Blog de Marketing Digital de Resultados

Dicas avançadas para gerar mais tráfego [Palestra de Fábio Ricotta no RD Summit 2015]

Assista à palestra de Fábio Ricotta no RD Summit 2015 e veja como otimizar seus canais e anúncios para aumentar o tráfego e a geração de Leads de seu negócio.

Se você já trabalha com estratégias de Inbound Marketing, com certeza utiliza a produção de conteúdo e as redes sociais para gerar tráfego e Leads para o site da sua empresa.

Mas será que você está fazendo isso de maneira correta? E se você pudesse otimizar esse processo para trazer ainda mais visitantes e Leads, convertendo em mais clientes?

É sobre essas melhorias que podem aprimorar seus resultados que Fábio Ricotta, CEO da Agência Mestre, palestrou no RD Summit 2015, nosso evento de Marketing Digital e Vendas que acontece anualmente.

A Agência Mestre é uma empresa que provê serviços de SEO, links patrocinados, Facebook Ads, Web Analytics, criação de sites, entre outros. Você pode ver a palestra a seguir:

Esse post foi baseado na própria palestra de Fábio Ricotta

Em 2014, Fábio Ricotta fez uma apresentação no RD Summit sobre Táticas Avançadas de Aquisição de Tráfego e Clientes, falando sobre matriz de conteúdo, espionar a concorrência, uso de Facebook Ads e LinkedIn, audiência customizada, social cards, coleta de emails e ideias de conteúdo para alavancar seu tráfego e obter mais clientes.

Em 2015, ele deu continuidade à palestra do ano anterior, selecionando as 6 melhores dicas avançadas de aquisição de tráfego para você utilizar hoje mesmo. Confira!

1. Reotimização: obtendo mais tráfego de conteúdos já publicados

O trabalho de reotimização é um aperfeiçoamento de um conteúdo que você já tem, com o objetivo de torná-lo melhor e poder oferecê-lo novamente, atraindo novos visitantes para seu site.

Para realizar esse processo de reotimização, alguns requisitos devem ser cumpridos:

  • 1) identificar as páginas com potencial de crescimento;
  • 2) descobrir defeitos de elementos on-page;
  • 3) corrigir esses defeitos;
  • 4) melhorar o conteúdo;
  • 5) republicar a página.

Mas como fazer isso? Fábio Ricotta dá um passo a passo:

Para identificar as páginas com potencial de crescimento, o CEO da Agência Mestre sugere utilizar o Google Search Console para detectar suas palavras-chave e/ou páginas com posição média entre 8 e 15 na busca do Google, com um número de impressões bom e nem tantos cliques (em comparação com a média).

Uma vez que você tenha selecionado algumas dessas páginas para serem reotimizadas, é hora de fazer verificações e ajustes em elementos on-page. Alguns pontos para os quais você deve atentar: título, meta description, heading tags, imagens e links internos. Esses elementos devem ser trabalhados visando atrair o usuário para o seu site e gerar uma melhor experiência para ele.

Em seguida, você deve melhorar o conteúdo em si: basicamente, investigue de forma intuitiva o que pode ser aprimorado (uma rápida leitura já vai indicar pontos fracos que você deve mudar). Depois, altere-o com base no que foi produzido pela concorrência. Uma dica é abrir os top 10 resultados do Google para a palavra-chave que você utilizou no seu conteúdo, ler todos e produzir algo ainda melhor do que a concorrência.

Por fim, você deve republicar o seu conteúdo, sempre. Se possível, republique-o na sua página inicial, pois isso irá reorganizar a prioridade dos links, e o Googlebot (robô de rastreamento do Google, também chamado de indexador) irá revisitar a página e indexar o conteúdo reotimizado.

Um exemplo de como a própria Agência Mestre utilizou essa dica foi com um de seus clientes. Reotimizando 120 artigos ao longo de 12 meses, a empresa aumentou o tráfego do cliente de 36 mil visitas orgânicas por mês para 149 mil visitas orgânicas mensais – apenas nesses 120 artigos.

Mas lembre-se de que a reotimização é apenas um “reparo” de algo mal feito. Quanto mais conteúdos publicados corretamente (com todos os elementos on-page “redondos”), melhor. É por isso que a Agência Mestre está adotando esse prática em seu próprio site. A empresa já conseguiu ficar bem colocada nas buscas do Google para várias palavras-chave, como “SEO”:

dicas avancadas para gerar trafego (5)

 

2. Promoção de conteúdo com Facebook Ads: estratégia para aumentar o tráfego de forma 360

A Agência Mestre buscava uma forma efetiva para trazer tráfego do Facebook para seu site. Foi aí que Fábio Ricotta criou um framework que funciona muito bem. Para cada campanha no Facebook, você deve criar três tipos de publicação: baseada em interesses, em fãs e em remarketing.

Como funciona cada uma dessas formas?

Publicações baseadas em interesses

Na divulgação baseada em interesses, o objetivo é criar engajamento com a publicação, essencialmente para gerar uma tração inicial para o site. Por isso, na hora de gerar as campanhas, você deve impulsioná-las de acordo com assuntos relacionados ao seu artigo.

Por exemplo, se você está escrevendo um post sobre o Google Alerts, você pode colocar como interesses relacionados ao conteúdo content marketing, growth hacking, Inbound Marketing e SEO.

Não se esqueça de que, na hora de criar campanhas no Facebook Ads, você deve: escolher um tipo de anúncio que estimule a geração de tráfego para seu site, como a opção “impulsionar suas publicações”; colocar um orçamento de curto prazo (de preferência para ser gasto no mesmo dia), para que o clique seja mais barato (custo por engajamento menor); usar URL tags e cortar anúncios laterais, já que essas alternativas não funcionam bem para a promoção de conteúdo.

Publicações voltadas para fãs

No caso de criar publicações voltadas para fãs, o objetivo é gerar anúncios similares aos do primeiro tipo, mas que engajem seus fãs a curtir e compartilhar. Afinal de contas, eles são os “advogados” da sua empresa, e têm potencial de fazer seu conteúdo se disseminar mais facilmente.

Para anúncios voltados aos fãs, você não precisa de um orçamento tão grande quanto o da primeira opção, mas é importante seguir a mesma regra anterior de colocar o investimento para rodar em curto prazo.

Remarketing

Já para a terceira alternativa, de remarketing, você deve se concentrar em pessoas que já visitaram seu site, pois elas são possíveis interessadas no seu negócio.

Para isso, você deve gerar uma audiência customizada. Depois, crie uma lista de pessoas que visitaram seu site ou acessaram alguma página específica sua e gere anúncios para elas: a partir daí, elas vão começar a ver seu conteúdo na timeline. Promova esse remarketing por 180 dias a fim de gerar mais resultados.

A Agência Mestre utilizou essa tática em suas próprias campanhas, e chegou aos seguintes resultados de tráfego:

dicas avancadas para gerar trafego (3)

3. Buscando o anúncio perfeito no Facebook Ads: o modelo de seleção natural

Você já deve ter ouvido falar em Charles Darwin, naturalista que propôs uma teoria para explicar que a evolução das espécies se dá por meio de seleção natural.

Fazendo uma analogia, no Facebook temos a seleção “natural” dos Ads, ou seja, a criação de várias “gerações” de anúncios, que vão sendo cortados de acordo com sua baixa performance, até chegar o momento em que temos o anúncio “perfeito”, ou mais “bem adaptado”.

dicas avancadas para gerar trafego (7)

Para realizar essa tarefa, temos um grande ajudante: o Adespresso, ferramenta em que é possível criar múltiplas variações de um anúncio através de combinações de elementos dos anúncios gerados.

dicas avancadas para gerar trafego (4)

Assim, é possível avaliar qual combinação tem o melhor desempenho, e ir eliminando as que não performam bem. O ideal é que essa seleção “natural” seja feita de 3 em 3 dias, pois dá tempo de o Facebook entregar todos os anúncios.

Utilizando essa técnica, a Agência Mestre conseguiu otimizar seus anúncios e, consequentemente, reduzir o CPA (custo por aquisição). Houve um caso em que o CPA de determinado anúncio caiu de cerca de R$ 8,00 para aproximadamente R$ 1,20.

4. Lead Scoring on Steroids: usando o que você já sabe para amplificar o resultado

O Lead Scoring pode ser uma ótima ferramenta para obter Leads qualificados, e você pode utilizar essa lógica para ampliar os resultados para audiências semelhantes.

Antes, é preciso entender como funciona o Lead Scoring: basicamente, ele combina pontuações de perfil e interesse do seu Lead para classificá-lo e dizer o quão apto ele é para o seu negócio.

Assim, você pode importar seus Leads que são classificados como A e B para o Facebook como audiência customizada, e a partir daí criar uma audiência similar. Essa audiência similar é formada por pessoas com comportamentos e interesses similares à sua lista de Leads nota A e B. Ou seja, é muito mais provável que os usuários que possuem comportamento semelhante aos seus Leads qualificados sejam potenciais Leads e clientes para você.

dicas avancadas para gerar trafego (2)

Da mesma forma, você pode utilizar o Lead Tracking para gerar uma segmentação qualificada: é só selecionar os Leads que chegam até conteúdos de fundo de funil, importá-los para o Facebook e criar uma audiência similar, aumentando suas chances de gerar mais Leads qualificados.

5. Aplicações com foco em Leads: como gerar Leads usando aplicativos

Recentemente, a Agência Mestre teve duas experiências com aplicações para geração de Leads: o Quiz do SEO e o Termômetro da Felicidade.

O Quiz do SEO é um material lançado em parceria com a Resultados Digitais. Através de um pequeno teste de perguntas e respostas, ele classifica o usuário conforme seu conhecimento em Search Engine Optimization.

O objetivo desse tipo de aplicativo é estimular a audiência a responder, já que fornece uma resposta do desempenho do usuário. Isso mexe com o ego, instigando as pessoas a interagirem com a aplicação, o que gera Leads para a empresa. No caso do Quiz do SEO, foram mais de 3,5 mil Leads gerados:

dicas avancadas para gerar trafego (6)

 

Já o Termômetro da Felicidade foi uma parceria com o Instituto Brasileiro de Coaching, cliente da Agência Mestre. Eles criaram um teste com perguntas que indicavam o nível de felicidade do usuário.

Além da curiosidade de saber seu resultado, o termômetro promoveu uma gameficação, já que a pessoa poderia compartilhar seu resultado nas redes sociais e ver o de seus amigos, estimulando a viralização.

Em 1 semana, foram mais de 3 mil Leads gerados e, atualmente, a conversão passou de 13 mil Leads:

dicas avancadas para gerar trafego (1)

E que tipo de resultado se pode gerar a partir disso?

Você pode, por exemplo, usar o perfil dos Leads que completaram os testes para criar anúncios para audiências similares, gerando ainda mais gente engajada. Então, que tal aplicar esse modelo de aplicativo em seu negócio?

6. 5 Táticas “fora da caixa” para o Black Friday: formas de turbinar as vendas nesta data especial

O Black Friday é uma grande oportunidade para gerar negócios. Mas não basta participar com promoções: é preciso criar caminhos alternativos e criativos para gerar mais Leads e vendas. Por isso, Fábio Ricotta selecionou 5 opções para criar campanhas de destaque:

  1. Periscope: Através do Periscope, você pode fazer anúncios ao vivo para seus seguidores e dar dicas e descontos, por exemplo, somente para os usuários do aplicativo.
  2. Snapchat: Você também pode criar o mesmo tipo de segmentação do Periscope com o Snapchat, gerando ofertas exclusivas para seus seguidores, e até lançar cupons de desconto na hora.
  3. WhatsApp: É possível criar um canal exclusivo de vendas pelo WhatsApp. Para não ter problemas, jamais utilize sua linha pessoal: tenha uma exclusivamente para esse fim.
  4. Facebook Ads: Como os anúncios do Facebook já têm sido bem explorados nesse tipo de evento, concentre-se no diferencial: faça anúncios voltados para dispositivos móveis. Apenas tenha certeza de que as páginas de destino são responsivas, para gerar uma boa experiência para o usuário.
  5. Instagram Ads: Também é uma boa pedida para eventos especiais com foco em vendas. Crie anúncios (eles devem ser gerados através da sua página do Facebook) com links para as páginas de destino. Você pode usar vídeos e fotos oferecendo diferentes produtos e segmentá-los por hashtags estratégicas.

Com essas dicas, você tem a opção de fazer a diferença no Black Friday e alavancar o seu negócio.

Agora, a escolha é sua: você pode absorver todas essas táticas e não fazer nada, ou colocar a mão na massa e ver os resultados acontecerem.

Para aprender mais estratégias sobre geração de tráfego e Leads, recomendamos dois materiais:

E, se você não quiser perder o RD Summit 2016, acesse agora o site do evento e garanta sua inscrição.

Veja como foi em 2015.

Marcadores:

Deixe seu comentário