Twitter para empresas: 12 erros que você deve evitar


twitter para empresas

Post publicado originalmente em novembro de 2010, e revisado e atualizado em março de 2016.

O Twitter pode ser uma ferramenta fantástica para empresas. Como citamos no post “Os 7 motivos para usar o Twitter como ferramenta de marketing”, é uma rede social com alto potencial de gerar resultados.

No entanto, esses resultados só aparecem se o Twitter for utilizado de maneira saudável por sua empresa. Mas como seria a forma correta de usar o Twitter para empresas?

Nesse post, vamos inverter os papéis e, pegando o caminho contrário, vamos traçar as 12 piores práticas de utilização do Twitter para que sua empresa não sofra as consequências de um mau uso dessa mídia social.

1 – Falar apenas sobre sua própria empresa

O primeiro erro que identificamos ao elaborar esse post é o mesmo erro que muitas empresas iniciantes cometem no início de uma estratégia de Inbound Marketing.

Não é falando sobre sua empresa que você irá angariar mais seguidores e se tornar uma autoridade em seu mercado. Isso não significa que você não deva, em hipótese alguma, tweetar sobre uma conquista ou um marco de sua empresa. Apenas não exagere na dose.

Use o Twitter para compartilhar conteúdo interessante, educativo ou até mesmo descontraído sobre o seu nicho. Dessa forma, você aumenta a chance de receber retweets, respostas e de ganhar novos seguidores rapidamente.

Resumindo: fale muito sobre seu mercado e, eventualmente, sobre sua empresa.

2 – Enviar mensagens diretas em massa para os seguidores

Mensagens diretas em massa no Twitter podem se tornar bastante inconvenientes. Jamais envie a mesma mensagem para vários seguidores. As chances de a mensagem parecer spam são imensas.

Não é preciso automatizar mensagens de agradecimento para cada seguidor ou enviar em massa uma oferta para todos os seguidores.

A melhor forma de se relacionar com um novo seguidor é seguindo-o de volta. E a melhor forma de promover um conteúdo no Twitter é publicando-o na timeline.

Use a DM apenas para casos específicos, como dúvidas pontuais ou assuntos que necessitem de um pouco de privacidade.

3 – Seguir todos os perfis possíveis

É recomendável e interessante seguir de volta os novos fãs. Enquanto isso, tudo bem. O problema acontece quando uma empresa cria um novo perfil no Twitter e, para conseguir novos seguidores, começa a seguir todos os perfis desenfreadamente.

Alguma vez você viu um perfil com 10 seguidores seguindo 1000 pessoas e pensou: “Puxa, essa pessoa deve ser interessante…”?  Pois é, números distorcidos passam a imagem de que você é um spammer.

Seja cuidadoso e escolha bem quem você segue, principalmente no começo. Analise os tweets e as conversas e certifique-se que há interesse no seu mercado antes de seguir.

4 – Não interagir com outros usuários

Como qualquer rede social, a interação com outros usuários é uma ação básica para todo perfil ou página presente na rede.

Não fique preso apenas à divulgação de seu conteúdo. No Twitter, seguimos pessoas com quem poderíamos interagir, portanto aproveite esses outros usuários/empresas para conversar.

Muitos usuários gostariam de receber respostas ou retweets quando mencionam o seu perfil. Lembre-se deles e de como eles ficariam satisfeitos em receber esse feedback publicamente.

5  – Não exibir o perfil do Twitter em seu site

Se você deseja que o perfil do Twitter de sua empresa tenha mais seguidores, divulgue-o corretamente. Uma maneira básica de fazer isso é em seu site.

Não consideramos uma boa ideia manter o Twitter de sua empresa escondido das pessoas que visitam seu site. Essas pessoas que estão navegando no site e gostando dele poderão seguir seu perfil no Twitter se o ícone estiver à mostra.

Há várias opções de divulgação. O ícone pode estar em uma barra lateral, próximo ao cabeçalho ou até mesmo no rodapé da página.

6 – Não monitorar o que os outros estão falando sobre sua empresa

Essa é uma tarefa básica para quem administra o Twitter de sua empresa. Monitorar o que os outros usuários estão falando sobre ela é fundamental para que você meça a popularidade de sua marca na rede.

Se os usuários estiverem falando bem de sua empresa, você saberá o que está funcionando e o que deve ser mantido. A recíproca também é verdadeira, caso estejam falando mal sobre alguma funcionalidade de seu produto, de algum serviço seu ou de algum conteúdo produzido.

Além de monitorar o que as pessoas falam ao mencionar sua conta, você pode digitar também o nome de sua empresa na busca do Twitter e analisar o que os usuários estão falando sem mencionar seu perfil.

7 – Não personalizar o seu perfil

Não é preciso fazer um super investimento para personalizar seu perfil no Twitter. Porém, uma imagem e capa personalizadas, uma descrição curta e completa, sua localização e o site de sua empresa no perfil são configurações mínimas (e fáceis) de serem feitas.

Imagine o quão frustrante seria para um seguidor acessar seu perfil e não encontrar o site de sua empresa lá. São pequenos detalhes que fazem toda a diferença quando somados.

8 – Atualizar menos de 1 vez por dia

O Twitter possui mais de 300 milhões de contas e é uma mídia social caracterizada pelo imediatismo. Tanto é que a mensagem que aparece na caixa de atualização de status é: “O que está acontecendo?”.

Há muito ruído no Twitter, com milhões de marcas e perfis pessoais publicando tweets sem parar. Portanto, se você utilizá-lo menos de uma vez ao dia, corre-se o risco de perder uma grande fatia de sua audiência. Isso porque, dependendo de quantos perfis seus usuários seguem, um tweet publicado agora possivelmente estará oculto da timeline de seus seguidores em poucos minutos.

O recomendado é que você tweete algumas vezes ao longo do dia para atingir o público que acessa o Twitter em diferentes horários. Mas, sem exagero, o que leva ao tópico seguinte…

9 – Atualizar muitas vezes em pouco espaço de tempo

Se tweetar pouco não é recomendado, o mesmo vale para quem tweeta em excesso.

Muitas mensagens em sequência em um curto espaço de tempo não é uma prática agradável para os usuários.

Por isso, o que recomendamos para quem usa o Twitter para empresas é manter um intervalo de no mínimo 1 hora entre um tweet e outro.

10 – Não ter uma personalidade própria

Para atingir sua persona com eficiência, é preciso que o seu perfil no Twitter tenha uma personalidade e não seja uma ferramenta de uso mecânico.

Seja criativo nas chamadas, use variações ao compartilhar pela segunda vez um post no Twitter, use imagens, vídeos e interaja com a audiência.

Não fique preso apenas no compartilhamento cru e direto do link (exemplo: Título do artigo + URL). Faça call-to-actions como “confira nesse link”, “veja agora”, “saiba mais em”, “aprenda”, “descubra” para instigar o usuário a clicar no link.

11 – Usar muitas hashtags no mesmo tweet

O que você pensa quando visualiza um tweet com mais hashtags (#) do que texto? Nada agradável, certo?

Usar hashtags nos tweets é uma técnica importante para aumentar o alcance das publicações, expandindo o tweet para além dos seus seguidores. Porém, isso pode ser um tiro no próprio pé se for usado de maneira exagerada.

O uso de hashtags é útil e recomendável, mas tente não passar de 3 no mesmo tweet.

12 – Publicar automaticamente os posts de outras redes sociais no Twitter

Fazer com que sua conta no Twitter esteja integrada e compartilhe as atualizações de outras redes pode parecer, em um primeiro momento, uma excelente ideia.

Porém, na prática, isso não se traduz como um método eficaz. Isso porque cada rede social possui uma particularidade, tanto de público como de conteúdo.

Integrar o Facebook de sua empresa ao Twitter, por exemplo, poderá fazer com que alguns tweets saiam pela metade caso a mensagem seja muito longa, e essa é apenas uma situação das inúmeras possíveis.

O recomendado, para garantir resultados em todas as mídias sociais, é utilizar cada uma de acordo com suas peculiaridades.  Você pode ler mais sobre esse assunto no post “Redes Sociais: Por que usar cada uma de forma diferente (e como a RD faz)”.

Finalizando

Esses erros são comuns e muitas empresas já passaram por eles. É importante falarmos sobre isso pois serve de aprendizado para que sua empresa saiba como se posicionar no Twitter e como gerar melhores resultados nessa mídia social.

Falamos sobre 12 erros, mas certamente há mais. Em sua opinião, qual seria o seu erro número 13? Responda para gente nos comentários!

 

Saiba mais:

Um eBook para sua empresa começar a gerar resultados reais no Facebook + Checklist para você começar hoje.

Software de Marketing Digital - RD Station


Categorias: Mídias Sociais, Twitter

  • roberto grecellé

    muito bom. verticalizando os meus iniciais conhecimentos de twitteiro. parabens equipe sistemarketing.

    • http://twitter.com/andresiqueira André Siqueira

      Obrigado Roberto!

      Ainda não falamos tanto sobre o Twitter, mas com o tempo a gente chega lá.

      Abcs,

      André Siqueira
      SisteMarketing

  • http://www.miguelcavalcanti.com Miguel Cavalcanti

    Muito bom, parabéns! Engraçado que muitos candidatos não fizeram algumas dessas coisas, em especial os números 1,2 e 4.

    Uma pergunta, qual a faixa ideal de número de tweets por dia?

    Obrigado. Abs, Miguel

    • http://twitter.com/andresiqueira André Siqueira

      Oi Miguel!

      Realmente, teve muito político entrando na moda sem muito preparo, assim como também acontece com empresas.

      Já quanto a sua pergunta, é bem difícil responder, mas não vou ficar em cima do muro. Vamos lá…

      Tanto em leituras quanto observando casos, o que percebo é o seguinte: se você escreve para um público mais “web savvy” não dá pra exagerar muito. São pessoas que levam o Twitter a sério e acompanham todas (ou quase todas) as mensagens. Se você indicar muito conteúdo, elas podem se incomodar com a polução na timeline. Imagino que uns 10 tweets por dia seja próximo do máximo tolerável.

      Agora, quando o público é mais iniciante, quanto mais melhor. O pessoal mais lego acompanha o twitter de forma mais esporádica e quanto mais tweets você tiver, maior a chance de lerem alguma coisa sua. O pessoal do @empreendemia dá um bom exemplo nisso.

      Dê uma olhada na média de pessoas que os seus seguidores seguem. Se maioria segue até umas 200 pessoas ou algo em torno disso, vale a primeira estratégia. Se não, a segunda.

      Mas, como sempre nos negócios, não dá pra dizer que isso é uma fórmula pronta. Se você tem interesse e disposição, a melhor coisa é testar e ir medindo se você recebe RTs e novos seguidores quando aumenta de volume e qual é o ponto em que as pessoas deixam de te seguir pelo exagera.

      Da sua experiência, o que você acha?

      Esse assunto vale um post ;)

  • Rodrigo

    Eu discordo um pouco sobre a dica 3, eu acho que que se o perfil for corporativo, não tem problema algum em seguir todo mundo que te segue. Se 100 pessoas seguirem o perfil da sua empresa, siga os 100, pois a empresa deve estar ali para interagir e ser sociável, e não restrita e arrogante.

    Um ótimo exemplo é o perfil do @camiseteria.

    []’s
    Rodrigo

    • http://twitter.com/ericnsantos Eric Santos

      Oi Rodrigo,
      Acho que a ideia era dizer que não valia a pena sair achando e seguindo várias pessoas aleatoriamente, algo como os Spammers fazem.

      Concordo contigo que os Twitters corporativos deveriam seguir de volta todos que os seguem.

      Abs,
      Eric

  • Rodrigo Henrik

    Ótimas dicas, pertinentes para todo e qualquer usuário do Twitter. Parabéns pelo blog! ; )

  • http://www.webcontexto.com.br Maria Fernanda Lacerda Pereira

    Muito boa a discussão. Acho que o essencial do Twitter resume-se no conceito de uma ferramenta de conversa instantânea. É preciso dialogar e não berrar qualquer mensagens aos quatro ventos. também é preciso repsosta rápida devido à instaneidade. Ao considerar tais características, a possibilidade de erro diminui bastante.

    Abraços

  • Roberto Grecelle

    Li novamente e gostei mais do que 8 meses atras. Contribuição: como não tenho muito tempo para o twitter (pena!) controlo o número de pessoas que sigo; limite = 50 pessoas. E reavalio seguidamente a produção de cada um. Portanto fica o aviso aos meus following: “caprichem ou unfollow”. Hehehe #seliga

    • http://twitter.com/ResDigitais Resultados Digitais

      Oi Roberto!

      Pois é, nesse tempo mudamos até de nome e o conteúdo continua valendo. Que bom!

      O limite de pessoas realmente funciona bem como limitador. Faço o mesmo com meu twitter pessoal.

      Um abraço,

      André Siqueira
      Resultados Digitais

  • Pingback: As 8 piores formas de usar o Twitter para negócios « suacampanha

  • Pingback: 3 dicas para anúncios no twitter - Jab Consultoria

  • Reynan Carneiro

    O 99Anúncios é um classificados grátis que apesar de novo vem ganhando espaço por sua praticidade e simplicidade, com alguns poucos cliques você poderá divulgar os seus serviços de forma totalmente gratuita na internet para milhares de pessoas..

    Então não perca tempo! Comece e a divulgar seus serviços hoje mesmo! Acesse http://www.99anuncios.com.br