Blog de Marketing Digital de Resultados

7 erros em Email Marketing que podem estar diminuindo o engajamento de suas campanhas

Confira 7 erros comuns em campanhas de Email Marketing que podem estar prejudicando seus resultados (e saiba como corrigi-los).

O Email Marketing é uma ferramenta essencial para desenvolver as estratégias de Inbound Marketing.

Um dos benefícios é o alcance: um email é a coisa mais simples e fundamental que alguém pode ter na internet e as pessoas já têm a ferramenta totalmente incorporada às suas vidas.

Não são poucas as pessoas que vão além e são até compulsivas com seu uso, passando o tempo todo com a caixa de email aberta e conferindo cada nova mensagem que chega. Isso é extremamente comum, principalmente em ambientes corporativos.

Somado a isso, o fato de quase todo mundo ter um smartphone faz o email ganhar ainda mais força. Além disso, os emails são uma forma de contato mais direta e profunda. Em redes como o Twitter e o Facebook, por exemplo, fala-se para todos e as diversas conversas se perdem umas entre as outras.

No email você consegue uma atenção exclusiva, diferentemente do que acontece nas redes sociais onde o volume de informações paralelas – e consequentemente a distração – é muito maior.

Além desses fatores, o email é uma ferramenta que permite análises assertivas e testes conclusivos.

Através da análise das taxas de abertura, resposta, CTR e conversão dos seus emails, é possível identificar a “saúde” das suas campanhas.

É no acompanhamento dessas taxas que você vai identificar se algo não está funcionando. Um desempenho ruim nessas taxas significa, no fim, um problema: menos oportunidades sendo geradas para o seu negócio.

Pensando nisso, reunimos 7 erros comuns que prejudicam as taxas de engajamento da sua base com seus emails.

1 – Não definir um remetente

Quem será o remetente dos emails em suas campanhas? Estudos nas taxas de abertura dos emails mostram que confiar no remetente é um importante fator que irá decidir se um email é aberto ou não.

Defina um remetente, se irá ser em nome da sua empresa, serviço ou de algum evangelizador e evite muitas alterações. A consistência e familiaridade com o nome da sua marca ajuda a transmitir confiança para que seus emails sejam abertos futuramente.

erros em Email Marketing que podem estar diminuindo o engajamento de suas campanhas (3)

PS: Sim, o André Siqueira recebe (e responde) as mensagens recebidas das campanhas de email.

2 – Trabalhar o assunto do seu email no último momento

Como você trabalha hoje o copy no assunto dos seus emails? Você investiu tanto tempo para desenvolver uma campanha para, no último momento, criar o assunto do seu email? Não deixe para pensar em um dos principais influenciadores da taxa de abertura no último minuto.

Reserve alguns minutos para pensar em uma lista de assuntos. Junte os 3 que você achou mais interessante e peça a opinião de uma terceira pessoa. Certifique-se de que o assunto dos seus emails sejam claros, que minimizem os esforços para que sua base entenda a oferta, desperte curiosidade e faça com que ela se interesse pelo assunto para que abra seu email.

3 – Usar “nao-responda” no endereço de email

Evite enviar emails com naoresponda@seudominio.com. Você estará fechando o canal de comunicação com sua base e pode ser frustante para eles caso precisem entrar em contato com você.

A maneira como a sua base interage com seus emails – incluindo respostas – ajuda a determinar se seu email será entregue na inbox ou não.

erros em Email Marketing que podem estar diminuindo o engajamento de suas campanhas (1)

4 – Não definir um objetivo

Mantenha seu conteúdo enxuto. O conteúdo do seu email deve ter como objetivo levar o usuário a converter ou comprar algo em uma Landing Page. Por isso seja sucinto, não deixe o conteúdo pesado para leitura. Entregue o valor para o usuário em poucos paragráfos.

Certifique-se de ter um objetivo claro ao enviar o email, trabalhando conteúdo em torno desse objetivo. Se o objetivo principal do seu email for conversão em um material, evite links para sites externos.

5 – Abusar do Hard Sell

Conheça o comportamento da sua base primeiro para definir que tipo de abordagem de vendas mais funciona com ela.

Quando você estiver criando suas campanhas, lembre-se de não forçar uma venda, pois isso irá prejudicar o desempenho dos seus emails.

6 – Usar “qualquer” imagem

Evite usar fotografias com baixa qualidade ou fora de contexto – e a depender do seu caso, não use imagens! As pessoas querem fazer negócios com empresas de verdade, por isso evite aquelas imagens com cenários e encenações que não são reais.

Se for preciso, disponibilize um tempo extra na escolha da imagem ideal. As vantagens do apelo visual são igualmente proporcionais aos malefícios de uma má escolha.

Leia mais em: 7 tipos de imagens que você deve evitar usar em seu blog ou site.

7- Não manter um padrão

Talvez você sinta a necessidade de mudar os templates das suas campanhas de email futuramente. É importante que essas mudanças sejam registradas para você acompanhar o resultado de cada alteração e conseguir replicar o que der certo depois. Faça microexperimentos nos seus emails, alterando uma variável por vez.

Mantenha a identidade dos seus emails quando você se sentir satisfeito com os resultados. Uma maneira de evitar que seus emails sejam deletados é desenvolvendo uma identidade visual onde as pessoas possam reconhecer seus emails de imediato.

Fechamento

O email continua a ser um dos principais canais de aquisição de novos usuários e de retenção da base de Leads, mantendo-os engajados com seu conteúdo. É necessário tempo e paciência para construir uma boa campanha. Espero que esse post tenha ajudado você a ter novas ideias sobre como aprimorar suas campanhas de email.

Se você quiser se aprofundar sobre o tema, sugerimos a leitura do eBook O Guia Prático do Email Marketing. Além disso, quais erros você já cometeu ou acha que está faltando nessa lista? Utilize os comentários abaixo para compartilhar com a gente!

Marcadores:

Deixe seu comentário