Blog de Marketing Digital de Resultados

Como pagar menos em campanhas de Facebook Ads: 7 dicas certeiras

Quanto custa anunciar no Facebook Ads? Depende, mas a verdade é que sempre é possível pagar menos, basta otimizar os anúncios. Saiba como nessas 7 dicas!

Esse post é um trecho do eBook “25 otimizações provadas com Facebook Ads que vão aumentar suas conversões”, um guia avançado para você saber não só como anunciar no Facebook, mas também como otimizar as campanhas já existentes. Para ler o material completo, acesse este link.

Quanto custa anunciar no Facebook? Essa é uma pergunta bastante comum que roda entre profissionais de Marketing Digital.

Apesar da popularidade do questionamento, não existe resposta exata. Anunciar no Facebook custa quanto a empresa está disposta a pagar.

Ou seja, há empresas que investem R$ 5,00 e outras que investem R$ 10.000,00 em uma campanha.

O principal ponto quando falamos sobre Facebook Ads – e que iremos explorar nesse post – não é quanto investir em uma campanha, mas como otimizar essas campanhas para obter o maior retorno sobre o investimento.

Por isso, preparamos 7 dicas referentes a orçamento e leilão no Facebook Ads. Confira:

1 – Utilize investimento diário na maioria dos casos

Há duas maneiras de utilizar o orçamento destinado a cada campanha:

Orçamento vitalício

Nesta modalidade, você define um orçamento para toda a campanha e permite que o algoritmo do Facebook defina os melhores dias e horários para entregar seus anúncios. Acontece que, para obter um bom aprendizado e otimizar sua campanha, são necessários no mínimo 7 dias. Os valores de consumo ficam variando até o término da campanha, o que faz variar também os resultados.

Orçamento diário

Nesta modalidade, você define um valor máximo a ser utilizado por dia. É a forma mais eficiente de controlar os gastos e ao mesmo tempo forçar a plataforma de anúncios a entregar o consumo proposto. Se houver necessidade de entregar mais rápido os resultados, você ainda poderá aumentar o investimento diário.

Qual a melhor forma?

Com base nisso, após diversos testes medindo o ROI de cada campanha, concluímos que o orçamento diário é a melhor opção na maioria das campanhas que fazemos, pois temos mais controle sobre a entregabilidade dos anúncios.

CTA otimizacao de facebook ads

2 – Comece sempre com CPM automático (oCPM)

Além do orçamento, existe também a forma como é cobrada a veiculação dos anúncios no Facebook. As opções principais são:

CPM

CPM não é aquela banda de rock :). Significa “Custo Por Mil impressões”, ou seja, sua empresa será cobrada a cada mil vezes que o anúncio é exibido.

Neste formato, se você definir um lance manual maior do que o apresentado na ferramenta, o Facebook priorizará a entrega dos anúncios no Feed de Notícias.

CPC

CPC significa “Custo Por Clique”, ou seja, você será cobrado apenas se o usuário clicar no anúncio. Esse formato costuma ser a melhor opção se você desejar pagar somente quando uma pessoa de fato clicar no anúncio e for direcionada para seu site.

O CPC é uma boa opção quando seus anúncios estão configurados para aparecer na lateral direita do Facebook. Nesse local, os anúncios se atualizam de tempos em tempos, ou seja, são exibidos com maior frequência, prejudicando seu orçamento caso você esteja pagando por CPM.

oCPM (CPM otimizado/automático)

O oCPM (CPM otimizado) é o modelo de compra por leilão automático em que o Facebook otimiza sua campanha para ser exibida a quem tem maior probabilidade de clicar e converter. Esse modelo costuma ser mais efetivo e trazer mais conversões do que o lance manual de CPM ou CPC.

Como seu anúncio vai iniciar “do zero”, sem histórico de performance, utilizar o oCPM ajuda o algoritmo do Facebook Ads a definir o público que tende a ter mais afinidade com o anúncio. Caso você ache necessário, depois de um tempo também poderá alterar o modelo de compra e o lance manualmente.

3 – Se a sua audiência for muito pequena, use o leilão por CPM

Após selecionar o público-alvo, caso você observe que ele contém menos de 100 mil pessoas, o modelo de CPM tende a funcionar melhor.

Nesse caso, por ser um público mais segmentado, o algoritmo de entrega de anúncios via oCPM não é o ideal, pois o Facebook irá levar mais tempo para fazer qualquer otimização.

4 – Use CPM para retargeting

No caso do retargeting, como você irá partir de um público pré-qualificado, ou seja, pessoas que já passaram pelo seu site e tiveram contato com sua empresa, não precisará que o algoritmo do Facebook otimize a entrega dos anúncios para as pessoas que tendem a clicar e/ou converter.

Nesse caso, o CPM funcionará melhor.

5 – Comece com um orçamento pequeno antes de “pisar no acelerador”

Evite começar uma campanha utilizando todo o seu orçamento. Pelo contrário, comece investindo pouco para poder medir os resultados e, caso esteja com boa performance, aumente o investimento.

O que praticamos aqui é que, caso a campanha não esteja dando bons resultados após gastar R$100,00, provavelmente é hora de pausar e tentar uma nova campanha ou uma nova abordagem.

Uma vez encontrado um formato com melhor performance, aumente gradativamente o seu orçamento para entregar mais anúncios.

6 – Comece com uma segmentação ampla e, em seguida, a reduza com base nos dados

Quando você vai definir uma segmentação no Facebook Ads é possível selecionar diversos dados, como idade, gênero, localização, colocações, interesses dentre outros.

Comece definindo diversas opções para essas variáveis para aumentar sua segmentação e, quando o anúncio estiver sendo veiculado, veja no relatório dividido por detalhamento qual variável teve melhor performance e edite seus anúncios com base nesses dados.

campanhas facebook ads otimizar (2)

7 – Não está atingindo bons resultados com oCPM? Ajuste o lance para o máximo do CPA

Como dito anteriormente, o oCPM é ideal para a maioria das campanhas. Caso você não esteja contente com o resultado, mude a forma de pagamento para CPA (Custo Por Aquisição) e coloque um valor 20% maior do que você espera pagar por conversão. Isso aumentará a entrega do anúncio.

Apenas fique de olho no orçamento da sua campanha para ver se não está gastando mais do que sua estimativa de Custo Por Aquisição (CPA).

campanhas facebook ads otimizar (1)

No caso da imagem, foi inserido um valor de lance manual maior do que o sugerido pela ferramenta, assim o anúncio terá prioridades na entrega.

Gostou do assunto? Quer saber mais sobre Facebook Ads? Então baixe agora o eBook “25 otimizações provadas com Facebook Ads que vão aumentar suas conversões”, onde além dessas dicas há também insights sobre posicionamento do anúncio, criativos (banners, imagens e peças) e segmentação e público-alvo.

Marcadores:

Deixe seu comentário