Blog de Marketing Digital de Resultados

Gmail lança abas na Inbox: como isso afeta o Email Marketing?

Quando a gente se acostuma com as regras, lá vem o Google e muda tudo de novo! Desta vez, a mudança que está fazendo muitos empresários e profissionais de marketing ficarem de cabelo em pé foi no Gmail.

Há algumas semanas o serviço de email passou a exibir abas organizadoras, dividindo a Inbox em: Principal, Social, Promoções, Atualizações e Fórum. A principal implicação disso é que as campanhas de Email Marketing enviadas por empresas estão sendo direcionadas para as abas automaticamente (normalmente a de promoções), em vez de exibidas na página principal.

Saiba o que muda para empresas e usuários, o impacto dessa mudança e como contorná-la para não ver sua taxa de abertura de cliques despencar.

O que mudou

Acredito que essa situação já tenha acontecido com você alguma vez:

– … enviamos essas informações por email ontem à tarde.

– Estranho, não recebi esse email!

– Olha, deve ter caído na caixa de SPAM.

Esse diálogo que continua sendo tão comum, principalmente para empresas que atuam no mercado B2B, agora tem um desfecho ainda mais complicado. Isso porque, mesmo que as empresas tomem todas as precauções para garantir que suas mensagens não sejam barradas em filtros de email (seja enviando mensagens apenas para usuários opt-in ou tomando outras medidas técnicas recomendadas), elas podem ter destino similar ao serem direcionadas para algumas das novas abas lançadas pelo Gmail.

O impacto

Toda essa mudança ainda é muito recente e é difícil já ter uma visão muito clara daquilo que vai acontecer.

E o simples fato dos emails de sua empresa caírem em uma aba secundária da Inbox pode acontecer não só com Newsletters, mas também com  emails transacionais, como relatórios, notificações de mudanças de senha e mensagens de advertência.

Ou seja, a comunicação com seus clientes e Leads pode ficar bem complicada, uma vez que o Gmail é o serviço de email mais utilizado no mundo. E isso sem que esses clientes e Leads sequer conheçam ou consintam essa mudança. Quer dizer, mesmo quem tem interesse em receber informações via Email Marketing pode não saber que isso está acontecendo.

Como falamos no post Desmistificando o Email Marketing, essa continua sendo uma forma eficiente de intensificar e nutrir o relacionamento com os clientes. Já são 450 milhões de pessoas utilizando o Gmail em todo o mundo. Destas, 5 milhões são usuários corporativos. Então, mesmo se sua empresa vende para pequenas empresas, startups, empreendedores, freelancers, governos e até escolas, a probabilidade de seu público utilizar o serviço ainda é grande.

Como contornar

E, então, o que fazer para diminuir esse impacto e garantir que a mensagem seja vista?

Assim como não é possível determinar o impacto das mudanças com precisão, também sabemos que as formas de lidar com isso podem mudar rapidamente e com o tempo e experimentos podem surgir novas práticas. Por enquanto seguem algumas dicas:

  1. Continue sendo relevante, oferecendo conteúdo de valor. É só desta forma – e não falando apenas sobre o umbigo de sua empresa – que você vai garantir o interesse das pessoas no conteúdo. Foque nas necessidades dos clientes sempre.
  2. Torne as mensagens ainda mais pessoais, mesmo que para isso seja necessário alterar o remetente para o seu contato ou do funcionário responsável pela interação com o cliente.
  3. Provoque interações. Email marketing é relacionamento. Sempre que envier uma mensagem, deixa aberta a possibilidade de feedback ou estimule o destinatário a enviar algum tipo de resposta.
  4. Certifique-se de que o cliente ou Lead saiba dessa novidade no Gmail e consiga encontrar sua mensagem. Se você tem uma página específica para o usuário assinar sua lista, pode ser interessante exibir essa informação lá. Assim, ao informar o email para contato em seu site, o usuário vai saber onde procurar pela mensagem que você enviou quando ela chegar.

 

Ensinando o cliente a alterar a configuração

Como mencionei antes, existem algumas formas de reverter a situação. Seja cancelar as abas, marcar como mensagem importante, criar filtro específico ou mudar a mensagem que você enviou para a caixa principal, a alteração é muito simples.

Veja como fazer para ensinar ao cliente:

Opção 1: Cancelar abas

  1. Clicar no símbolo + para acessar as configurações das abas
  2. Escolher as categorias de mensagens que serão exibidas como guias da caixa de entrada. As demais mensagens serão exibidas na guia Principal.
  3. Para retornar à caixa de entrada antiga, é preciso desmarcar todas as categorias.

abas gmail

 

 

Opção 2: Criar filtros para mensagens específicas

Há também a opção de criar filtros com o nome ou domínio de seus remetentes preferidos.

  1. Vá em Configurações.
  2. Depois, clique em Filtros.
  3. Digite o domínio ou nome do remetente que deseja filtrar.
  4. Clique em Criar filtro com essa pesquisa.tela Gmail filtro
  5. Defina o que o filtro deve fazer. Opções interessantes são “marcar como estrela”(será identificada como mensagem importante e aparecerá na caixa Principal) ou criar um marcador específico para ela como ‘Newsletter da RD”.tela marcador gmail
  6. Pronto, a partir do momento que começarem a chegar, essas mensagens serão  exibidas na caixa indicada.

 

Opção 3: Mover mensagens de um mesmo remetente para outra aba

Essa também é bem simples de fazer: basta clicar e arrastar a mensagem para passar a recebê-la em outra pasta.

tela gmail arrastar

Note que isso não vai fazer com que as mensagens anteriores sejam deslocadas, mas apenas configurar para que as próximas sejam remetidas para a aba indicada.

Como será daqui pra frente?

Não é fácil fazer com que as pessoas efetivamente realizem essas mudanças, mas por enquanto são elas que vão ajudar a tornar a comunicação mais eficiente.

E não é demais falar mais uma vez: as pessoas só farão isso se realmente virem valor e sentirem vontade de receber seu conteúdo. E, se sua empresa já estiver fazendo isso, há uma esperança ainda que seus clientes não tenham feito nenhuma das alterações indicadas acima.

A lógica é: uma vez que o usuário clique na aba de Promoções, por exemplo, é porque ele estará justamente procurando por aquele tipo de conteúdo, então, sua receptividade será muito maior a uma oferta. E mais: o número de mensagens disputando sua atenção na mesma tela será muito menor.

PS: Como você gosta do nosso conteúdo, temos certeza de que vai logo configurar seu Gmail pra receber nossas newsletters na caixa Principal. ;-)

Marcadores:

Deixe seu comentário