Blog de Marketing Digital de Resultados

Uma Assessoria de Imprensa é essencial no mundo online?

Aprenda a utilizar uma assessoria de imprensa a seu favor na internet. Nesse artigo te damos dicas e mostramos por que ela é essencial.

Ontem o Millor, do Empreendemia, publicou um post interessante sobre como aparecer na mídia com os serviços de assessoria de imprensa.

De fato, uma boa agência de Relações Públicas pode conseguir aparições na mídia que dificilmente um empreendedor ou marketeiro consegue sozinho. Isso é mais evidente principalmente quando se trata de veículos tradicionais, como TV, rádio, jornal etc.

No entanto, é preciso tomar muito cuidado antes de tomar a decisão de direcionar esforços e recursos para isso, já que geralmente os resultados ficam bem abaixo do esperado.

Alguns motivos para isso acontecer:

  • As agências de Assessoria de Imprensa geralmente têm bons relacionamentos com veículos mais “genéricos” (exceção feita às agências especializadas em segmentos), mas nem sempre esses veículos genéricos são relevantes para o seu negócio. Por exemplo, para uma empresa de tecnologia que vende soluções mundialmente em um nicho específico, é realmente útil aparecer em uma matéria no jornal da TV local às 19h?;
  • Aparecer na TV ou jornal é bom para o ego e para a moral da equipe, mas em termos de resultados concretos de negócio geralmente a coisa é meio decepcionante, considerando a alta expectativa que isso causa. Isso ocorre também porque as mídias tradicionais não são interativas, ou seja, o cliente não pode “clicar” na hora e descobrir mais sobre a sua empresa. Comparativamente, uma simples menção ou exposição da sua empresa em um blog ou veículo online do seu segmento pode trazer muito mais tráfego do que uma aparição na TV em escala nacional;
  • Além do tráfego em si, dentro do seu site é muito mais fácil para as pessoas tomarem uma ação concreta de conversão (deixar informações de contato, baixar um material do produto, agendar um serviço etc.);
  • Gerenciar bem uma Assessoria de Imprensa custa dinheiro e requer bastante tempo, recursos normalmente escassos para Pequenas e Médias Empresas. Vale a pena investir esses recursos se o básico do Marketing Digital já está resolvido. Caso contrário, é melhor construir a fundação antes;
  • Os principais colunistas dos veículos tradicionais também estão online (têm blog, Twitter etc.). É possível aos poucos ir criando um relacionamento com eles através de referências, comentários nos textos deles, ajuda com material informativo etc. Antes que você imagine, eles estarão falando gratuitamente sobre sua empresa;
  • Poucas assessorias de imprensa entendem bem como funciona a internet e as mídias sociais e por isso tentam “empurrar” as práticas dos veículos tradicionais para o mundo online (perguntem a qualquer blogueiro famoso o que eles acham de receber uma quantidade enorme de press releases todo dia). Nesse caso, é melhor você mesmo criar os relacionamentos online que precisa e não correr o risco de “queimar o canal”. Além disso, a longo prazo esses relacionamentos se transformam em um grande ativo de marketing da empresa.

Todos esses pontos não excluem o fato de que existem ótimas Assessorias de Imprensa que sabem operar na internet e que podem gerar muito valor para o negócio: com práticas, relacionamentos, mensagem e alcance (como a Pólvora, a Dialetto e a própria Happy Hour, só para citar alguns exemplos). Uma boa forma de avaliar uma assessoria antes de contratá-la é olhar a própria “pegada online” deles. Eles têm um bom site (claro e objetivo)? Produzem bom conteúdo via blog, twitter etc.? Os clientes atuais deles têm uma boa presença na internet?

Por fim, ainda que esse post tenha sido motivado pelo texto do pessoal do Empreendemia,  o Saia do Lugar (blog deles) é um excelente exemplo de como um bom trabalho de criação de conteúdo, relacionamento em mídias sociais e outras práticas de Marketing Digital podem dar muito resultado: em pouco tempo de vida, eles conseguiram criar uma grande audiência que hoje serve como uma “ponte gratuita” para qualquer produto que a empresa coloque no mercado.

Marcadores:

Deixe seu comentário