lista de Remarting para começar a criá-las. Veja nesse artigo do suporte do Google Adwords todos os detalhes e ilustrações de como criar listas de remarketing.

Você poderá definir listas para diferentes seções de seu site usando regras. Por exemplo, se você desejar definir uma lista para uma página de seu site em que você vende eletrônicos, poderá usar esta regra: “URL contém eletrônicos”.

Um detalhe importante: para uma lista funcionar,  é preciso ter no mínimo 1000 usuários. As campanhas de retargeting do Google Adwords normalmente duram 30 dias, mas podem ser configuradas para até 180 dias.

Estratégias para Rede de Pesquisa

Existem várias maneiras de trabalhar com listas para Rede de Pesquisa, então traremos alguns exemplos que podem ajudar você a pensar em estratégias para o seu próprio negócio.

Otimização de lances de palavras

Digamos que você tenha uma empresa e seu produto é um software de marketing digital, e já tem uma campanha no Adwords com palavras como “software de marketing digital”. O que você quer é que alguém que tenha entrado em seu site por um anúncio dessa campanha, mas ainda não efetuou a compra, veja novamente um anúncio seu quando fizer uma segunda busca pelo assunto. Assim, pode-se usar o retargeting para aumentar o lance de suas palavras-chave e assim ter mais chances de seu anúncio aparecer novamente para alguém que está em sua lista de retargeting.

Assim, o que precisa ser feito é apenas pegar sua campanha e ajustá-la para o retargeting, onde poderá aumentar em valores percentuais em “Públicos-alvo”:

Diminuição de lances

É a mesma ideia que a otimização, porém ao contrário. Digamos que você tenha um produto que saiba que seu público compre apenas uma vez e não costuma realizar uma nova conversão a curto prazo. Assim, quando um comprador procurar novamente sobre termos relacionados ao produto, você não quer que seus anúncios apareçam para ele, pois as chances de conversão são mínimas. Assim, o que pode fazer é diminuir o lance das palavras, para que as chances de seu anúncio aparecer diminuam e não gaste seus cliques com ele – e sim possa mostrar seus anúncios para compradores em potencial.

Customização do texto do anúncio

Uma possibilidade do retargeting na Rede de Pesquisa é conseguir fazer pequenas modificações em anúncios, para que ele apareça novamente para um usuário com algum diferencial, como “Frete grátis” ou “10% de desconto”. Essa estratégia é possível se você duplicar uma campanha que já tenha pronta e nessa segunda versão modificar os anúncios de acordo com suas estratégias, incluindo nele uma lista de retargeting. Assim, quem já entrou em seu site e não converteu poderá ver seu anúncio novamente, mas com algum diferencial que pode ajudar a realizar a compra.

Fidelização

Digamos que você tem, por exemplo, um site de câmeras fotográficas que também oferece tripés e lentes, que atraem os consumidores para realizarem novas conversões. Nesse caso, é interessante criar uma campanha específica para esses acessórios, trabalhando com uma lista de retargeting com foco nas pessoas que compram câmeras em seu site. Assim, quando precisarem desses acessórios e forem pesquisar sobre eles, as chances de seus anúncios aparecerem aumentam.

Aqui mostramos algumas ideias de como utilizar as listas na Rede de Pesquisa, mas você pode pensar em outras estratégias que se encaixem melhor no seu próprio negócio.

 Crédito da imagem: Shutterstock

Marcadores:

Deixe seu comentário