Blog de Marketing Digital de Resultados

Sua empresa está construindo um ativo de Marketing ou só alugando o ativo dos outros?

Durante muito tempo vimos a área de Marketing das empresas funcionando apenas através de aluguel. É claro que, escrevendo um blog sobre marketing digital, não estamos falando aqui do mercado imobiliário. O assunto são as empresas que sempre precisaram alugar o espaço de outras empresas para chegar ao seu público.

É assim que funciona o comercial na TV, no rádio, nas revistas, jornais, etc. Os veículos de mídia alugam temporariamente um espaço (intervalo comercial) do seu ativo (audiência) para que as empresas possam comunicar sobre seus produtos e serviços. De forma similar, também é assim que funcionam os banners na Internet, links patrocinados e compras de Leads, entre outros.

Não somos necessariamente contra essas ações, especialmente a compra de mídia online, onde conseguimos ter uma medição completa e avaliar o resultado de forma precisa.

No entanto, ao contar apenas com esse “aluguel”, sua empresa fica refém da disponibilidade e do custo do ativo dos outros. Especialmente em mercados competitivos, essa não é uma boa posição para se manter.

A oportunidade de construção de um ativo na Internet

Com a chamada Web 2.0, deixou de ser essencial o aluguel de espaço de outra empresa. Hoje sua empresa consegue “conversar” diretamente com o próprio cliente e construir uma audiência própria.

Se bem cultivada, essa audiência é um grande ativo de longo prazo da sua empresa.

Uma audiência nas mídias sociais (seguidores no Twitter, pessoas que curtiram sua página no Facebook), lista de e-mails (ou Leads), assinantes do blog e autoridade do domínio frente às ferramentas de busca (número de links recebidos) não são conquistados da noite para o dia e exigem muito trabalho. Apesar disso, valem muito a pena. Apresentamos a seguir alguns bons motivos:

É mais barato

É verdade que construir um ativo online demanda esforços dos seus colaboradores, gastos com ferramentas e ocasionalmente até o apoio de especialistas. Mesmo assim, costuma ser mais vantajoso financeiramente do que alugar a prateleira de alguma outra organização, especialmente no longo prazo.

É “permanente”

Pare de pagar por um anúncio e no dia seguinte sua empresa não tem nada de resultados. Já no caso de um mês sem postar no blog ou nas mídias sociais, seu site continua recebendo acessos e sua audiência continuará ali.

É claro que não recomendamos nenhuma pausa e com o tempo há de fato uma perda no engajamento, mas o conteúdo sempre continuará disponível e a base da audiência dificilmente some em um espaço curto de tempo.

Permite ganhos de escala

Quanto maior seu ativo, mais ele tende a crescer, já que sua base ajuda a espalhar o conteúdo. Se sua estratégia funcionar bem, não há grandes limitações de crescimento.

Para atingir mais pessoas com uma propaganda você deve pagar por mais. Já os custos de mais pessoas visitando seu site são irrisórios. O Twitter e o Facebook são gratuitos para 1 ou 1 milhão de seguidores.

Mais segmentado e efetivo

Um blog bem posicionado para palavras chave do seu negócio e a posição de referência no assunto tendem a atrair pessoas interessadas diretamente no tema ou nicho.

É uma posição mais interessante do que comprar mídia em veículos mais genéricos e pagar para alcançar pessoas que nem sempre tem a ver com seu público alvo.

Serve como barreira competitiva para sua empresa

Novas empresas até podem tentar copiar seu produto, seu serviço, sua metodologia, as funcionalidades do seu software, etc.

Já conseguir um blog com tantos assinantes quanto o seu, a quantidade de links e posição no Google que possui seu domínio, o alcance nas mídias sociais e lista de e-mails que sua empresa construiu, costuma tomar muito tempo e demandar muito esforço.

Possuir um bom ativo de marketing digital tende a ser uma barreira competitiva muito grande no seu mercado.

Marcadores:

Deixe seu comentário