Blog Agências de Resultados

Criatividade em tempos de marketing de resultados

Os maiores sites do mundo são os mais feios. Google. Facebook. Youtube. Amazon. Esteticamente, são quase horrorosos. Mas você já parou para pensar por que eles fazem tanto sucesso? Por qual motivo são parte do cotidiano de bilhões de pessoas? Respondo com um desafio: tente comparar o desempenho de mercado destes com alguns dos sites mais bonitos, vencedores de prêmios de publicidade, arte e design internacionais mais recentes. Compare seus valores de mercado e, principalmente, suas performances de marketing e vendas.

Os melhores são feitos com foco na experiência do usuário, funcionalidade e, o principal, resultado. Os mais bonitos são ótimos para ganhar prêmios, agradar diretores de arte e clientes criativos. Mas o seu cliente, mesmo que seja criativo, no fim do mês precisa ter uma balança comercial saudável. Se ele vende, fica feliz. Se fica feliz, investe mais no seus serviços. E nosso objetivo é fazer com que esse ciclo se complete de forma que todos ganhem.

Eu não estou falando que criatividade não importa, criatividade importa sim! Em tempos de “Content Shock”, ou um excesso de conteúdo disponível na internet, a criatividade não é de forma alguma item dispensável. Ela é essencial para diferenciar marcas e ambientes no meio digital. Um conteúdo com texto excelente e um infográfico criativo tem mais chances de permormar melhor do que outro com apenas um texto excelente. O ponto defendido por aqui é que a criatividade sozinha não resolve alguns problemas pouco criativos, como resultados de vendas.  A fórmula ideal é:

 

Criatividade + Inbound Marketing = Resultados

 

Sim, criatividade, funcionalidade e experiência do usuário podem – e devem – andar juntas.

Os clientes querem marcas bonitas, frases criativas e artes impactantes? Sim. Os mesmos clientes querem vender mais, transformar acessos do site em Leads e aumentar ticket médio de suas vendas? Sim… demais!

Imagine três agências concorrendo por uma conta. Vamos supor que todas trabalhem com o mesmo fee:

  • Uma tem foco em branding, criatividade, posicionamento de marca.
  • Outra tem como core entregas de marketing, métricas de desempenho e incremento de vendas.
  • A terceira combina a subjetividade artística da criatividade, expertise em branding, com foco em resultados, métricas e critérios de sucesso do marketing digital.

Do ponto de vista do cliente, aposto que a terceira ganha. Cabe aqui um exercício: sempre que for apresentar qualquer proposta para seu cliente, pergunte-se: qual é o objetivo disso? Quais são os critérios que definirão o sucesso desta proposta/projeto?

O foco claro em resultados é um excelente diferencial. Ainda mais em tempos de crise.

Quando falamos em marketing digital de resultados, não orientamos a deixar de lado a pegada publicitária da coisa. Você pode conciliar um site bonito, uma marca legal e peças criativas com tráfego, Leads e vendas. Como? Abaixo estão alguns bons exemplos:

 

Site com foco em geração de Leads

Clint.Digital Agência de Inbound Marketing

A Clint Digital hoje é um excelente exemplo de como aliar criatividade com foco em desempenho (a imagem acima é apenas parte da sua home). Seu site, mesmo com grande cuidado estético, apresenta uma proposta clara de atuação, modelo de negócio, resultados de clientes e chamadas para ação (CTAs). A responsividade, produção de conteúdo e emprego de iscas digitais também são pontos de destaque e justificam o desempenho de mercado da agência (que vai muito bem, obrigado!).

 

Landing Page que estimula a conversão

LP criativa

Páginas de captura geralmente não precisam de muitos cuidados estéticos. O principal ali são as iscas digitais (conteúdos), e a objetividade tende a ajudar bastante. Porém, um carinho maior com a arte pode ajudar (e muito) no desempenho. No caso acima, da SocialBase, fica claro como um objetivo claro aliado à criatividade pode produzir um ambiente tão eficaz quanto agradável.

 

Email marketing com objetivo claro

Emails são muitas vezes injustamente tratados como o patinho feio do marketing digital. Pera lá! Se o seu email não foi recebido, aberto ou clicado tenho uma má notícia: muito provavelmente a culpa foi sua.

Os problemas mais frequentes são falhas na gestão de contatos, uso de listas compradas, pouca inteligência na segmentação dos destinatários, uso de ferramentas com IP’s comprometidos, mensagens que não consideram perfil de público e estágio no processo de decisão em relação à uma oferta, produto ou serviço. E além disso, pouco empenho na criação de um email atraente aos olhos.

email CTA

Este exemplo da Resultados Digitais é muito bacana, pois, mesmo sem ser dos mais criativos, a campanha saiu do comum e conseguiu passar a mensagem de forma extremamente objetiva – sem agredir os olhares mais esteticamente sensíveis. É um legítimo bonitinho e eficaz!

E então: Vamos combinar criatividade, objetividade e foco em resultados? Seus clientes agradecem (e tenho certeza que o seu próprio negócio também). Você já faz isso? Compartilhe seus cases aqui!

Marcadores:

Deixe seu comentário