Blog de Marketing Digital de Resultados

Por que sua empresa precisa de um site para sobreviver no mercado

Já se perguntou por que sua empresa precisa de um site próprio? Conheça 5 benefícios que um site pode trazer, da exposição da marca ao aumento em vendas!

Se você está adiando ou relutando em criar um site para sua empresa, responda a essa pergunta: você conhece alguma marca de sucesso que não tenha um site próprio?

Independente do segmento, local ou tamanho, esse é o denominador comum entre todos os negócios de sucesso. Como já falamos em outro artigo, ter um site próprio é a presença digital mínima de que sua empresa precisa.

Nesse post, vamos falar sobre todas as vantagens que um site com domínio próprio pode trazer para sua empresa.

Caso sua empresa já possua um site, também temos um material que será muito valioso para você. É o eBook “Como criar um blog corporativo – da estratégia à prática”, que você pode ler aqui.

Mas voltando ao assunto e antes de falar sobre os benefícios, vamos explorar 3 objeções bastante comuns.

Objeção I: “Mas meu negócio é local. Por que ter um site se não vendo pela internet?”

É correto afirmar que efetuar vendas é uma das possibilidades que sua empresa ganha ao ter um site. Da mesma forma, é incorreto afirmar que um site só serve para essa finalidade. Caso fosse verdadeiro, todas as páginas da internet teriam como propósito comercializar produtos/serviços. E sabemos que não é isso que acontece.

Se o seu negócio for local, como um escritório de advocacia, um estúdio de arquitetura ou um restaurante italiano, você pode usar o seu site para atrair novos clientes e se relacionar com sua audiência.

A pesquisa do Google é amplamente usada por usuários que buscam soluções e serviços para seus problemas. Portanto, quando alguém procurar por “advogado civil trabalhista em São Paulo”, “arquitetos em Florianópolis” ou “restaurante italiano em Porto Alegre”, um site próprio passaria mais autoridade para os robôs de busca bem como transmitiria uma imagem muito mais profissional ao usuário do que um simples resultado com um endereço e um telefone.

Nesse caso, o site pode funcionar como um primeiro canal de contato entre seu negócio e seu público. E uma boa primeira impressão é fundamental para que esse visitante se transforme efetivamente em um cliente no futuro.

Leia mais sobre essa questão no post “Como fazer Marketing de Conteúdo para negócios locais”.

Objeção II: “Mas minha empresa/agência é pequena, por que preciso de um site?”

Justamente por isso. Ter um site é um passo fundamental para iniciar uma estratégia de Inbound Marketing, que funciona muito bem para dar tração inicial a microempresas e startups.

Enquanto o marketing tradicional precisa de um investimento elevado no início, o Marketing Digital permite um investimento mais baixo e com um melhor retorno sobre esse investimento (ROI), uma vez que é fácil analisar o resultado de todas as ações realizadas.

Já falamos muito em outros posts, mas é sempre bom lembrar que a Resultados Digitais, antes de lançar o RD Station, começou com esse blog. Essa estratégia foi fundamental para fazer com que a roda começasse a girar.

O Inbound Marketing é uma forma interessante e um diferencial para você inserir sua empresa no mercado, uma vez que fica difícil competir com empresas grandes e já consolidadas utilizando-se das mesmas táticas de marketing.

Assista também ao Webinar “Marketing Digital para Startups” e entenda como a metodologia pode ajudar na busca e construção de um modelo de negócio.

Objeção III: “Mas eu já tenho uma página no Facebook, não preciso de um site”

Uma página no Facebook é outro item fundamental, assim como o site. Portanto, um canal não substitui o outro.

Sem um site com um domínio próprio fica absolutamente ineficaz realizar campanhas de Email Marketing, que são consideradas pela Resultados Digitais como a forma mais eficiente de relacionamento com os clientes e de geração de Leads.

Afinal, para onde você vai levar seus Leads? Para seu site ou para uma página nas redes sociais? Fazendo uma analogia, onde você gostaria de se encontrar com seus clientes? Em seu escritório ou em um café no shopping?

Em 2010 já falávamos sobre essa relação quando publicamos o post “Mídias sociais são ótimas, mas não substituem o Email Marketing”.

Aqui na empresa, enxergamos as mídias sociais como excelentes canais de geração de tráfego e de engajamento. Ou seja, utilizamos como um acréscimo à nossa estratégia de Marketing Digital, mas não como o principal canal.

Agora que já comentamos as objeções mais comuns entre empresas que ainda relutam em ter um site, vamos falar de 5 motivos para que sua empresa tenha um site e todas as vantagens trazidas para seu negócio.

1 – Para ser encontrada

Sua empresa pode ser fora de série, possuir o melhor atendimento do mercado e oferecer um produto de altíssima qualidade. Mas de que adiantaria tudo isso se as pessoas não encontrassem o que você faz?

Ter um site é a forma mais simples de ser encontrado hoje na internet. O principal canal de busca que uma pessoa usa quando está curiosa sobre qualquer assunto é o Google. E se essa pessoa estiver curiosa sobre seu nicho ou sua empresa, não será diferente.

Se a pesquisa for sobre sua empresa, é importante que você tenha um bom e otimizado site para que o primeiro resultado da pesquisa seja com o link para o seu site. Agora se a pesquisa for sobre o problema que seu cliente enfrenta, é importante que você tenha bons conteúdos e um bom blog para que sua empresa esteja à frente dos concorrentes.

Leitura complementar: eBook “O Guia Completo de SEO”. Leia e aprenda a transformar o Google em uma máquina de tráfego para sua empresa.

2 – Para ganhar autoridade no mercado

Se você conhece duas soluções para seu problema e só uma possui site próprio, em quem você confiaria mais? Em uma página com domínio próprio ou em uma fan page no Facebook?

Não queremos desmerecer as as mídias sociais – como falamos acima, elas possuem um papel fundamental em uma estratégia de Marketing Digital. O ponto aqui é que um site é muito mais personalizável e profissional do que um perfil social.

Com um site, sua empresa possui muito mais artifícios para promover o seu produto. Além do mais, por meio da criação de conteúdo você consegue provar para a sua persona que entende do assunto e que tem capacidade técnica para ser a solução dos problemas que ela enfrenta. É um diferencial bastante eficiente nessa tomada de decisão.

Leitura complementar: eBook “Marketing de Conteúdo para Resultados: alinhando conteúdo ao funil de vendas”. Leia e descubra como transformar o Marketing de Conteúdo em resultados concretos.

3 – Para expandir o negócio

Qual é o objetivo de seu negócio? Você tem planos de expandi-lo? Uma das missões da Resultados Digitais é auxiliar as empresas a terem um crescimento previsível e escalável por meio do Inbound Marketing.

Para isso, aplicamos uma metodologia comprovada que, com a ajuda do software RD Station, ajuda milhares de clientes diariamente nessa escalada de sucesso. No entanto, nada disso seria possível se essas empresas não tivessem um site com um domínio próprio.

Para adquirir mais clientes, você precisa de mais Leads. E para gerar mais Leads, você precisa de mais visitantes. E para adquirir mais visitantes, você precisa desse site para recebê-los.

O site é, muitas vezes, o primeiro canal de contato entre sua empresa e o futuro cliente. O Inbound Marketing permite que esses clientes cheguem até você em vez de você ir atrás deles. A longo prazo, é um processo bastante vantajoso.

Leitura complementar: eBook “Marketing Digital para Empreendedores”. Leia e saiba tudo o que você precisa saber para implementar uma estratégia eficiente de marketing digital e atrair novos clientes.

4 – Para se relacionar com sua audiência

Sempre falamos aqui na Resultados Digitais, tanto em posts no blog como em conversas com nossos Leads e Clientes, que a forma de consumo mudou desde que a internet se tornou presente durante todos os minutos de nosso dia a dia.

O consumidor não possui mais um papel apenas reativo ao marketing e à publicidade. É absolutamente normal que ele pesquise sobre sua marca ou seu problema na internet antes de tomar a decisão da compra. E é nesse ponto que entra o site de sua empresa.

Há várias maneiras de manter um relacionamento com seu público em seu site. E todas elas funcionam muito bem:

  • Publicar posts no blog ou materiais ricos sobre problemas que a audiência enfrenta;
  • Responder comentários das pessoas em posts de blogs;
  • Criar uma central de relacionamento com respostas para as dúvidas mais comuns;
  • Gravar e disponibilizar treinamentos online para clientes;
  • Ter um chat em real-time para atender aos clientes.

Citamos apenas 5, mas há muitas outras possibilidades. O importante aqui é saber que o seu site é como se fosse seu escritório virtual, por isso cada visitante deve ser tratado como estivesse visitando sua empresa.

Leitura complementar: Post “Marketing de conteúdo para treinar, reter e fidelizar seu cliente”. Leia e entenda os benefícios dessa estratégia para sua empresa.

5 – Para vender

Segundo as boas práticas da metodologia do Inbound Marketing, depois de atrair, converter e relacionar, é chegada a hora da venda.

E qual o papel de seu site nessa etapa? Em relação a vendas, seu site pode ser útil tanto para vendas consultivas, como é o caso da RD, como para vendas self-service, como é o caso de ecommerces.

Se sua venda for consultiva, o site é um apoio ao vendedor na hora de fechar com o cliente. É fundamental que tenha uma área com as soluções e os preços de seus produtos.

Se sua venda for self-service, um site ajudará a dar escala a seu negócio ao permitir que os clientes efetuem a compra onde e quando estiverem mais confortáveis. Não importa se é feriado de Páscoa ou se são 4 horas da madrugada. A internet nunca fecha. Ou seja, com uma loja online, você não precisa se limitar ao horário comercial.

Leitura complementar: eBook “Como vender mais utilizando Marketing Digital e geração de Leads”. Leia e saiba como a Internet impactou a forma como obtemos informações e compramos produtos e serviços e veja como sua empresa pode se aproveitar desse cenário.

Conclusão

Retomando, um site próprio é parte basilar para uma estratégia de Marketing Digital com foco em resultados. É o canal que vai passar toda a credibilidade necessária para sua base e auxiliar em diversos fatores, como ser encontrado, ganhar autoridade no mercado, expandir o negócio, vender seus produtos ou se relacionar com a audiência.

Se o seu negócio ainda não possui um site, não perca tempo e comece já a planejar a criação. Recomendamos uma das duas opções:

Agora, se sua empresa já possui um site, tenha em mente que o caminho está sendo trilhado, mas de maneira alguma você deve ficar parado no tempo e pensar que tudo está resolvido. Os próximos passos após ter um site são as otimizações de conversão, as otimizações para SEO, as atualizações no design, o planejamento de conteúdo, as adequações no layout para dispositivos móveis etc.

Para dar os próximos passos depois da construção do site, recomendamos a leitura do eBook “Como criar um blog corporativo – da estratégia à prática”. Um guia completo com tudo o que você precisa saber para começar a produzir conteúdo de qualidade e gerar oportunidades de negócio.

Esperamos que esse post tenha elucidado algumas dúvidas a respeito da importância de um site para o seu negócio. Caso você queira acrescentar algo ao debate, sinta-se à vontade para usar os comentários ou compartilhar esse post com seus amigos e clientes que ainda possuem objeções para criar um site com um domínio próprio.

Marcadores:

Deixe seu comentário