Blog de Marketing Digital de Resultados

Como produzir conteúdo sobre assuntos que as pessoas estão procurando

Para produzir conteúdo que traga resultados é preciso que este conteúdo esteja relacionado ao que sua audiência está buscando.

A cena é bem comum: a empresa cria uma estratégia de Marketing de Conteúdo poderosa, contrata (ou terceiriza) toda uma equipe para a produção de posts, eBooks, webinar e outros formatos, investe em conteúdos de qualidade e bem produzidos e… não obtém resultado.

Frustrados, os diretores da empresa decidem deixar de alocar recursos para Marketing de Conteúdo, afinal de contas, a metodologia “não funciona para aquele segmento de mercado”. A empresa não só não conseguiu gerar Leads e clientes com a estratégia como ainda perdeu tempo e recursos.

Afinal, o que deu errado?

A resposta pode estar na própria criação de conteúdo.

Hoje, adotar uma estratégia de conteúdo como forma de atrair visitantes, convertê-los em Leads, relacionar-se com eles e transformá-los em clientes é uma prática cada vez mais comum no mercado.

Contudo, para produzir conteúdo que traga resultado tanto para a área de marketing quanto para vendas é preciso que este conteúdo esteja relacionado ao que sua audiência está buscando em relação ao seu mercado.

Muitas empresas não fazem isso e pagam caro por produzir um conteúdo baseado no que elas acham que seu público quer, mas que acaba não refletindo a realidade.

Porém, dar ouvidos às demandas da sua audiência não precisa ser algo trabalhoso, nem é preciso uma “bola de cristal”.

Para aprender como produzir conteúdo sobre assuntos que as pessoas realmente estão procurando, veja a seguir algumas boas práticas que vão desde a concepção até a divulgação do conteúdo, passando, é claro, pela produção. Acompanhe!

Índice

1. Use a criatividade da sua equipe para levantar temas atrativos

Quando você montou sua equipe de marketing, com certeza considerou a criatividade um fator importante para a contratação dos profissionais. Por isso, agora é a hora de colocar essa criatividade para funcionar.

Não se esqueça de que, antes de ser formada por profissionais de marketing, seu time é formado por pessoas, que usam os mecanismos de busca para encontrarem o que querem. Sendo assim, faça um brainstorming com eles para obter insights sobre temas que sejam interessantes de abordar.

Além do time de marketing, consulte outras equipes da empresa para ver quais as principais reclamações que os clientes e prospects têm em relação ao mercado em que seu negócio atua.

Aqui na RD, por exemplo, temos o hábito de consultar o time de vendas para identificar quais as objeções e dores dos Leads em relação ao Inbound Marketing, além do time de Customer Success, que informa as necessidades dos clientes.

2. Responda perguntas e dúvidas da sua audiência

Uma das utilidades que as pessoas veem nos mecanismos de busca é a possibilidade de fazer perguntas. Por isso, aproveite as principais dúvidas em relação ao seu mercado – elas podem servir de ideias para seu conteúdo.

A forma mais rápida de identificar essas dúvidas é lendo os comentários em posts no blog ou nas redes sociais de sua empresa, em mensagens privadas também nas redes sociais e em emails enviados pelos Leads em resposta às campanhas de Email Marketing.

Outra maneira de saber o que as pessoas estão procurando é promover o debate de forma ativa. Isso pode ser uma pesquisa de opinião, uma enquete ou, como fizemos já na Resultados Digitais, um Ask Me Anything (AMA) ou um Hangout.

No AMA, convidamos nossos Leads a perguntarem tudo o que eles gostariam de saber sobre Marketing Digital e nos comprometemos a responder essas dúvidas.

Confira aqui como foi o AMA ”Pergunte o que você quiser sobre Marketing Digital”.

No Hangout, o processo foi basicamente o mesmo. Convidamos os Leads para enviar suas perguntas e nos comprometemos a respondê-las, porém em vídeo.

Confira aqui como foi o Hangout “Pergunte o que quiser sobre Marketing Digital e Vendas”.

As duas ações, além de ajudar muito nossos Leads e clientes, geraram insights valiosos para a nossa produção de conteúdo.

3. Aborde a resolução de problemas

Outra forma bem comum de as pessoas fazerem pesquisas nos mecanismos de busca é tentando resolver um problema – aquelas frases que começam com “como fazer”.

Por isso, abordar assuntos em formato de tutorial ou passo a passo pode ser uma boa ideia para solucionar problemas da sua audiência.

Ao entender quais são os problemas de sua audiência, documente todos eles e responda-os em posts no blog de sua empresa ou em materiais educativos.

4. Use ferramentas

Outra maneira de descobrir o que as pessoas estão buscando são as ferramentas: Keyword Planner, Keyword Tool, Übersuggest, SEMRush e Google Trends oferecem buscas de palavras-chave para descobrir o que as pessoas estão digitando na pesquisa do Google.

Já no Buzzsumo é possível ter uma boa ideia de como as pessoas estão reagindo aos conteúdos sobre o tema que você digitar na busca do site.

5. Pense em abordagens únicas para seus conteúdos

Se o tema sobre o qual você está escrevendo já foi bastante explorado, uma maneira de ganhar destaque é inovando no formato ou na maneira de entregar o conteúdo.

Isso pode ser feito por meio de listas, glossários, relatos de experiência e aprendizados e, fugindo um pouco do texto, através de infográficos, webinars, podcasts.

São tantas ideias que listamos 31 delas e como fazê-las nesse eBook.

Um exemplo pode ser o conteúdo sobre tendências de vídeo online para 2017, lançado recentemente aqui na RD, em que foram convidados 20 especialistas de diversas áreas para compartilharem suas expectativas sobre o mercado de vídeos neste ano.

O material poderia ser lançado como um eBook, por exemplo, mas qual o melhor formato para falar de vídeo senão o próprio?

6. Crie conteúdos de qualidade

Esse item é um complemento ao anterior. Não adianta tentar reinventar a roda se o material não é bem feito. Por isso, faça pesquisas extensas e em fontes seguras antes de criar seu conteúdo, apresentando-o de forma atrativa e simples de entender.

Além disso, parte da qualidade também está em produzir um conteúdo original, ao contrário de republicar conteúdo de outros sites ou de copiar materiais lançados por outras empresas. Isso é problemático não só por uma questão de copyright, mas também porque pode prejudicar seu site nos mecanismos de busca.

Um bom exercício que você pode fazer é, depois de escrever seu conteúdo, olhar o que os seus concorrentes fizeram e se perguntar: meu conteúdo é melhor do que o deles?

7. Utilize técnicas de SEO…

É importante otimizar seu conteúdo para os mecanismos de busca quando escreve, observando algumas práticas já consagradas em SEO.

Primeiro, escolha uma palavra-chave que tenha um bom volume de busca (isso você confere no KeywordPlanner) e que faça sentido para sua audiência.

Feito isso, produza o artigo utilizando algumas técnicas de otimização para SEO e observe alguns elementos básicos em seu post, como título, imagens, descrição, headings, links e outras táticas que você pode ver no post Como escrever um artigo 100% para SEO.

8. …mas escreva para pessoas

Não se esqueça de que seu conteúdo precisa gerar uma boa experiência para se manter bem ranqueado; por isso, não o sacrifique em detrimento das técnicas de SEO.

Há outros fatores de rankeamento do Google que vão além do foco na palavra-chave, como taxa de rejeição, velocidade de carregamento da página e mais.

Um bom conteúdo é aquele que responde a dúvida do usuário. E cada vez mais o Google está conseguindo identificar o que é uma boa experiência do usuário dentro da página levando em consideração fatores que vão além da palavra-chave foco.

Bônus: divulgue o conteúdo onde as pessoas estão buscando

Esse tópico é um bônus porque já entra na seara da promoção do conteúdo, não mais da produção.

Ainda assim, vale lembrar da importância de encontrar os canais que seu público mais utiliza para buscar conteúdos.

De nada adianta produzir um material de qualidade, otimizado para SEO, que resolve os problemas e responde as dúvidas da sua audiência se você o distribui em canais que ela não está.

Por isso, descubra quais as redes sociais e os outros canais que seu público mais acessa e divulgue seus materiais por lá de forma estratégica, inclusive por meio de anúncios, se for o caso.

Conclusão

Vale a pena investir em conteúdo, sobretudo quando ele é criado de forma estratégica. Isso porque o conteúdo que é criado dessa maneira tem tudo para se reverter em resultados para a empresa.

Por isso, descubra como seu público busca informações sobre seu mercado para obter resultados.

Para colocar em prática, baixe aqui o Kit Produção de Conteúdo: teoria e prática, um material com todos os recursos que você precisa para evoluir sua estratégia de produção de conteúdo e gerar mais resultados para sua empresa.

 

Marcadores:

Deixe seu comentário