Blog Agências de Resultados

Dia do Publicitário: 8 filmes e séries que todo profissional de publicidade e propaganda deve assistir

Para celebrar o Dia do Publicitário, comemorado no dia 1º de fevereiro, selecionamos 8 dicas de filmes e séries que podem trazer inspiração para seu trabalho e sua carreira

Se nas agências a criatividade é pré-requisito, o combustível para que as boas ideias floresçam são as referências que absorvemos de diversos lugares. Isso vai desde uma viagem até uma música, passando por, principalmente, boas histórias.

Para celebrarmos o dia do publicitário, comemorado no dia 1º de fevereiro, selecionamos 8 ótimas histórias para inspirar e provocar você (7 delas estão disponíveis no Netflix). Venha conferir!



Marketing de Conteúdo: o passo a passo para agências

Tudo o que você precisa saber para trabalhar com esse serviço e entregar sucesso aos seus clientes

1. Mad Men

dia do publicitário

Encabeçando a lista, Mad Men é uma das séries mais premiadas dos últimos anos que retrata uma agência de publicidade nova-iorquina nos anos 60.

Don Draper é o personagem central — o diretor de criação gênio-galã cheio de mistério que no fundo guarda algumas inseguranças.  

A agência  — que muda de nome diversas vezes durante a série pelas fusões que sofre com outras agências e troca de sócios — era quem atendia diversas marcas internacionais importantes em uma época na qual o meio publicitário era sinônimo de glamour.  

O enredo contextualiza momentos históricos, como o assassinato de Kennedy, o discurso de Martin Luther King, a Beatlemania e a chegada do homem à Lua, mostrando como esses acontecimentos impactavam a vida dos personagens.

A segunda fase da série traz uma estética mais moderna, passando pela revolução hippie e pela ascensão das mulheres no mercado de trabalho, com as últimas temporadas focando em personagens femininas como Peggy Olson, Betty Drapper e Joan Holloway.

Por que assistir

A série apresenta referências incríveis de figurino e estilo, uma estética inspirada em Hitchcock e 007, além de fotografia e argumentação dos personagens, que fazem valer cada segundo de tempo investido.

Os insights de Don em atividades corriqueiras para resolver os problemas dos clientes e de campanhas é o que todos adoraríamos ter.

Até a abertura da série ganhou prêmios! Na segunda fase de Mad Men, a introdução foi feita pelo publicitário Milton Glaser, americano criador do famoso logotipo I love NY.  O seriado também recebeu o recorde de 17 nomeações ao Emmy, o Oscar da TV, conquistando 9 delas.

2. Fome de Poder

dia do publicitário

O filme conta a história do McDonalds desde os seus primórdios até como o conhecemos hoje.

A lanchonete dos irmãos Richard e Maurice McDonald, no sul da Califórnia, que funcionava com um modelo inovador e fordiano de produção em série, despertou o interesse do vendedor e galanteador Ray Croch.

Croch adquire uma participação no negócio dos irmãos, propõe a expansão do negócio para o modelo de franquias e pouco a pouco os tira da jogada.

Por que assistir

O mundo se divide entre quem ficou revoltado com o filme e quem acha que o Ray foi o canalha necessário para tornar o McDonalds uma das principais redes de fast food do mundo.

Vale assistir para conhecer a construção cultural do comportamento de comer em fast foods pelo qual passou a sociedade americana — e como o McDonalds contribuiu para tornar isso um hábito.

3. Girl Boss

dia do publicitário

A série, inspirada na autobiografia da empreendedora Sophia Amoruso, conta a história de uma jovem politicamente incorreta que se recusa a crescer e começa seu negócio vendendo roupas vintage pelo eBay. Mais tarde, ela funda o seu próprio ecommerce, o NastyGal, que se tornou uma marca milionária.

Por não retratar exatamente a história da personagem, o seriado acabou recebendo algumas críticas. Mas o próprio Netflix traz no início da série que aquela é uma “releitura livre de eventos verdadeiros. Muito livre”.

Por que assistir

O ponto principal nessa série é a inovação do modelo de negócio que existia nos primórdios da World Wide Web, abordando a influência de uma avaliação boa ou má experiência de compra na internet.

A série também traz a persistência na busca por soluções paralelas e criativas para solucionar problemas.

4. Joy

dia do publicitário

Também baseado em fatos reais, o filme conta a história da americana Joy Mangano, uma vendedora de passagens aéreas que resolveu dar uma chance para as suas ideias e inventou um acessório de limpeza totalmente inovador no final dos anos 80.

O filme também mostra as barreiras enfrentadas por uma mulher no mercado de trabalho, que depois de muitos nãos, e muitas decepções teve persistência e se tornou milionária.

Por que assistir

  1. Porque temos a incrível Jennifer Lawrence atuando.
  2. Principalmente para acreditar em uma ideia, ter perseverança em momentos difíceis e crescer com os desafios.

5. Abstract – The art of Design

dia do publicitário

Certamente a minha favorita dessa lista. A série documental do Netflix mostra como funciona o processo criativo de designers que trabalham em diferentes frentes.

Algumas feras são o ilustrador Christopher Niemann (frequente nome em capas de revistas), Paula Scher (que criou marcas como CNN, ShakeShack e Citybank), Ralph Gilles (designer de automóveis e líder global da Fiat Chrysler), Tinker Hatfield (designer de tênis em empresas como Nike) etc.

A série faz um paralelo entre trabalho e vida, mostrando como um aspecto influencia o outro.

Por que assistir

Os designers contam de onde vêm suas inspirações e referências para o processo criativo. Também falam sobre como se libertar de amarras criativas e pensar de uma forma nova.

6. House of Cards

dia do publicitário

Jogos políticos são o tema de House of Cards, que é uma das mais bem-sucedidas dos últimos tempos.

Francis Underwood, um ardiloso político traído pelo presidente que ajudou a eleger, traça um plano para chegar a presidência dos Estados Unidos apoiado pela esposa Claire Underwood.

Na trama, passa a buscar importantes aliados seja por meio de chantagens ou de interesses em comum.

Por que assistir

A série traz uma lição importante para o mundo dos negócios: descubra qual o real interesse dos seus stakeholders e negocie a partir disso. Da mesma forma, identifique suas personas.

7. Her

dia do publicitário

Na história, o escritor Theodore se apaixona pela voz da assistente pessoal do seu computador. O filme explora a relação do homem com a tecnologia (inteligência artificial), e questiona os seus limites.

Por que assistir

Pode parecer um tanto surreal, mas se pensarmos que já existem assistentes que usam machine learning para aprender mais sobre nossos gostos e falar sobre o que nos interessa, essa era está chegando. Tanto com chatbots como com assistentes pessoais.

8. Black Mirror

dia do publicitário

Black Mirror é daquelas séries que você assiste e pensa: “que louco, isso nunca vai acontecer”. Depois se dá conta que por mais absurdas que as coisas sejam, é possível que aconteçam.

A série vai do bizarro ao genial em segundos, causando uma confusão mental a cada episódio. Trata principalmente de questões contemporâneas e das consequências imprevisíveis, relacionando conflitos à soluções pouco éticas ligadas a tecnologia.

Por que assistir

A série explora como as pessoas usam a tecnologia no dia a dia com intenções boas a ruins, o que dá insights de comportamento muito valiosos.

E aí, curtiu nossa lista? Já assistiu a alguns deles ou tem uma dica pra aumentar nossa lista? Manda aqui nos comentários!

Marcadores:

Deixe seu comentário