O que é Break Even? Entenda como alcançar o equilíbrio financeiro do seu negócio

O Break even é um indicador financeiro fundamental de se acompanhar se você quer manter o equilíbrio financeiro do seu negócio. Saiba mais neste post


O conceito de Break Even é fundamental para qualquer negócio que esteja em busca do equilíbrio financeiro. Mas talvez esse termo seja uma novidade para você, então vamos falar mais sobre ele neste post.

Muitas vezes, iniciamos um negócio sem ter um conhecimento mais profundo sobre alguns conceitos que a contabilidade empresarial engloba. Vai por mim, isso é muito mais comum do que você pode imaginar. Então, vamos começar do básico: você sabe o que é equilíbrio financeiro?

O equilíbrio financeiro é o que traz estabilidade para os seus resultados. E a boa notícia é que entender e encontrar esse ponto de equilíbrio não é complicado.

Mesmo sem conhecimento profundo e específico na área, você consegue encontrar o ponto de equilíbrio da sua agência. Mas para isso é fundamental saber calcular o seu break even.

Leia este post até o final para saber tudo sobre o assunto e como fazer com que o seu negócio tenha uma boa saúde financeira.

Dashboard de gestão financeira para agências

Organize as receitas da sua empresa em uma única ferramenta e tome decisões baseadas em resultados

- Ao preencher o formulário, concordo * em receber comunicações de acordo com meus interesses. - Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de privacidade. * Você pode alterar suas permissões de comunicação a qualquer tempo.

Afinal, o que é Break Even?

Se fizermos uma tradução direta, o significado seria ‘empatar’.

Mas quando trazemos para o mundo da contabilidade empresarial, entendemos que o break even se trata do ponto de equilíbrio de um negócio. Ou seja, quando não há prejuízos e nem lucros.

Toda empresa tem um investimento inicial, e pode demorar um tempo para que o valor seja completamente retornado. Sabe aquele momento em que o negócio começa a recuperar esses valores? Esse é o ponto de equilíbrio, ou melhor, o Break Even.

Mas não é ‘só’ isso. Existe um cálculo que qualquer pessoa pode fazer para encontrar esse importante indicador.

Em um balanço mensal, quando as despesas se igualam às receitas, podemos identificar que o ponto em questão foi alcançado.

E para as agências? Qual é a importância do Break Even?

O sonho de qualquer negócio é ter uma boa saúde financeira. Com as agências não é diferente.

O crescimento do segmento de Marketing Digital e todo avanço tecnológico que testemunhamos todos os dias quando mexemos no celular ou no computador, faz com que o mercado de agências continue em constante ascensão.

Qual é o resultado disso? Por um lado, é bom: gera mais oportunidade para todos. Por outro lado, é ruim: concorrência cada vez maior e muito ‘do mesmo’.

A questão é que muitas agências começam sem um planejamento e, infelizmente, acabam optando pela difícil decisão de encerrar o negócio.

Ter um bom planejamento e estar ciente da importância do ponto de equilíbrio financeiro do seu negócio é fundamental para não ser só mais um em meio a tantas opções.

Ao acompanhar de perto o seu Break Even, é possível entender quais resultados abaixo dele vão significar os prejuízos e quais acima vão significar os lucros.

Conhecer esse indicador financeiro da sua agência também ajuda na precificação dos produtos e serviços oferecidos.

Como calcular o Break Even do seu negócio

O termo ‘calcular’, às vezes, pode até assustar. Muita calma nessa hora! É bem mais simples do que você imagina.

Levando em conta que o Break Even é o valor necessário para cobrir os custos fixos e variáveis de um negócio, precisamos considerar alguns aspectos na hora de calcular.

Para facilitar, vamos usar o exemplo prático de uma agência de Marketing Digital com valores fictícios:

  •         Custo variáveis: custos que a agência tem para executar os serviços oferecidos (R$ 20 mil)
  •         Custos fixos: despesas fixas para a agência funcionar, como aluguel, luz, água, internet e outros (R$ 15 mil)
  •         Vendas: soma do total de vendas da agência (R$60 mil)
  •         Margem de contribuição: preço de venda do serviço oferecido pela agência subtraindo as despesas e os custos variáveis relacionados a ele (R$60 mil – R$20 mil = R$ 40 mil)

Após considerar os aspectos listados acima, é hora de aplicar em uma simples operação matemática:

Primeiro, divida os custos variáveis pelo total da margem de contribuição (lembre que a margem de contribuição é o total de vendas menos os custos variáveis). Depois, divida o valor dos custos fixos pelo resultado dessa divisão. 

Ou seja, custos fixos (R$15 mil) dividido pela margem de contribuição (R$ 40 mil).

O resultado é 0,3. Esse é o seu índice da margem de contribuição.

A partir daí, você só precisará dividir o seu custo fixo (R$15 mil) pelo índice da margem de contribuição que acabamos de calcular (0,3). O resultado é R$ 50 mil.

Logo, R$ 50 mil é o seu Break Even, ou seja, o ponto de equilíbrio financeiro do seu negócio.

De acordo com os aspectos usados nesse exemplo prático de uma agência, esse seria o valor necessário para cobrir todas as despesas da sua agência (fixas e variáveis).

É importante que você entenda que para saber o seu Break Even, basta seguir esse passo a passo acima inserindo os valores correspondentes da sua agência, sejam eles números redondos ou não.

Interpretando os resultados

Após saber qual é o ponto de equilíbrio do seu negócio, é possível analisar os custos fixos e variáveis. Assim, você identifica o que pode ser economizado ou o que precisa ser investido.

Outro ponto importante é que você consegue entender se as vendas dos produtos e serviços da sua agência estão valendo a pena ou se é necessário um ajuste nos preços.

Acredite, com o tempo, isso pode acabar caindo no esquecimento, o que não é saudável para o seu negócio.

Sabendo o seu Break Even, é possível entender exatamente em quais aspectos você ganha ou perde receita.

Te convido a fazer essa reflexão: será que aquele serviço que você já presta há muito tempo aí na sua agência ainda é lucrativo ou já não está mais cobrindo os custos envolvidos?

Para ter a resposta dessa pergunta, você vai precisar calcular o seu Break Even.

Não tem jeito, qualquer negócio precisa de investimento. Nem que seja de tempo.

Então, coloque a mão na massa e boas contas!

Extra: dicas para ter uma boa gestão financeira na sua agência

Aproveitando que estamos falando de saúde financeira, seguem algumas dicas gerais que é recomendável você seguir no seu negócio:

Mapeie e gerencie processos

Seja qual for a área do seu negócio, sem processos, dificilmente conseguirá ter um fluxo de trabalho que traga os resultados esperados.

Processos mapeados permitem identificar falhas e obstáculos que trazem maus resultados e afetam a gestão financeira de forma negativa.

Processos bem geridos otimizam tempo, esforço e investimento.

Planeje sempre

Se para iniciar seu negócio você precisou de um planejamento, para ter uma boa gestão financeira, planejar também é fundamental.

Está pensando em fazer algum novo investimento? Pare, reflita e planeje cada passo necessário para alcançar esse objetivo.

Um bom planejamento operacional permite que você enxergue o ‘todo’ e esteja mais preparado para possíveis contratempos ao longo do caminho.

Olhe para o seu negócio com o foco de sempre melhorá-lo

É muito importante que esse comportamento parta do dono do negócio. Como? Inclua nessa missão condutas como: reduzir os gastos, monitoras as despesas, fazer balanços periódicos, elaborar o fluxo de caixa, entre outras.

Esse é um exercício muito importante para ter uma boa gestão financeira, pois nessa busca constante por melhoria será mais fácil evitar gastos desnecessários. Foque no que gera resultados.

Acompanhe e analise o trabalho e os resultados

Busque sempre revisitar processos e os resultados que eles geram. Acompanhando e analisando de perto, você consegue identificar o que pode ser ajustado para melhorara-los ainda mais.

Sem acompanhamento e análise, dificilmente você conseguirá saber se a sua gestão financeira está sendo assertiva e estratégica para o seu negócio.

Se você deseja colocar todas essas dicas em prática, não deixe de acessar nosso Dashboard de gestão financeira para agências. Preparamos uma planilha para você mapear e acompanhar todo o seu fluxo financeiro e ter maior controle sobre o seu negócio!

Dashboard de gestão financeira para agências

Organize as receitas da sua empresa em uma única ferramenta e tome decisões baseadas em resultados

- Ao preencher o formulário, concordo * em receber comunicações de acordo com meus interesses. - Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de privacidade. * Você pode alterar suas permissões de comunicação a qualquer tempo.

Deixe seu comentário

Comentários