Blog de Marketing de Resultados

Por que o marketing tradicional não funciona na Internet

call center Um dos erros que ocorrem com maior frequência nas empresas que iniciam suas ações no marketing digital é encará-lo da mesma forma que no marketing tradicional, tentando “empurrar” a mensagem do produto para o maior número de pessoas possíveis, estejam elas interessadas ou não.

As empresas agem assim porque esse é o ambiente em que os profissionais de hoje foram criados. Somos acostumados a enxergar o marketing dessa forma e, principalmente, tendemos a acreditar que ele é muito efetivo.

Esse modelo tradicional realmente deu muito certo por um bom tempo, fundamentada em uma premissa: a mensagem da empresa é apresentada através de interrupção. A propaganda na TV ou no rádio interrompe seu programa favorito. O anúncio na revista toma uma página e corta sua leitura. Os operadores de call-center interrompem os seus afazeres durante o dia. Até os entregadores de panfletos se aproveitam de uma interrupção no trânsito. E assim seguiríamos em diversos outros exemplos. Nesse modelo, quanto maior o número de pessoas alcançadas de uma só vez, mais cara é essa interrupção.

Nas mídias tradicionais, o alvo da ação – o consumidor – não tem o poder de não ser abordado pela propaganda. Se ele tivesse, a maioria optaria por não ser interrompido.

O problema com o marketing tradicional é que ele não vem acompanhando as mudanças de hábitos da população. Assim como as vendas locais e o contato de porta em porta foram superados pela propaganda quando as mídias de massa chegaram, esse modelo de marketing de interrupção foi ultrapassado e não faz sentido na Internet. Aqui as pessoas escolhem que conteúdo querem consumir, quando querem consumir e como querem consumir. Na Internet, é muito mais difícil para uma marca interromper alguém e chamar a sua atenção. Está cada vez mais caro e menos efetivo fazer marketing através apenas da compra de propaganda.

Assim, não cabe mais tentar interromper o seu público para transmitir sua mensagem. Na Internet é preciso criar conteúdo relevante e ser a atração. Se seu site for somente mais um canal tentando “empurrar” o produto e não tiver relevância para o público, um único e rápido clique estará sempre à disposição para quem quiser abandonar a sua página.

A vantagem disso tudo para as pequenas e médias empresas é que, no marketing digital, elas possuem todas as condições de brigar de igual para igual com as empresas grandes, diferentemente do que ocorre no marketing tradicional. Isso porque em época de mídias sociais, como já dissemos, quem manda não é mais o dinheiro, quem manda é a qualidade do seu conteúdo.

E você? Tem produzido conteúdo relevante para o seu público? Compartilhe conosco nos comentários.

Marcadores:

Deixe seu comentário