Blog de Marketing Digital de Resultados

Quando e como investir em Marketing no Instagram

“Uma imagem vale mais que mil palavras”, essa frase nunca teve tanta força nas redes sociais quanto no Instagram. Hoje, de acordo com dados da própria rede, são mais de 300 milhões de usuários ao redor do mundo que postam imagens, vídeos, curtem as postagens e deixam os seus comentários. Esses números ultrapassam o Twitter que hoje está na marca 288 milhões de usuários.

Quando faz sentido para o seu negócio usar o Instagram?

O Brasil está entre os 5 países que mais usam o Instagram. O perfil da rede é equilibrado entre homens e mulheres e com a maioria dos usuário com um bom potencial de consumo. Veja alguns números interessantes.

  • 53% são mulheres e 47% são homens.
  • 67% estão entre os 18 a 34 anos.
  • 95% dos usuário possuem conta no Facebook e/ou Twitter.
  • 70 milhões de fotos e vídeos são postados todos os dias.
  • 1.2 bilhões é o número de curtidas diárias.

Se a sua empresa tem interesse nesse perfil de usuários, já chegamos a um bom passo para definir se vale uma presença lá ou não.

Outro passo importante é entender como o público usa a rede. No caso do Facebook e Twitter, é comum encontrar pessoas que buscam informações (além de páginas de notícias, é comum blogs e comunidades técnicas de diferentes áreas terem grande audiência), enquanto no Instagram isso não costuma acontecer. O apelo é bastante visual e é preciso entender que tipos de objetivos da sua empresa casam melhor com a forma que a rede é usada.

Aqui na RD, por exemplo, entendemos que seria difícil usar as imagens do Instagram para gerar Leads ou para ensinar Marketing Digital e o público mais jovem da rede é possivelmente composto por menos decisores, que encaramos como público. No entanto, temos outro desafio que é encontrar e contratar pessoas talentosas e que queiram fazer parte da construção da empresa conosco e vimos que mostrar nossos bastidores e nossa cultura seria uma visão muito mais alinhada com a rede e ainda útil para a gente. (Aliás, já viu a RD no Instagram? :P)

Para bares e restaurantes, por exemplo, o caminho já é outro. Eles conseguem mostrar os pratos, as pessoas que frequentam o lugar, os flyers de próximos eventos e assim conseguem usar o Instagram para o seu core de forma muito natural.

O mais importante é adequar a sua mensagem ao meio. É preciso tentar entender a intersecção entre os objetivos da sua empresa e o que pode ser feito por meio de imagens e vídeos que sejam interessantes para esse público. Em alguns casos isso é óbvio, para outros nem tanto, e em alguns ainda a rede teria pouco sentido. Não existe uma resposta pronta e sim uma interpretação de cada negócio.

Para chegar a essa interpretação, ajuda muito conhecer e pesquisar de fato os seus diferentes públicos, analisar a forma como as empresas do seu mercado e de outros estão utilizando a rede e colocar a criatividade para funcionar encontrando maneiras de casar tudo com o interesse da sua empresa.

 

Qual o melhor tipo de postagem para o meu negócio?

1 – Mostre seus bastidores

Como seus produtos são feitos? Imagens do processo de fabricação podem agregar um valor interessante a sua venda e trazer mais informações a quem compra. Você presta serviços?  Qual a sua forma de trabalho? Respondendo a essas perguntas haverá informações suficientes para gerar o conteúdo e garantir o engajamento.

Nós aqui da Resultados Digitais mostramos um pouco do que fazemos em nosso perfil. Do trabalho com o software aos lanches da tarde, tudo é registrado. Diga-se de passagem, nosso escritório tem uma vista privilegiada que nos rendem lindas imagens.

2 – Conte uma história

Crie postagens que liguem uma imagem com a outra. Séries com diferentes temas conectam o usuário e criam um enredo que leva ao conteúdo e faz com que seus seguidores esperem por mais. Detalhes de ações offline, teasers ou complementos de comerciais são ideias interessantes para se contar.

Um bom exemplo é a @natgeo. O perfil conta uma história em cada imagem. Em suas postagens há relatos sobre o mundo que cerca a foto registrada, bastidores da captura da imagem entre outras informações.

3 – Diga onde você está

Seu negócio é local e precisa de visitas? Esse pode ser uma boa maneira das pessoas saberem onde você está. Em suas imagens, além da legenda, faça uso da geolocalização. Se a empresa tem diversas filiais ou franquias é uma boa maneira de mostrar onde elas estão. Outra alternativa é registrar a presença da empresa em eventos ou palestras para gerar credibilidade.

Um exemplo neste caso é a @starbucksbrasil. A marca possui filiais em todo o país. Em suas ações locais o perfil usa a geolocalização para indicar as suas lojas e o que estão fazendo localmente.

4 – Use imagens com texto

Frase curta, leitura rápida e layout limpo. As imagens com texto podem ser um grande motivo para compartilhamento. Frases de famosos (desde que autorizadas ou de cunho público) alinhados ao seu negócio, frases de efeito ou conteúdos chamativos são boas formas de usar a imagem com texto. Mas tome cuidado com a legenda, ela precisa ser extensão da sua frase e não uma repetição da mesma.

Uma empresa que usa bem a imagem com o texto é a @uattoficial. Ela une frases com bom humor e legendas que reforçam a chamada, além de postagens com promoções e lançamentos.

Qual o melhor horário para postar?

Toda rede tem seu horário de pico. No Instagram em dias de semana os horários ficam das 17h às 18h. Nos fins de semana fica entre as 13h e 18h (Fonte: Scup). Mas definir o seu horário é a melhor estratégia para aumentar o engajamento da sua empresa na rede social.

Descubra o seu horário

Faça a pergunta: quais os hábitos do meu consumidor? Como ele se comporta em relação ao meu negócio? Se você tiver um restaurante que funciona somente no horário de almoço, manter postagens às 11h pode ser uma boa opção. Caso a sua empresa trabalhe com serviços de lazer, por exemplo, postagens aos sábados ou domingos podem trazer mais resultado que em dias úteis.

Uso de Hashtags

Hashtags são palavras-chave que determinam o assunto da postagem. As hashtags certas podem dar uma grande exposição às suas fotos. É uma das principais estratégias para os usuários encontrarem o seu perfil. Mas fique atento: ele precisa ser público, caso contrário, todo seu esforço pode ser inútil com um perfil fechado.

Separamos 5 dicas simples e eficientes para usar as hashtags.

1- Cuidado ao criar a #

Você pode adicionar números nas hashtags se quiser, mas não use espaços ou caracteres especiais (*, $ ou %). Exemplo: #resultadosdigitais, #resultados_digitais (ok); # resultados digitais, #resultados%digitais (errado).

2 – Nem mais, nem menos

Colocar diversas hashtags em uma mesma foto não vai deixar a sua foto ou mensagem mais atraente e pode até mesmo espantar novos seguidores com o exagero.  De acordo com o próprio Instagram, o ideal para cada imagem é ter entre uma e três hashtags, sendo cinco um limite aceitável.

3 – Não exagere na marcação

Use até 30 marcações em uma publicação. Caso esse número seja ultrapassado, seu comentário não será publicado. E o principal, tome cuidado para não se tornar um spammer.

4 – #Top10

Usar hashtags amplas ou que estão em evidência pode fazer com que suas imagens caiam em um mar de informações e não sejam encontradas. Procure # que mais tenham a ver com o seu contexto. Estudar seus seguidores e concorrentes pode ser um bom começo para inserir as suas hashtags.

5 – #suahashtag

Não pense que só porque a hashtag é sua que as pessoas irão usar. Coloque um contexto em que ela possa ser usada. Uma ação de engajamento, uma promoção ou pegar carona em uma campanha offline. Ter a sua hashtag ajuda a mensurar o resultado da sua campanha.  Uma dica: a sua # não precisa ter o nome da sua empresa. Usar #CamapanhaMaisEmpresa muitas vezes é forçado e não leva ao resultado esperado.

Conquistando novos seguidores

1 – Conteúdo

Sua fotos e vídeos precisam ter qualidade e contar algo. Lembre-se: sua imagem está em uma timeline com dezenas de outras competindo pela atenção de quem está no celular buscado alguma informação ou mesmo distraído. Adicione boas imagens, mas sempre com um espaço de tempo entre uma postagem e outra.

2 – Siga de volta

É bom saber o que fazem os seus seguidores no Instagram e uma boa saída é acompanhar os perfis para ter novas ideias, descobrir suas preferências e fazer novas postagens ainda mais próximas do seu público-alvo.

3 – Interação

Toda interação precisa de uma pertinência. Ao postar um comentário em uma foto tente se colocar na seguinte situação: você está em uma reunião de amigos e vai entrar em uma conversa que já está acontecendo. Veja se seu comentário está dentro do contexto e nunca “force a barra” para criar um diálogo, isso além de impertinente pode passar a imagem de um vendedor chato.

4 – Pesquise concorrentes

Com certeza existem grandes marcas (e pequenas também) que estão fazendo um excelente trabalho no Instagram. Pesquise, descubra quais postagens estão com um maior número de comentários e curtidas, guarde as imagens e use como inspiração para as suas. Tome o cuidado de não fazer “cópias” (uma imagem com uma frase parecida, por exemplo) ou usar o mesmo tema na mesma semana que seu concorrente, isso pode parecer plágio.

5 – Divulgue em outras redes

O Instagram, assim como outras redes sociais, possui meios para divulgação. Insira um banner divulgando seu perfil em seu site ou blog, comente no Twitter, faça diversos posts no Facebook, use todos esses recursos além de parceiros na rede social (perfis da sua área com muitos seguidores, por exemplo) e assessoria de imprensa são válidos para o seu perfil crescer.

Vídeos no Instagram

Ao contrário dos vídeos do Youtube que podem ter uma longa duração, o Instagram permite apenas 15 segundos para a mensagem. Assim, a ideia precisa ser passada de forma rápida e criativa. A disputa vai além da imagem e precisa fazer com que o usuário aperte o play.

Ao criar o seu vídeo tenha cuidado com a edição. Não ficou bom? Faça e refaça até estar ok. É a imagem da sua empresa em jogo, logo, quanto mais qualidade, melhor. Você pode editar o vídeo, aplicar filtros e escolher uma boa imagem. Tenha em mente que essa imagem é o principal fator de atração do seu vídeo, é ela que vai levar ao clique do play.

Selecionamos algumas ideias para impulsionar os seus vídeos

1 – DIY

DIY vem da sigla “Do It Yourself” ou “Faça Você Mesmo” (tradução livre). A ideia aqui é levar o usuário a botar a mão na massa e criar algo. Existem milhares de DIY disponíveis para se inspirar, alguma delas pode ser a solução perfeita para gerar conteúdo ao seu negócio. Com apenas 15 segundo é possível demonstrar um início do processo ou partes deles e encaminhar para o blog ou canal do Youtube.

2 – Manual de instruções

Você pode criar um vídeo que substitua os manuais de instrução. Dicas para usar os produtos de uma melhor forma ou potencializar o uso de um software podem ser uma saída. Editar um passo a passo em tópicos também é uma boa forma de explicar melhor o uso de seu produto.

3 – Dicas rápidas

Você tem um tempo curto e valioso para dar uma dica que faça a diferença para o seu público. Drops de informações muitas vezes são melhores recebidos pelo usuário que já está com muita informação na sua frente por conta da dinâmica da rede social. Faça coleções de dicas e mantenha uma identidade visual, seja por tema ou por grupo de dicas, para facilitar a unidade do conteúdo.

A chegada dos anúncios

O novo recurso de anúncios no Instagram está em fase de testes nos Estados Unidos, mas em breve deve chegar ao Brasil. O formato será de “anúncios carrossel” e será permitido inserir diversas imagens onde os usuários poderão ver passando o dedo pela tela do celular.

O novo formato de post patrocinado, poderá ser expandido e terá uma opção de acesso ao site externo do anunciante.

Para finalizar.

Defina seus temas e elabore uma grade de conteúdo, produza boas imagens, crie um conteúdo de qualidade e não esqueça de postar com regularidade. Junte tudo isso aos seus objetivos de marketing e faça do Instagram mais uma ferramenta para o sucesso da sua empresa.

Aproveite e conheça o perfil da Resultados Digitais no Instagram.

Um abraço e até o próximo post!

Marcadores:

Deixe seu comentário