Blog de Marketing Digital de Resultados

Conteúdo gerado pelo usuário: o que é como aproveitá-lo no Marketing Digital de sua empresa

Ter uma sessão onde os clientes são incentivados a inserir conteúdo, experiências e opiniões faz com que sua marca ganhe muito mais intimidade com seus consumidores.

Quem trabalha com Marketing Digital sabe que criar conteúdo interessante – um dos principais pilares dessa metodologia – para o seu público-alvo é um desafio diário. Então, por que não receber uma ajuda dos seus próprios clientes para facilitar esse processo?

O conteúdo gerado pelo usuário (user-generated content ou UGC), como o próprio nome já diz, é qualquer tipo de mídia – comentários, posts, fotos, vídeos – que o consumidor produz espontaneamente sobre o seu produto. Aqui no blog da Resultados Digitais, um exemplo de conteúdo gerado pelo usuário podem ser os comentários ao final dos posts.

O termo ficou conhecido no meio digital a partir de 2005, com a popularização da internet e, consequentemente, do diálogo entre consumidores e marcas no mundo digital. Hoje, a estratégia é muito utilizada principalmente por lojas de ecommerce – se você já fez compras online, é provável que já tenha ido até a seção de comentários do produto para checar, antes, o que outros compradores estão falando a respeito e conferir se a compra vale a pena.

O conteúdo gerado pelo usuário pode ser importante para diversos tipos de negócio, principalmente porque não exige da marca grandes esforços no processo de criação. Ter uma sessão onde os clientes são incentivados a inserir conteúdo, experiências e opiniões faz com que sua marca ganhe muito mais intimidade com seus consumidores.

Quanto mais legal for o design desse espaço, mais à vontade os clientes se sentirão. É interessante transformar essa parte do site em um lugar agradável de estar, sem poluição. Criar esse senso de comunidade com os consumidores agrega muito valor ao negócio e faz com que seu nome seja relacionado ao assunto que permeia o que você vende.

Quando você abre esse canal, acaba indiretamente adicionando mais informações sobre os seus produtos, com mais consistência e riquezas de detalhes para o comprador destes itens.

E não se esqueça, caso algum cliente lhe dê um feedback, incorpore essa resposta nas publicações. Agradeça a ele em público. Isso demonstra o quanto ele é importante para você.

5 motivos para sua empresa aproveitar o conteúdo gerado pelo usuário

1. Confiabilidade e credibilidade

As pessoas se baseiam muito na experiência de outros usuários. Se eu vejo um app cheio de review negativo, não baixo. Se eu vejo um restaurante cheio de gente reclamando, não vou lá. É uma espécie de boca-a-boca.

Ao produzir um conteúdo para o seu blog, por exemplo, por mais próximo que você consiga ficar de seu cliente, a sensação não é a mesma do que quando o conteúdo é criado por usuários. A participação desses usuários gera uma sensação de proximidade e confiabilidade entre outros potenciais consumidores.

Além disso, isso mostra que a marca é autoconfiante e que não tem receio de receber feedbacks. Uma dica que gera credibilidade para o negócio é valorizar mesmo os comentários negativos. Isso demonstra que você se preocupa em ouvir as opiniões e melhorar sempre o seu negócio.

2. Baixo investimento

Para aproveitar o conteúdo gerado pelo usuário não é necessário um investimento no sentido financeiro. Pelo contrário, mesmo que a empresa não queira, as pessoas vão produzir conteúdo sobre ela em dois momentos – ou quando a experiência é boa ou quando é desastrosa.

A maior prova disso são os reviews no Google e nas fan pages do Facebook. Ninguém “investe” nisso, é uma interação totalmente espontânea, sobre a qual a empresa muitas vezes não tem controle. Investimento em UGC, na verdade, nada mais é do que fazer um bom produto, ter um bom serviço e um bom atendimento.

3. Fonte de ideias

Se sua empresa possui tempo ou orçamento limitado para produzir conteúdo, o UGC pode ajudar a manter seu calendário. Os comentários dos leitores podem ser fontes de pauta para os seus materiais – vários posts do blog da RD já forma feitos a partir de comentários do público, por exemplo.

Além disso, é possível utilizar os conteúdos feitos pelos usuários como fonte de textos e depoimentos.

Conheça outras fontes de ideias no post Como descobrir o que sua audiência quer ler em seu site.

4. Ajuda na definição da persona

Persona é a representação fictícia do seu cliente ideal. Ela é baseada em dados reais sobre comportamento e características demográficas dos seus clientes, assim como uma criação de suas histórias pessoais, motivações, objetivos, desafios e preocupações.

Interagir com seu consumidor real e prestar atenção no que ele tem a dizer é uma boa oportunidade de aprimorar o conhecimento sobre sua persona. Isso permite que você perceba o que mais interessa ao público e possa alinhar seus conteúdos a esses interesses.

Uma outra dica para ajudar na definição de sua persona é utilizar a ferramenta O Fantástico Gerador de Personas.

5. Identificação com a empresa

Ter um espaço destinado a conteúdos gerados pelo usuário ajuda a construir uma maior identificação entre empresa e cliente.

Uma vez que os usuários começam a submeter fotos, por exemplo, eles compartilham isso com seus amigos e acabam trazendo mais consciência da sua marca.

Mas é importante que alguém faça um controle desta seção para que nada inapropriado seja mostrado.

Como aproveitar o conteúdo gerado pelo usuário em seu negócio?

Avaliações e depoimentos

As avaliações e os depoimentos são as formas mais simples de CGU e é possível integrá-los ao seu site ou redes sociais.

Além do formato mais comum, de texto, no caso de ecommerces pode-se estimular o cliente a tirar fotos com os produtos, assim outros interessados podem vê-los além das fotos oficiais.

Outra possibilidade é oferecer descontos ou cupons para quem avaliar o seu produto.

Aqui na RD, nossos clientes podem nos avaliar por meio do Facebook ou dos reviews do Google.

conteúdo gerado pelo usuário reviews google

Perguntas e respostas

Incluir uma seção de FAQ ou um fórum de discussões dentro do seu site incentiva a conversa entre os usuários.

Além das questões frequentes, respondidas pela empresa, pode-se utilizar uma seção de perguntas e respostas dos próprios clientes em que eles interajam respondendo as dúvidas específicas uns dos outros – se o envio foi rápido, se a numeração do produto corresponde ao tamanho etc.

Um exemplo que implementamos aqui na RD foi o “Pergunte o que você quiser sobre Marketing Digital”, ação em que o público foi incentivado a enviar perguntas sobre Marketing Digital para serem respondidas por nossos especialistas. Depois, elas foram compiladas e enviadas aos participantes.

conteúdo gerado pelo usuário ask me anything

Campanhas

Também é possível utilizar hashtags para incentivar a produção de conteúdo gerado pelos usuários.

As campanhas de CGU no Instagram são um bom exemplo, pois ajudam a coletar material para exibir em sua loja virtual, no caso de um ecommerce, além de gerar “buzz” sobre sua marca.

No RD Summit de 2015, nosso evento anual sobre Marketing Digital, incentivamos os participantes a utilizarem a hashtag #EuNoRDSummit nas redes sociais. Assim, obtivemos conteúdo e divulgação do evento, além de engajar os participantes.

conteudo gerado pelo usuario eunordsummit

E você, já aproveita o conteúdo gerado pelos seus clientes? De que forma? Conte-nos abaixo nos comentários!

Marcadores:

Deixe seu comentário