Blog de Marketing de Resultados

9 dicas para gerar mais tráfego com o Twitter

Como aumentar os resultados em uma mídia social que permite tão poucos caracteres? Confira já nossas dicas!

Sua empresa já possui uma conta ativa no Twitter? Se sim e se o objetivo do Twitter de sua empresa for a geração de tráfego, estaremos falando a mesma língua nesse post.

O Twitter, se usado de forma inteligente, pode ser uma fonte de tráfego bastante interessante para seu site ou blog. A rede, que possui 288 milhões de usuários ativos por mês é caracterizada por frases curtas, objetivas e diretas.

Com tão pouco espaço para gerar conteúdo, como aproveitar da melhor forma o Twitter? Como aumentar os resultados com uma mídia social que permite tão poucos caracteres?

Se você já utiliza o Twitter, deve ter percebido que há várias possibilidades de cliques em cada tweet. Os usuários podem clicar em:

  • Nome do usuário
  • Nome do usuário mencionado em um tweet – @
  • Hashtag – #
  • Link
  • Botão de retweet
  • Botão de curtir
  • Botão de responder
  • Mídia (foto, vídeo, etc)
  • Data do tweet (para exibir mais detalhes)
  • Opção “mais”

tweet resdigitais

Como você pode notar, são muitas opções de cliques. Isso pode gerar uma certa distração por parte dos usuários, e é por esse motivo que estamos explorando esse post.

A intenção maior é aumentar o CTR dos links nos tweets e não dos cliques em qualquer opção. Otimizando essa taxa, há a possibilidade de aumentar o tráfego de seu site vindo do Twitter.

Abaixo, vamos mostrar 9 técnicas que você pode usar para melhorar essa taxa.

1 – Crie headlines que evoquem ação ou emoção

Invista um tempo criando títulos. É um dos fatores mais importantes para definir se os seus usuários irão ou não sentir a curiosidade ou necessidade do clique.

Se o título não chamar a atenção da pessoa, não haverá clique. Pode parecer um tanto óbvio, mas o fato é que quando falamos em investir tempo na criação de headlines que realmente engajam, estamos falando de fazer brainstorms e de criar dezenas de títulos alternativos antes de definir qual é o melhor.

O Upworthy.com chega a criar 25 headlines para cada conteúdo criado. E, segundo estudos próprios, conseguiu registrar uma diferença de tráfego de até 500% entre uma “headline boa” e uma “headline ruim”.

Aqui na Resultados Digitais, costumamos também experimentar uma dezena de títulos antes de publicar os posts. Para fazer isso, utilizamos algumas técnicas que estão descritas no post “Como escrever títulos de posts que atraem cliques e conquistam visitantes”.

2 – Coloque call-to-actions nos tweets

Há várias formas de tweets e nem todos possuem o objetivo de serem clicados, como é o caso de coberturas de evento em real time, só para citar um exemplo rápido.

Mas se o foco do uso do Twitter de sua empresa for a geração de tráfego, crie um estímulo para os usuários serem direcionados a seu site.

A maneira mais simples é colocando call-to-actions nos tweets. Use palavras que chamem para ação, como: clique aqui, confira em, veja em, saiba mais, inscreva-se já, etc.

3 – Inclua imagens coloridas no tweet

Não é mais uma novidade que o conteúdo visual faz toda a diferença em engajamento social. Imagens são mais do que necessárias para garantir um bom CTR de seus links no Twitter.

Segundo a Xerox, as cores aumentam em até 80% a vontade de os usuários começarem uma leitura. Ou seja, é um combustível extra importante para instigar os leitores a clicarem em seus links.

E quais imagens usar? Uma alternativa rápida e fácil é usar justamente as imagens de destaque do post ou da página. Como você provavelmente já utilizou e investiu um tempo escolhendo a melhor imagem para a página, adicione essa imagem no tweet junto com o link.

tweet resdigitais facebook marketing digital

4 – Configure os Twitter Cards

Twitter Cards são cartões que carregam informações extras sobre um determinado tweet e que são mostradas para o público na própria rede, sem a necessidade de o usuário sair do Twitter para descobrir o que realmente há nesse link.

Esses cartões podem ser facilmente configurados e são importantes em dois casos. Primeiro, caso você opte por utilizar apenas textos nas chamadas para os links, sem as imagens. Segundo, para otimizar o CTR de tweets de terceiros. Ou seja, quando um seguidor de sua empresa tweetar um link de seu site ou blog, esses cartões serão úteis para dar informações extras e chamar mais a atenção dos usuários.

Saiba tudo sobre o recurso, incluindo configuração e diferentes tipos de cards no post “Twitter Cards: como usar os cartões para ir além dos 140 caracteres”.

5 – Inclua até 2 hashtags

Incluir hashtags ao longo do tweet pode aumentar o CTR dos links por, basicamente, dois motivos. O primeiro porque as pessoas podem usar a busca do Twitter para procurar pelas hashtags e não exatamente pelos termos. E o segundo porque as pessoas podem clicar em hashtags para se aprofundar sobre determinado assunto e encontrar seu tweet.

Segundo o blog do Twitter, hashtags podem aumentar o engajamento em 100% para perfis pessoas e 50% para perfis de empresas.

Mas tome cuidado! Utilize no máximo 2 hashtags. Tweets poluídos passam uma péssima impressão e confundem o usuário na hora do clique.

Uma sugestão para conseguir colocar hashtags e ao mesmo tempo trabalhar em uma boa mensagem é usá-las na própria headline.

6 – Defina horários para postagens

Pode ser difícil definir um horário certo. Isso depende muito de seu negócio e do comportamento de seus seguidores.

Antes de definir esses horários, faça alguns testes para entender como seus seguidores se comportam na rede. As ferramentas Followerwonk e Tweriod são duas saídas interessantes para serem usadas e para você obter bons insights sobre o comportamento de seus seguidores.

Há alguns consensos e algumas pesquisas gerais sobre os melhores horários para tweetar. Segundo o blog da Buffer, tweets postados entre 2h e 4h da madrugada possuem os melhores CTR’s, em média. O que não significa que tenha mais cliques, e sim uma taxa melhor em virtude da menor concorrência.

Os melhores horários para postar, segundo levantamento feito pela Resultados Digitais, é entre 12h e 18h, de segunda à quinta-feira.

7 – Faça menções a outros perfis

Se você compartilha conteúdo de outra pessoa, mencione-a. Se você convidou um outro autor para postar em seu blog, mencione-o quando o link for promovido no Twitter. Se você está fazendo co-marketing com uma empresa parceira, mencione-a.

É uma forma de mostrar agradecimento e reconhecimento. Além do mais, é um estímulo para que ela faça um RT para seus seguidores e que você ganhe mais cliques em seus links.

tweet resultados digitais e soap

8 – Crie tweets entre 120 e 130 caracteres

O Twitter tem um limite de 140 caracteres de postagem. Porém, o ideal é usar um pouco menos.

Segundo um estudo feito pelo especialista em social media, Dan Zarrella, tweets que possuem entre 120 e 130 caracteres possuem um índice maior de CTR.

Mais do que nunca, é preciso ser econômico e falar o máximo com o menor número de palavras possível.

9 – Poste com moderação

Não crie muitos tweets em um espaço curto de tempo. Dê uma folga entre um tweet e outro para que sua timeline não fique overloaded.

No mesmo estudo supracitado, Dan Zarrella identificou que o CTR diminui ao passo que mais links são postados por hora.

O ideal, se seu objetivo for gerar tráfego por meio do Twitter, é postar na rede no máximo uma vez a cada hora.

Como medir o tráfego vindo do Twitter?

Seguindo as dicas acima, as chances de os seus tweets levarem mais visitantes para seu site crescerão. Porém, é preciso comprovar essa tese.

Para mensurar quantos visitantes estão acessando seu site por meio do Twitter, há três formas recomendadas:

  • Google Analytics: Com o Google Analytics, basta ir na aba “Aquisição” e escolher o caminho “Social” para companhar quantas visitas seu site recebeu em todas as redes sociais, incluindo o Twitter.
  • Twitter Analytics: A ferramenta de análise nativa do Twitter mostra alguns insights específicos para cada tweet. É possível você identificar dados como impressões, curtidas, retweets, cliques no link e outras estatísticas.
  • RD Station: Com a funcionalidade de análise do RD Station, nossa plataforma de Marketing Digital, é possível também identificar o tráfego oriundo não só do Twitter como de outras fontes. O diferencial é poder acompanhar quantos Leads e quantos Clientes foram gerados a partir de cada fonte de tráfego.

Por fim, vale lembrar que é possível também você aumentar o tráfego do Twitter de forma indireta. Sobre isso, falamos no post “Como aumentar o tráfego do Twitter sem twittar”.

Para feedbacks, dúvidas e opiniões, comente abaixo. Se você ou sua empresa atingiu resultados ao utilizar as dicas acima ou se utiliza outra tática para gerar tráfego oriundo do Twitter, sinta-se à vontade para compartilhar conosco suas experiências!

Marcadores:

Deixe seu comentário