Blog Agências de Resultados

Como fazer sua agência crescer?

Não ter medo da mudança é crucial para o crescimento de uma empresa. Para uma agência que visa resultados e os propõe como meta para seus clientes, não é diferente. Os investimentos em Inbound Marketing têm se tornado uma constante, devido às possibilidades de alcance e, logo, aos resultados mais assertivos. Resultado gera retorno, que gera fidelidade. Um cliente satisfeito se mantém vinculado à quem lhe deu leads passíveis à conversão, e que se encontravam em um estágio mais abaixo na “Jornada de Compra”, ou no “Fundo de Funil”.  Esse mesmo cliente, por acreditar na sua empresa, indica seu serviço e investe em sua agência.

1. Inbound Marketing suprível e de qualidade

É importante que sua agência tenha profissionais qualificados e dispostos a dedicar tempo e conhecimento para as áreas de atuação da sua empresa. Um Inbound Marketing de qualidade e completo gera resultados qualitativos. Mais do que a captação de novos clientes, um bom time em uma agência, que esteja conectado com o objetivo de cada cliente, é fundamental para que o caminho seja trilhado de forma crescente. Hoje, várias agências possuem seu foco voltado às redes sociais e blogs, a fim de gerar “conteúdos ricos”, que interessem e atraiam o público certo para cada cliente. Para que blogs funcionem, por exemplo, é necessário que a agência saiba como se comunicar com o nicho específico que cada cliente trabalha, obtendo assim uma proximidade com o público correspondente. Não é só postar em um blog, é “conversar” com quem o lê. O mesmo funciona para Facebook, Ebooks, Emails Marketing, Landing Pages e qualquer outra expertise que sua agência trabalhe. Independente do meio, quem emite a informação precisa fazê-lo de forma objetiva e interessante para que, assim, gere resultados.

2. Comprometa-se com prazos e os cumpra

Quem contrata sua agência depende de resultados para que possa continuar investindo nela. Prazos irreais podem não só desgastar seu time de produção, como também acabar sendo uma “corda no pescoço”.  No momento das negociações e dos planejamentos, seja honesto com quem está contratando sua agência. Administre o tempo de produção de seu time, tenha controle sobre esse tempo para que, assim, consiga determinar prazos possíveis. Quem contrata sua agência vai cobrar o que lhe foi prometido, no prazo que foi prometido.

3. Resultados são cruciais

Uma relação saudável “cliente x agência” se dá quando você apresenta resultados positivos e agradáveis aos olhos de quem contratou seus serviços. Com as possibilidades de segmentações e a quantidade de relatórios mensuráveis que podem ser obtidos digitalmente, tudo que seu cliente espera é a apresentação desses resultados. É importante não só que eles sejam relevantes, mas que estejam expressos de forma didática. Assim como todo o trabalho de Inbound Marketing que foi realizado de forma detalhada e segmentada, deve ser feito também um trabalho minucioso na apresentação das ações realizadas e os frutos colhidos dessas ações. Atente-se ao fato de que nem todos que contratam você entendem o que é ou como funciona o “Inbound Marketing” e suas inúmeras ferramentas. Em geral, empresas que contratam agências buscam resultados em números, seu ROI (Retorno sobre Investimento). É importante mostrar não só a quantidade de Leads gerados, mas também um contexto geral de todo o trabalho desenvolvido. Engajamento, interações, relacionamentos criados e os estágios do funil em que se encontram diversos Leads que podem virar clientes. Apresente aquilo que está visível e palpável, mas não menospreze ou esqueça aquilo que pode vir a se tornar um Lead de “fundo de funil”. Mostra a importância do trabalho de sua agência nesta conversão e, logo, a importância de manter o relacionamento “cliente x agência”.

4. Cliente feliz, é cliente fidelizado (e ponte para novos clientes)

Um cliente que esteja satisfeito com os resultados apresentados, sendo ele um case de sucesso ou não, decidirá por manter a relação com sua agência. Faça com que ele enxergue a necessidade de tê-lo como aliado, e espontaneamente indicará seus serviços para novos potenciais clientes. Isso lhe permitirá não só selecionar clientes que tenham a ver com o nicho de sua agência, mas também, ampliar esse nicho mediante demanda. Porém, tome cuidado no estabelecimento de novas relações, atente-se ao fato de que é necessário uma expressa organização de acordo com a quantidade de relações estabelecidas. Não “puxe” demandas que extrapolem a possibilidade de produção. Saiba dizer “NÃO”!

Por fim, entenda que para que haja um crescimento é necessário esforço, dedicação, estudo e trabalho duro. Os resultados não virão em um estalar de dedos, virão gradativamente e de acordo com o foco que sua agência possui no trabalho desenvolvido. Manter esse foco, ter um objetivo e acreditar nos serviços prestados, é o primeiro passo para que relacionamentos positivos sejam palpáveis e reais. Sua agência pode crescer muito, mas não esqueça: Para que isso aconteça, é necessário trabalhar e investir, muito!

Este guest post foi produzido por Alinne Kindermann e Dérick Caitano. Alinne é head of content e Dérick é content writer na ​Clint.Digital​, empresa vencedora do prêmio Agência do Ano, da Resultados Digitais.

Marcadores:

Deixe seu comentário