5 dicas para aumentar as matrículas no site de sua Instituição de Ensino


marketing digital para educação

Quando estão em busca de um curso, seja de graduação, pós, aprimoramento, extensão ou livre, os futuros alunos pesquisam sobre as Instituições de Ensino e caem em seus sites. É nesse ambiente que eles esperam ter acesso a todas as informações importantes e úteis para decidirem se irão optar pelo que aquela IE oferece ou não.

Mas, depois de visitarem o site da instituição e gostarem das opções oferecidas, como esses alunos chegam até a matrícula? É nesse ponto que entra a conversão e a forma como ela é feita.

A conversão, que é a ação de transformar o visitante do site da sua IE em uma oportunidade de aluno, pode ser de duas formas:

  • Direta: quando esse possível aluno já vai direto à área de oferta de um curso, por exemplo;
  • Indireta: quando ele fornece algumas informações (nome e email) em troca de algum material gratuito que sua instituição tenha disponibilizado, como um teste vocacional.

Na conversão indireta, o trabalho de tornar esse visitante em aluno provavelmente passará por todas as etapas da jornada de compra, pois ele ainda não está preparado para realizar sua inscrição em um processo seletivo ou comprar um curso, então você o nutrirá com conteúdos e informações pertinentes até ele se tornar uma oportunidade de aluno.

Entretanto, para realizar qualquer conversão, é fundamental pensar em um formato para que ela aconteça, por isso a importância de páginas de conversão: as Landing Pages. Essas páginas serão a ponte entre o que um possível aluno quer e a efetivação de uma matrícula em sua Instituição de Ensino. Sendo assim, alguns cuidados e etratégias na formulação das Landing Pages voltadas ao público de educação são fundamentais e devem ser tomadas já no período de planejamento de gestão e marketing.

1 – Escolha um modelo de Landing Page adequado ao perfil da sua IE

A estrutura da sua página de conversão também reflete o perfil da sua Instituição de Ensino e isso faz muita diferença. Por isso, escolha um modelo que seja harmônico com o padrão dos conteúdos que você disponibiliza e com o seu site.

Se sua IE tem um estilo mais conservador, provavelmente seu público já está acostumado com ele, então uma Landing Page muito descontraída pode quebrar um padrão de uma forma não muito positiva. O mesmo se aplica se o seu perfil é mais descontraído e a escolha é por um modelo mais formal.

Faz parte do modelo a opção por usar imagens, vídeos, disponibilizar o conteúdo em tópicos, em um bloco de texto único, com o quadro de formulário no canto direito, no centro, entre outras tantas opções. Encaixe o modelo também ao tipo de oferta que você está fazendo. Uma Landing Page para inscrição em vestibular pode combinar muito bem com um modelo que use vídeo, por exemplo. Assim sua IE usa esse espaço para apresentar a instituição, o curso ou histórias de sucesso de alunos.

2 – Divulgue as informações de forma objetiva e atrativa

Quem está procurando um curso ou pensando em se inscrever para um vestibular não quer ficar perdido com informações irrelevantes. Pesquisar pode ser bem cansativo, então quando ele encontra algo que o interessa e as informações sobre isso não são claras ou atrativas o suficiente, é uma frustração que pode repelir um possível aluno da sua instituição.

Comece pelo título e subtítulo, que geralmente são os elementos mais vistos de uma página de conversão. Evite textos genéricos, extensos e confusos e deixe bem clara a proposta da sua oferta. Assim, quando um possível aluno chegar à sua Landing Page, ele já será atraído a ler até o final o que aquela conversão pode lhe proporcionar.

Em relação à descrição do que você está oferecendo, evite vender de forma exagerada sua instituição. Forneça as informações reais de forma persuasiva e direta e deixe que o aluno decida pelo convencimento e não desista pelo exagero do que lhe foi apresentado. Usar sentenças curtas, dar preferência aos algarismo ao invés de escrever o número por extenso, destacar trechos importantes e usar a voz ativa e os verbos de ação são algumas dicas que podem ajudar na elaboração das ofertas das Landing Pages da sua IE.

Tome cuidado com a linguagem escolhida. Em um curso de especialização em química alguns jargões específicos da área podem fazer sentido, mas em uma candidatura a um vestibular para a graduação essa linguagem pode confundir. Entenda muito bem a quem você está direcionando aquela página e tente aproximar o linguajar ao do seu público sem deixar o estilo da sua instituição escapar.

Os formulários das Landing Pages também precisam de atenção, pois é por meio deles que o visitante deixará algumas informações pessoais em troca do que você está oferecendo. Entretanto, a quantidade e o tipo de informações pedidas influenciam diretamente a taxa de conversão ou o abandono da sua página. Perguntas em excesso ou elaboradas de forma confusa deverão cansar seu visitante. Já perguntas rasas ou em quantidade irrelevante não ajudarão na hora de qualificar esses visitantes. Para ajudar a ter ideias nesse ponto, confira o post sobre quais informações pedir em um formulário de conversão.

3 – Dê atenção ao uso de cores e imagens

A escolha da cor de uma Landing Page não é tão simples quanto parece. A paleta de cores da sua instituição pode não ser a escolha mais eficaz para o que você está ofertando, então é preciso se dedicar a fazer a opção certa. As cores têm o poder de produzir reações em nosso cérebro e influenciar nossas escolhas e ações, tanto que existem estudos sobre a influência emocional que as cores têm em nosso comportamento.

Para escolher a cor adequada para sua Landing Page, teste várias opções. Pesquise sobre o que cada uma delas pode oferecer e tente aplicar segundo o perfil dos alunos que você quer alcançar. Não há cor e padrão certos, então descubra o que funciona melhor para o seu público. Use o bom senso e atente-se também ao contraste e à legibilidade. Usando esses conceitos e elementos suas escolhas terão base no que será mais eficaz e funcional para seus futuros alunos.

E para completar o visual, usar uma imagem em uma página pode torná-la muito mais atrativa, contanto que ela tenha relação com a oferta que sua IE está apresentando. Usar a foto de alunos reais pode causar mais impacto do que a escolha modelos com um perfil muito diferente do perfil de seu público. Crie a identificação com seus futuros alunos com esse artifício. Sua página também pode ser ilustrada com imagens dos cursos, da sua instituição ou com infográficos que apresentem dados interessantes para seus futuros alunos. Mas lembre-se de que exageros são ruins e o foco da sua página deve ser a conversão, então não camufle seu botão de conversão com excessos.

4 – Explore o potencial transformador da educação

História dos alunos, exemplos e animações com o trajeto que sua instituição oferece para o sucesso dos estudantes podem fazer a diferença na hora da conversão para uma matrícula. Em uma Landing Page, seu futuro aluno vai preencher alguns dados pessoais (nome, email e telefone) em direção à tomada de decisão em fazer parte de sua IE. Mostrar a ele como essa decisão transformou a vida e a carreira de outras pessoas é uma estratégia extremamente positiva.

Se sua instituição é nova e ainda não tem cases para usar, entenda como seus cursos podem transformar a vida de seus futuros alunos. Com base nisso, use animações de como sua IE e seus alunos podem construir um futuro melhor juntos, por exemplo.

Dependendo do modelo de Landing Page que sua instituição escolher, é possível usar vídeos para mostrar a história de seus alunos ou usar depoimentos curtos, mas bem positivos, em formato de texto e organizar em uma sessão visível da página de conversão. Esse tipo de conteúdo é uma forma de explorar o que sua IE já tem para atrair mais alunos e também afirmar a imagem de sua instituição, por isso preze pela qualidade e veracidade dessas informações.

5 – Disponibilize a Landing Page em lugares estratégicos

Onde seu futuro aluno vai encontrar a página de conversão para poder se inscrever em um dos cursos de sua instituição? Essa distribuição estratégica das Landing Pages facilita a conversão do aluno, já que ele não vai precisar entrar em diferentes páginas do seu site para encontrar essa opção. Distribua suas ofertas com Landing Pages por cursos, áreas do site apenas para vestibular e matrícula ou na própria home.

Se sua IE investe na produção de conteúdos gratuitos, as Landing Pages de acessos a eles estarão ligadas a essa sessão, que será para alunos que possivelmente ainda não estão no processo final de matrícula ou inscrição para um vestibular, por exemplo, mas que já começaram a trilhar esse caminho.

Bônus: Alguns modelos de Landing Pages de Instituições de Ensino

1) EAD Laureate

landing page instituição de ensino ead Laureate

2) Centro Universitário do Norte – UniNorte

landing page instituição de ensino engenharia quimica

3) Sou Genius – Soluções em Aprendizagem

Landing Page - Instituição de Ensino - Genius

Além das dicas acima, no eBook “Landing Pages na Prática” você pode conferir 10 exemplos comentados de Landing Pages que possuem um grande potencial de conversão. Use essas ideias para se inspirar, aplicar e aumentar as matrículas no site de sua Instituição!

Aproveite também para saber em detalhes como o Inbound Marketing pode potencializar o processo seletivo da sua Instituição de Ensino.

E se quiser se aprofundar ainda mais, baixe gratuitamente nosso eBook “Planejamento de gestão e marketing para Instituições de Ensino” e entenda melhor como planejar as ações necessárias para encarar o novo cenário do mercado de educação, fortalecer a imagem de sua escola e superar a evasão.

Saiba mais:

Organize a gestão e o marketing da sua Instituição de Ensino

Software de Marketing Digital - RD Station


Categorias: Páginas de Conversão (Landing Pages)