Blog Agências de Resultados

Business Model Canvas: o que é e como usar esse método no dia a dia da sua agência [+ template]

O Business Model Canvas é uma maneira visual de planejar seu negócio; saiba como usá-la em sua agência e baixe um template, que pode ser preenchido para facilitar o trabalho

Você já ouviu falar sobre Business Model Canvas? Se você trabalha em uma agência, é bem provável que sim.

Neste post, falamos sobre como usar essa maneira visual de planejar seu negócio, de forma voltada para agências. Também trazemos um template para você baixar e preencher.



Template do Modelo de Negócios Canvas

Confira o template base para você aplicar o Canvas dentro da sua própria agência

O que é Business Model Canvas

Proposto pelo teórico de negócios sueco Alexander Osterwalder, em 2008, o Business Model Canvas (ou, em português, quadro de modelo de negócios) consiste em um template que auxilia a desenhar modelos de negócios novos ou que já existem.

O mapa visual é dividido em 9 partes, cada uma delas descrevendo um dos itens que formam uma empresa. É uma ferramenta que pode ser usada no cotidiano da empresa de maneira mais informal do que um plano de negócio, por exemplo.

É importante que o Canvas da empresa seja revisado de tempos em tempos para ver se o que foi escrito está sendo cumprido.

Ele pode ser impresso em um papel grande ou escrito em post-its. O importante é que promova a discussão e a análise entre os membros do time.

Quais são os componentes do Business Model Canvas

O Business Model Canvas é formado por 9 divisões:

Segmentos de clientes

É o público-alvo que sua agência deseja atingir. Você vai focar em um segmento específico? Se sim, em qual?

Proposta de valor

Na proposta de valor, você escreve o que a sua agência vai trazer ao mercado que gerará valor  para os clientes.

De acordo com o autor do Business Model Canvas, uma proposta de valor é

Uma visão geral dos produtos e serviços que, juntos, representam valor para um segmento de clientes específico. Descreve a forma como a empresa se ​​diferencia dos seus concorrentes e é a razão pela qual os clientes compram de uma certa empresa e não de outra.

Canais

Aqui você descreve quais são os canais que sua agência vai utilizar para aquisição de novos clientes e para manter um relacionamento com aqueles que já estão na carteira.  

Relação com clientes

Como a agência estabelecerá relações com os diferentes segmentos de clientes.

Fontes de receita

É a forma como a agência ganha dinheiro a partir de diversas fontes de renda.

Principais atividades

Aqui você descreve quais serviços vai realizar para dar conta da sua proposta de valor.

Recursos-chave

São os recursos necessários para realizar as atividades-chave. São importantes para que a agência se mantenha e podem ser de natureza diversa: recursos humanos, intelectuais, financeiros, dentre outros estão inclusos aqui.

Parcerias-chave

São alianças de negócio que complementam os serviços oferecidos pela agência, como serviços que você vai terceirizar, por exemplo.

Estrutura de custos

É como você vai obter receitas por meio da proposta de valor.

Como construir um para sua agência

Para construir um modelo de Canvas para sua agência, comece em segmentos de clientes e decida quem será seu público-alvo. Vale avaliar a possibilidade de trabalhar com um determinado nicho de mercado e ter isso como estratégia de diferenciação.

Pensando em sua proposta de valor, não se esqueça de pensar no propósito do seu negócio e em como você pode fazer para que quem esteja com você (time e clientes) cresça e alcance seus objetivos.

A questão de canais também é importante! Pense que focar somente em um canal de aquisição de clientes em um mercado competitivo pode ser arriscado. Então tente reunir várias opções como indicações, prospecção em eventos, Inbound Marketing etc.

Quando falar de relação com os clientes, lembre-se de que contar com uma área de Customer Success pode fazer total diferença para uma relação saudável e mais duradoura com as empresas.

Por último, a metodologia do Canvas sugere que você explore alguns tópicos relacionados à operação.

Avalie quais são as fontes de receita e pense em quais atividades-chave, ou serviços, você vai oferecer em sua agência. Você oferece campanhas de Email Marketing? Produz conteúdo? Mídias pagas? E como esses serviços estão interligados para gerar os melhores resultados para o cliente?

Quanto aos recursos-chave, não se esqueça das ferramentas. Elas podem ser recursos poderosos para sua equipe se tornar mais produtiva, colaborativa e direcionada a resultados.

Depois, nas parcerias-chave, entenda que por meio de parcerias com outras empresas você pode potencializar seus resultados. Por isso, agências de sucesso sempre devem ter ao seu lado parceiros de confiança e profissionais para oferecer o melhor aos clientes.

Por fim, está a estrutura de custos. E para não se perder nos cálculos, mapeie as métricas que sua agência deve acompanhar.

E você, já pensou em como usar o modelo Canvas em sua agência ou já utiliza?

Compartilhe sua experiência com a gente nos comentários. 🙂

Marcadores:

Deixe seu comentário