Blog de Marketing Digital de Resultados

Integração de novos colaboradores: os primeiros passos para uma trajetória de sucesso

Você sabia que 75% dos colaboradores satisfeitos com o onboarding são leais à empresa? Por isso, integrar novos colaboradores à cultura da empresa é muito importante. Veja o que fazer para aumentar a satisfação e a eficiência do seu time.

Os novos colaboradores da sua empresa caem de paraquedas nas funções e responsabilidades do dia a dia? Sua empresa está crescendo e você questiona como manter a cultura e garantir o alinhamento de informações? Essas são algumas perguntas que nos fizemos na Resultados Digitais.

Nosso time está crescendo em um ritmo acelerado: em agosto de 2015, éramos 198; hoje, já somos 335. Procuramos incansavelmente por pessoas talentosas e freaks por aprendizado para compor nosso time, e valorizamos a busca por conhecimento de forma autodidata (não é à toa que nos autodenominamos RDoers). Por essa razão, trocamos muitos aprendizados em conversas individuais. Porém, até então, tínhamos pouca estrutura formal de aprendizado.

E o que isso tem a ver com integração de novos colaboradores?

Dar liberdade para seus colaboradores adquirirem as skills necessárias para suas funções de forma autônoma é importante. No entanto, percebemos que a falta de estrutura de integração e treinamento (também conhecido por onboarding) de novos colaboradores poderia impactar nossa eficiência operacional e, principalmente, a satisfação dos RDoers e manutenção da nossa cultura.

Essa é uma dor de muitas empresas e até tem nome: team debt. Team debt (“dívida de time”) é o conceito de que, quando colaboradores não são propriamente treinados, integrados, ou gerenciados, eles performam em níveis menores de eficiência, acumulando a dívida. Cada novo integrante do seu time que não recebe o treinamento necessário aumenta essa bola de neve.

Além do impacto na produtividade, a falta de uma estrutura de onboarding também impacta na satisfação do colaborador com a sua empresa. Em pesquisa divulgada pela Onboardia, 75% dos colaboradores satisfeitos com a experiência de onboarding afirmam que são leais à empresa. A chance de perder um talento insatisfeito é grande, e isso pode custar caro pra você e sua empresa.

Como fazemos na RD

Se o team debt  não é identificado a tempo, pode ser necessário desacelerar o crescimento da sua empresa para resolver os problemas causados. Felizmente, na RD, conseguimos trabalhar em cima dessa questão sem impactar nosso ritmo de crescimento.

No último trimestre de 2015, junto aos training managers de 3 áreas da RD, iniciamos o processo de estruturação do onboarding de novos colaboradores, e tivemos como norte a seguinte pergunta: Qual é o mínimo de conhecimento e atitude que todos os RDoers precisam para iniciar seu trabalho?

Construímos e desconstruímos e chegamos a um escopo de duas semanas de imersão no mundo do Inbound Marketing e no nosso produto, o RD Station, para todos os RDoers. Sim, todos. Colocamos essa estrutura em prática em fevereiro deste ano, e tivemos vários aprendizados ao longo do processo:

1. Defina uma data de admissão mensal

Dessa maneira, você garante que todos os colaboradores sejam devidamente treinados  e recebam as mesmas informações e conteúdos. Além disso, a entrada mensal aumenta a probabilidade de integração entre os novos colaboradores da sua empresa.

Até o final do ano passado, recebíamos uma média de 4 novos talentos por semana. Isso significa que toda semana iniciávamos um novo ciclo de integração e que, no mesmo mês, poderíamos ter até 3 turmas em diferentes estágios de treinamento ao mesmo tempo. Analisamos as possibilidades e verificamos que uma data de admissão mensal era a alternativa mais escalável. Essa decisão exige que sejamos mais ágeis no nosso processo seletivo, para que tenhamos todos os talentos prontos para admissão no ciclo de contratação subsequente. Garantir que isso aconteça é um desafio, mas os benefícios dessa decisão são claros.

2. Mergulhe os novos colaboradores na cultura da sua empresa

Durante o processo seletivo, você já deve investigar o alinhamento de cultura do candidato com a sua empresa, mas o trabalho não acaba por aí. Uma pesquisa realizada com 20 mil novos contratados mostra que, nos primeiros 18 meses, 89% dos casos de insucesso têm relação com questões comportamentais. Por isso, invista tempo em garantir que seus talentos se identifiquem com a sua cultura e solucione os desvios ao longo do caminho. Uma das formas que encontramos para atrair talentos alinhados a nossa cultura foi tornar público nosso Culture Code, um documento que utilizamos como norte para tudo que fazemos na RD.

Fazer parte de um crescimento acelerado como o da RD é motivador, mas também dá aquele frio na barriga: o que pode acontecer com a nossa cultura?

Somos reconhecidos pelo nosso “jeito de ser” e, por isso, fazemos uma dinâmica de 4h sobre cultura (e ninguém dorme!) nos primeiros dias de treinamento. Durante essas 4h, os RDoers debatem, questionam e vivenciam pontos fortes da nossa cultura. Esse evento é considerado pelos novos RDoers como um dos mais importantes para o entendimento do modelo de negócio da RD.

3. Ensine sobre o seu negócio para todos os novos talentos

Se estar alinhado com a sua cultura alavanca o entendimento do colaborador sobre o seu modelo de negócio, imagine o quão rápido ele pode crescer se entender de fato o que sua empresa faz. Garantir que os novos colaboradores conheçam seu negócio aumenta a probabilidade de criação de iniciativas e projetos alinhados ao futuro da sua empresa.

Citando nosso Culture Code: “Nosso time é freak por aprendizado, e está constantemente buscando ser top 1% no mundo em cada coisa que faz”. Por isso, todo RDoer, independentemente da área em que irá trabalhar, assiste aos nossos cursos de Inbound Marketing e RD Station e participa de mais de 5 treinamentos voltados ao nosso business – os temas vão desde funcionalidades do nosso software até como ter um mindset data-driven no dia a dia. Além disso, todos os RDoers são certificados em Inbound Marketing e RD Station. Não é a toa que out-teach é um dos nossos valores.

4. Coloque em prática os novos aprendizados

“If you don’t use it, you lose it”. Hermann Ebbinghaus, pioneiro nos estudos sobre memória, afirma que a retenção de um novo aprendizado pode ser reduzida a 20% após 30 dias. É possível aumentar os níveis de retenção colocando os novos conhecimentos em prática.

Se você trabalha com a Geração Y, sabe que mesclar teoria e prática é o mínimo que se deve fazer para aumentar o engajamento dos colaboradores em treinamentos. Na RD, todos os novos RDoers realizam um projeto utilizando nosso software para testarem seus conhecimentos sobre nossa metodologia e viverem o papel do nosso cliente. Esse projeto é realizado em equipes multifuncionais, e os RDoers podem contar com mentorias para alcançarem as metas atribuídas no início do processo. (O aprendizado nesse projeto é tão intenso que já gerou venda do nosso software!).

5. Fale abertamente sobre a estratégia da sua empresa desde o início

Afinal, os novos colaboradores são ou não são o futuro da sua empresa?

De acordo com a Gallup, apenas 27% dos brasileiros estão engajados com seus trabalhos. Para aumentar o nível de engajamento dos seus colaboradores, você precisa comunicar uma visão clara das ambições e desafios do seu negócio.

Todos os meses os diretores da RD têm um encontro com os novos RDoers para explicar sobre a história e estratégia de cada área. Sem formalidades, os diretores sentam com cada nova turma para entender suas principais dúvidas sobre o passado e futuro da RD. Esse é um dos momentos do onboarding com maior índice de satisfação dos RDoers e tem um impacto real no engajamento inicial com a nossa empresa.

6. Deixe claro o que você espera dos novos talentos…

4% dos novos contratados decidem deixar um emprego após um primeiro dia desastroso. A produtividade do seu novo talento aumenta se você alinha expectativas desde o início e se deixa claro quais devem ser os primeiros passos dele na empresa.

Os novos RDoers têm uma agenda fixa com todas as atividades e conteúdos dos primeiros 15 dias de RD e têm acesso aos critérios de avaliação de testes e do projeto prático que realizam. Além disso, no primeiro dia, o gestor se reúne com o novo talento para conhecê-lo e alinhar expectativas de carreira.

7. … e o que eles ganham com isso!

Um dos princípios da Andragogia, teoria de Malcolm Knowles para educação de adultos, é a necessidade. Ou seja, adultos precisam saber por que é necessário aprender determinado conteúdo e, principalmente, qual é o benefício que esse conhecimento traz. Por isso, ao definir a estrutura de onboarding de seus colaboradores, lembre-se de deixar claro como esses conteúdos podem acelerar a adaptação e performance dos seus talentos.

Uma das métricas que acompanhamos no onboarding de novos RDoers é a evolução de conhecimento em Inbound Marketing. Por meio de testes e certificações, verificamos que a média de evolução é de 20% nas duas primeiras semanas. Em um curto período de tempo, os novos talentos já atingem níveis de conhecimento próximos aos dos RDoers mais experientes.

 

Mundialmente, a porcentagem de colaboradores engajados ainda é baixa, e sabemos que colaboradores engajados ajudam as organizações a seguirem em frente.

A correlação entre onboarding de novos colaboradores e engajamento com a empresa é real, e investir nessa questão pode trazer outros benefícios para sua empresa. Além de elevar o nível de satisfação do colaborador com a sua empresa, você pode aumentar a eficiência do time e reduzir tempo/custo para produtividade. E a sua empresa, como está preparando os novos talentos para seus primeiros sucessos?

Marcadores:

Deixe seu comentário