Blog Agências de Resultados

Como trabalhar campanhas criativas na era do marketing para resultados

Uma boa campanha criativa tem o poder de agregar valor ao produto do cliente e de gerar engajamento; veja exemplos da empresa Divertindo e Lanchando

Qual foi a primeira vez que você ouviu falar em Inbound Marketing? Se você se lembra desse momento mágico, parabéns! A minha sensação é a de que essa metodologia sempre existiu.

Minha experiência profissional pré-Inbound é em marketing direto, ramo que tinha o email como uma de suas principais ferramentas. O marketing direto usa uma régua de relacionamento parecida com a jornada de compra, dividida entre quem já tinha comprado o produto, quem não comprava há muito tempo ou quem nunca tinha se interessado.

Essa vivência de segmentação foi decisiva para que eu pudesse entender a importância de conhecer bem o cliente da empresa para a qual minha agência trabalha e como criar campanhas criativas para atraí-lo. Com a experiência, percebi que a criação é importante para despertar a atenção, através de uma mensagem emocionante ou engraçada. Uma boa campanha criativa tem o poder de agregar valor no produto do cliente e gerar um engajamento interessante.

Mas para sua agência estabelecer-se como parceira estratégica do cliente é preciso que ela vá além da criação e trabalhe também com as famosas métricas de verdade — não se pode esquecer delas.

O segredo é alinhar a criação e a performance dentro do projeto para o cliente!

A seguir compartilho com vocês o passo a passo que construímos para a campanha do nosso cliente Divertindo e Lanchando. Tivemos várias sacadas criativas dentro do projeto que contribuíram para gerar mais e melhores resultados!

A campanha

Divertindo e Lanchando é uma empresa com um segmento bem específico: lanchinhos naturais e orgânicos, com opções sem glúten e sem lactose.

Para divulgar a marca, fizemos um planejamento fortemente voltado para as mídias sociais: Facebook e Instagram. Essas redes ajudam a construir relacionamento, prova social, autoridade e presença online.

Mas é o conteúdo criativo que atrai as pessoas para os canais e prende a atenção delas.

Redes sociais

Dividimos a grade em categorias pré-estabelecidas no planejamento. Uma delas é a fun post, com conteúdo criativo na linha branded content, que não “vende” diretamente o produto, mas atrai o público-alvo – totalmente Inbound Marketing, não é?

Segue exemplo de post que teve ótimo resultado, também com baixo investimento de mídia:

O Facebook tem novas funcionalidades, como “marcar produto”, post carrossel, vídeos e álbum de fotos que ajudam a destacar os produtos.

Mídia paga

O investimento em Facebook Ads voltados para cadastro de clientes ajudam a acelerar a geração de Leads. O segredo é colocar uma imagem bem atrativa e falar a linguagem do público-alvo. Segue exemplo de uma campanha que teve um bom resultado com baixo investimento.

Fizemos testes A/B, experimentando novas imagens e segmentações, para descobrir o que performava melhor.

Utilizamos também a opção de cliques para o site, com a funcionalidade “compre já”, direcionando os usuários para o cardápio da Divertindo e Lanchando.

Posts para blog

Descobrimos que os posts para blog viralizam com facilidade ao abordar temas que envolvem alimentação infantil. Para ajudar a criar um conteúdo mais profissional, temos uma nutricionista que nos orienta nos detalhes mais específicos. Enviamos emails para a base com os principais blogs do mês. Segue exemplo de artigo do blog:

Algumas pautas que criamos para o blog da D e L:

  • Cinco maneiras fáceis de fazer uma criança gostar de frutas;
  • Como afastar o perigo da obesidade infantil;
  • Seu filho só quer saber de fast food? Dicas para mudar o foco;
  • Alimentação saudável na infância: uma tendência mundial;
  • Quer mudar a dieta do seu filho? Comece por você;
  • É possível reverter os hábitos de uma criança acima do peso?
  • O que é reeducação alimentar familiar?
  • Refrigerantes: porque você deve evitar;
  • Analisando o case Jamie Oliver e McDonald’s;
  • “Socorro! Meu filho come mal”: dez episódios imperdíveis;
  • Alimentação correta de acordo com a faixa etária;
  • Quinze dicas incríveis que vão mudar a forma como seu filho se alimenta;
  • Por que a criança que dorme mal tende a engordar;
  • Por que alimentação e exercícios devem andar juntos;
  • Festinhas infantis: monte um cardápio gostoso e saudável.

O melhor vem depois: os resultados do trabalho

As ações criativas de atração, tanto nas redes sociais como no blog, acabaram trazendo um alto número de visitantes aos canais. A partir da oferta de conteúdos ricos, em menos de um mês chegamos a 782 novos Leads para um cliente que nunca tinha apostado em digital.

Além disso, com uma boa estratégia de relacionamento graças a construção de fluxos de automação personalizados para cada persona, conseguimos gerar oportunidades qualificadas para a equipe comercial da empresa e até mesmo contribuir para o fechamento de novas contas.

O trabalho surpreendeu e recebemos elogios sinceros do cliente.

“Gostaria de deixar registrada a minha satisfação em ter contratado os serviços desta agência. Estamos iniciando as ações e o trabalho desenvolvido pela sua equipe tem mostrado competência e profissionalismo.  Estamos evoluindo e subindo! Obrigado a todos.” (Agnaldo Bezerra e equipe Divertindo e Lanchando)

Vamos em frente!

Quanto mais você conhece o perfil do público, o que o motiva e o atrai, melhor para fidelizar. Sabemos que a D e L tem ainda um longo caminho a percorrer.  É um trabalho de parceria contínua, que vamos seguir realizando juntos, por muito tempo ainda!

Espero que, ao compartilhar essa campanha, eu tenha ajudado você a pensar em campanhas criativas dentro da realidade dos seus clientes e com alto potencial para geração de resultados! Que tal compartilhar nos comentários os cases de sucesso da sua agência também?


Esse post foi escrito por Yeda Lucia Lins, analista de Marketing Digital na Agência Azul.

 

Marcadores:

Deixe seu comentário