Blog de Agências de Resultados

O que é benchmarking e como fazê-lo na sua agência?

Benchmarking consiste no processo de busca das melhores práticas em um determinado mercado; saiba como colocá-lo em prática em sua agência.

Imagine que você está estruturando a área comercial da sua agência ou buscando ferramentas que ajudarão sua equipe a ser mais produtiva. Você acha que será a primeira pessoa do mundo a buscar essas informações? Na era em que vivemos fica muito mais fácil nos conectarmos com outras pessoas que já passaram pelos mesmos desafios, ou encontrarmos conteúdos que nos dão as respostas que precisamos.

Sendo assim, o benchmarking é importante, pois permite que empresas façam comparações entre si, avaliando a qualidade dos produtos e serviços que oferecem. Afinal, a maioria dos negócios quer saber como está se saindo em relação à concorrência.

E confunde-se quem pensa que essa prática é restrita aos grandes negócios. Se o seu desejo é se tornar referência ou melhorar seu desempenho, ela pode e deve ser aplicada, independentemente do tamanho da agência.

Neste post, aprenda o que é benchmarking e saiba como fazê-lo em sua agência.

O que é benchmarking

Uma prática rotineira para quem trabalha em agências, o benchmarking é o ato de comparar os processos e métricas de determinada empresa aos de outros negócios, com o objetivo de refinar os próprios.

O termo benchmarking tem origem no inglês benchmark, que significa, em tradução literal, marca de referência. Benchmarking é uma pesquisa sobre as práticas de outras empresas para compará-las com o seu negócio.

Alguns procedimentos do benchmarking são a interpretação, análise e mensuração das informações obtidas. É necessário compreender o que essas referências significam e como beneficiar-se delas.



Agência em Pauta: Como aproveitar os eventos para gerar oportunidades

Neste episódio, trazemos as boas práticas e tudo o que você precisa saber para aproveitar ao máximo todo o potencial do canal na atração de prospects e parceiros estratégicos para seu negócio

Por que fazer benchmarking

Fazer comparações com outras empresas é fundamental para que negócios se desenvolvam. O benchmarking ajuda os profissionais das agências a irem na direção de processos melhores a partir dos insights — obtidos por meio de uma visita ou conversa com uma pessoa de outra agência ou que trabalha na equipe interna da área de marketing de uma organização..

Alguns dos benefícios que a prática de benchmarking oferece para sua agência são:

  • Identificar áreas da sua agência que requerem melhorias;
  • Encontrar práticas bem-sucedidas para aplicar na sua agência;
  • Detectar tendências no setor, o que permite implementá-las e ser precursor;
  • Criar um plano de desenvolvimento com novas estratégias.

Práticas de benchmarking para agências

É possível fazer bencharking de maneira presencial ou remota. Veja mais sobre cada uma das abordagens:

Visitas a outras agências ou empresas

Antes de fazer seu benchmarking, planeje para quando você precisa do resultado. Faça um roteiro de perguntas para saber o que você quer absorver do encontro e mostre que está aberto a receber seu anfitrião na sua agência também, retribuindo a atenção que a pessoa deu para você.

Benchmarking durante eventos

Participar de eventos costuma ser um investimento de tempo e de dinheiro feitos por parte da agência. Sendo assim, como aproveitar ainda mais essa oportunidade?

Se você deseja fazer benchmarking durante eventos, estude-os antes. Entrando no site do evento é possível descobrir quais são as empresas patrocinadoras, quem são os palestrantes etc. Assim, caso você deseje abordar algumas dessas pessoas, terá mais chances.

Depois de pesquisar sobre o evento, defina quais são as dores da agência ou do job que está sendo realizado e avalie quais são os pontos sobre os quais você quer saber mais. Leve sempre um cartão de visita para deixar seu contato e mostrar que pode receber a pessoa em sua agência, e faça contatos que possam render futuras visitas suas também.

A maioria dos participantes conversa com várias pessoas no evento e, ao final, tem um monte de cartões na manga e não se lembra muito bem de quem eram aquelas pessoas. Para evitar isso, sempre carregue uma caneta com você, anote palavras chaves da conversa que você teve no verso do cartão e evite assim esquecer o que você conversou com aquela pessoa.

Faça também contatos depois do evento, enviando emails para manter contato. Agradeça pelo tempo que a pessoa disponibilizou para falar com você, ressaltando o quão produtiva foi a conversa e citando os pontos que foram discutidos e escritos no cartão. Claro, utilize esse momento para tentar marcar uma conversa mais profunda com ela — ou encontrar a pessoa mais recomendada para abordar dentro da empresa em que esse contato trabalha!

Benchmarking digital

Para fazer benchmarking “sem sair de casa”, você pode aproveitar as pesquisas feitas nos diversos setores e utilizá-las para encontrar desafios e oportunidades.

Em primeiro lugar, saiba o que você quer entender: se é o mercado de agências etc. Apure os dados e destaque os principais pontos, encontrando caminhos em que pode aproveitar essa pesquisa. Veja também se consegue contato com quem fez a pesquisa.

Aqui na Resultados Digitais, temos duas pesquisas que podem ajudar você a entender melhor sobre seu mercado. São elas:

Fazendo o benchmarking na prática

Para colocar tudo em prática, independentemente do canal escolhido — seja eventos, digital, em visitas etc. — siga as etapas abaixo:

  1. Selecione as agências ou empresas com quem você quer fazer uma troca de experiências;
  2. Selecione os indicadores, tanto qualitativos como quantitativos, que você deseja investigar mais;
  3. Reúna os dados para análise;
  4. Compare e avalie as informações coletadas;
  5. Avalie quais seus pontos altos e baixos;
  6. Aplique boas práticas descobertas na sua agência.

Conclusão

Para fazer benchmarking, é importante que você esteja aberto. Ao mesmo tempo em que é do seu interesse aprender com outras agências ou empresas, esteja disposto a retribuir, principalmente em conversas presenciais, como eventos.

Bons resultados!

Marcadores:

Deixe seu comentário