Blog de Marketing Digital de Resultados

Eu deveria dar lances no meu próprio nome?

Com muita frequência recebemos essa pergunta de nossos clientes: “No Adwords ou Bing Ads, devo dar lances no nome da minha própria empresa?”. À primeira vista a resposta mais verossímil seria: “Não. Seu site é o primeiro em buscas orgânicas, seria dinheiro jogado fora dar lances em disputas no Adwords em seu nome.” Porém, recentemente o Google e Bing realizaram alguns estudos mais profundos em cima dessa dúvida e a resposta pode surpreender você.

A importância em dar lances no meu nome

O próprio Google foi o primeiro a revelar números curiosos sobre o tema. Para se ter uma ideia, ainda em 2012 um estudo realizado com aproximadamente 400 anúncios mostrou que 89% dos cliques em anúncios pagos não aconteceriam nos orgânicos se estes estivessem pausados, ou seja, 89% desses cliques seriam incrementais. Existem outros dados muito interessantes, entre eles um que se encaixa perfeitamente na pergunta apresentada no começo desse post: “50% dos cliques que ocorrem em anúncios de sites que estão em primeiro no ranking orgânico são incrementais”. Sendo mais claro, se sua marca está em primeiro no ranking orgânico e você pausar o seu anúncio, você poderá perder 50% dos cliques.

Além do Google, o Bing também realizou estudos chegando a conclusões semelhantes e também achamos nesse blog uma experiência de campo muito esclarecedora (disponível apenas em inglês). Se isso não é o suficiente, decidimos apresentar mais alguns bons motivos para você usar o nome de seu negócio em campanhas.

6 razões para você dar lances no seu próprio nome

1- CPC barato

Seu custo por clique vai sair muito barato, pois a concorrência vai ser baixa/nula e seu CTR será altíssimo. Logicamente essa regra não se aplica se a sua palavra-chave é a mesma que o seu produto. Ex:; Uma concessionária de veículos que usa o nome da montadora ou uma assistência técnica autorizada que usa o nome do fabricante de eletroeletrônicos.

2 – Você decide o que mostrar e aonde levar o visitante

Você tem total controle do conteúdo que vai aparecer para quem está lhe buscando, podendo incluir extensões e também escolher a melhor landing page, diferentemente do resultado orgânico, onde sempre é o Google que decide o destino do clique;

3 – Mostre que você é um player sério

Quando você realiza a busca de uma empresa e tem resultados orgânicos e pagos ao mesmo tempo acaba causando uma boa impressão, a de que eles não estão ali pra brincar e a marca ganha um grau maior de seriedade. Um bom exemplo são as empresas Amazon e Ebay.

01-lance-nome

02-lance-nome

4 – Primeiros passos de uma nova empresa

Se você é uma marca nova e não aparece na primeira página, é muito importante dar lances no seu próprio nome a fim de facilitar a vida de quem quer achar você.

5 – Leads de primeira

Se lá no começo do post mostramos que você vai ganhar mais cliques dando lances no seu nome, cliques na sua marca equivalem à acessos de primeiríssima qualidade (eles procuraram por você e clicaram no seu anúncio). Esse cliques podem se tornar Leads de excelente qualidade.

6 – Se você não o fizer, a concorrência o fará

Vemos um exemplo abaixo dos dois gigantes dos links patrocinados brigando pela mesma palavra-chave. O que deixa claro a importância em dar lances em seu próprio nome.

Uma imagem vale mais que mil palavras.

03-lance-nome

 

Como verificar se isso funciona comigo?

O mais interessante de tudo isso é que todos nós podemos facilmente fazer experiências e descobrir se todas essas dicas a estatísticas aplicam-se a nossos sites e clientes. Como? Usando o próprio Adwords e em seguida o Google Analytics.

No Adwords, consulte “Informações sobre leilões”, lá você saberá se existem concorrentes dando lances na sua marca e se eles estão tirando cliques de você.  Para finalizar, acesse o Google Analytics, observe os canais, números e o comportamento desses visitantes que vieram dos cliques em seu nome, comparando os provenientes de busca paga e busca orgânica. Aqui estão formas simples de obter respostas.

Marcadores:

Deixe seu comentário