Blog Agências de Resultados

Linguagem corporal: 11 dicas para desenvolver o lado não verbal da sua comunicação e ter uma presença poderosa

Conheça essa técnica de comunicação, aplique-a no seu processo de vendas e melhore o seu desempenho nos fechamentos

Você sabia que a primeira impressão que alguém forma a seu respeito está diretamente ligada a uma linguagem corporal positiva. Tornar-se consciente de seus gestos, expressões e tom de voz para garantir que passem uma mensagem positiva, poderá atrair pessoas facilmente.

A aplicação desta forma de se comunicar pode fazer toda diferença quando se busca gerar confiança e construir relacionamento com clientes.

Para isso, baseado no texto Gustavo Paulillo do Agendor, selecionamos 11 importantes dicas sobre a linguagem corporal para vendas que irão ajudar você a aumentar o seu desempenho.



Agência em Pauta: Dicas práticas de negociação para você conquistar novos clientes

Saiba como conduzir uma negociação matadora e lidar com objeções de tempo, preço e conhecimento sobre Marketing Digital

1. Faça contato com os olhos

Manter um contato com os olhos pode ajudar muito na reunião com o seu prospect. Isso acontece, pois o olhar transmite atenção e confiança, fundamentais para reuniões de negociação, por exemplo.

2. Mantenha seu rosto na direção do prospect

Ao manter um rosto voltado para quem você está conversando, você irá garantir sua atenção e fazer com que o prospect perceba o seu interesse no que ele está comunicando.

Por isso, evite ao máximo desviar sua atenção para outros pontos da sala para não parecer distraído e não causar uma impressão negativa.

3. Demonstre expressões faciais simpáticas

Ao demonstrar boas expressões faciais com o seu prospect, você garante que ele perceba seu envolvimento na conversa. Para isso, mantenha um rosto sintonizado na conversa de forma simpática, mas sem parecer impessoal demais. A dica é sorrir e levantar as sobrancelhas para demonstrar o interesse.

4. Mantenha um tom de voz direto e natural

A sua voz pode dizer muito sobre o tom da conversa, assim como a confiança que o prospect terá com você. Por isso, foque em finalizar as frases com inflexão para cima, por exemplo, pois isso demonstra empolgação.

5. Faça um aperto de mão amigável

Nas reuniões com prospects, é comum que você inicie e termine com um bom aperto de mão, certo? Nossa dica aqui é apenas para lembrá-lo de apertar a mão do seu prospect com firmeza, sem muita força, mantendo o contato visual enquanto o aperto de mão durar.

6. Gesticule com as mãos

Para se posicionar como autoridade no seu mercado e ganhar poder numa reunião é importante manter uma boa presença, por meio dos seus gestos.

Entretanto, tenha atenção ao tipo de gestos. O ideal é que os gestos sejam coerentes com o que você está falando, de forma que a linguagem verbal e não verbal estejam em sintonia. Os gestos também podem ajudar nas marcações de fim de fala.

É bem importante evitar alguns vícios como mexer no cabelo o tempo todo. Isso pode indicar ansiedade e falta de confiança.

7. Faça gestos de poder

Para ganhar autoconfiança numa reunião e aumentar suas chances de ter sucesso é importante ter uma boa presença, por meio de gestos de poder. Para isso, a dica é manter ombros e peitos abertos, por exemplo.

8. Tenha uma boa postura

Ao desenvolver uma boa postura em suas reuniões, você demonstra confiança ao seu prospect e garante um maior engajamento com ele.

Por isso, sugerimos sempre sentar-se ereto na cadeira, com as costas contra o encosto, além de manter os ombros para trás, peito para frente e pés no chão. Outra dica é se inclinar um pouco para a frente para sinalizar um envolvimento na conversa. Não esqueça de tomar cuidado com suas mãos, mantendo-as cuidadosamente dobradas em seu colo ou ao seu lado.

9. Vista-se adequadamente

Para ganhar credibilidade com o prospect, é importante se vestir de forma adequada de acordo com a ocasião.

Recentemente, publicamos no blog de agências um post sobre as lições da série Suits que traz algumas dicas bem relevantes em termos de vestimenta. Um dos maiores recados é que vestir-se bem não quer dizer que em toda reunião você deve estar de terno e gravata, ou de salto alto. Quer dizer que vale adequar-se ao traje do ambiente do seu cliente.

10. Crie rapport

Ao criar rapport, você consegue gerar uma empatia com o seu prospect, o que aumenta as chances dele fechar uma negociação. Neste post exclusivo sobre rapport, você encontra várias dicas relevantes para conduzir uma boa reunião.

11. Seja proativo

Ao tomar iniciativas na conversa com o seu prospect, você demonstra confiança e liderança. Por isso, seja sempre o primeiro a apertar a mão e abrir a pauta da reunião.

Agora que você já sabe quais são as dicas mais importantes para ter uma boa linguagem corporal em vendas, confira a seguir como ela também pode mudar os seus hábitos no dia-a-dia.

O Poder da Presença, de Amy Cuddy

Segundo a psicóloga social Amy Cuddy, a linguagem corporal pode mudar a maneira como nos vemos e transformar sua mente, seu comportamento e os resultados na sua vida. Esta conclusão foi feita a partir de um estudo no qual ela mesma foi protagonista.

No início de sua carreira universitária, Cuddy sofreu uma lesão grave na cabeça em um acidente de carro e os médicos disseram que ela teria que lutar para recuperar sua capacidade mental e até mesmo conseguir terminar sua graduação.

Como Amy Cuddy tinha um alto QI, antes do acidente, estava pronta para provar que eles estavam errados. Por meio da aplicação da técnica em sua vida, hoje ela é professora e pesquisadora de Harvard Business School, onde estuda o comportamento não-verbal e as consequências de julgamentos precipitados sobre as pessoas e como isso as afeta em suas vidas.

Ela também é autora do livro “O Poder da Presença”, no qual relata como a utilização da postura do poder pode influenciar os outros e até mesmo o seu próprio pensamento para alcançar seus objetivos. Em sua palestra no TED Talk, ela relata sobre o seu estudo e a técnica utilizada, que compartilharemos aqui para ajudar você também a transformar qualquer evidência de mindset fixo para um mindset de crescimento.

Em seu estudo, Amy Cuddy afirma que “fazer poses de poder” pode aumentar os níveis de testosterona e diminuir o cortisol, permitindo que você consiga se sentir poderoso, ter mais confiança sobre seus atos e maiores chances de sucesso. E o que é ser poderoso? Aqui listamos algumas características.

Afinal, o que são pessoas poderosas?

Pessoas poderosas são mais assertivas, confiantes, otimistas, sabem que vão ganhar um jogo e por isso, correm mais riscos. Já as pessoas não poderosas são caracterizadas como errôneas, inseguras, pessimistas, sabem que vão perder o jogo e não correm riscos. Para entender o que está por trás dessa química, Amy explica o que é a linguagem corporal na natureza animal e humana.

Sabemos que poses de expansão e abertura dos membros do corpo quando feitos naturalmente, são reflexo do poder que um animal ou pessoa está sentindo no ambiente em que se situam. O contrário acontece quando um ser se encontra em desvantagem no ambiente: o seu corpo se retrai e os membros se cruzam. Com isso, conseguimos perceber quando uma pessoa está dominando uma situação ou não.

Mas a pergunta que a Amy traz é: o que você faria se você estivesse na posição de desvantagem diante de uma situação com alguém que demonstra poder, por meio da linguagem corporal?

A resposta é: engane você mesmo!

Isso significa que da mesma forma que nossas expressões corporais determinam como as pessoas pensam sobre nós, é possível que nossas expressões corporais determinem como nós pensamos sobre nós mesmos.

Curioso, né? Vamos dar alguns exemplos!

Um exemplo prático disso é quando estamos felizes. A tendência é que você sorria, certo? Muito bem. Mas você já pensou no contrário? Se você começar a sorrir por um tempo sem motivo algum, a tendência é que você comece a ficar feliz.

O mesmo raciocínio pode ser aplicado para aumentar o seu poder sobre uma situação:

Se você demonstra poder, naturalmente o seu corpo tende a ser expansivo, como explicamos anteriormente. Mas caso você queira ter poder e expressar pelo seu corpo, a tendência é que você se torne uma pessoa poderosa.

Em sua palestra, Cuddy afirma que com esse raciocínio é possível entender que nossas mentes e pensamentos mudam nosso corpo, assim como nossos corpos mudam nossas mentes e pensamentos. Pela química do corpo, uma pessoa que demonstra poder, além de ter alta testosterona e baixo cortisol, também sabe reagir com seu corpo e mente, diante de uma situação de estresse.

É aí que se aplica a técnica estudada pela Amy Cuddy. A ideia é você mude sua postura corporal diante de desafios e situações de estresse com apenas 2 minutos, fazendo as poses de poder para aumentar a sua autoconfiança e suas chances de ter sucesso em seu desafio.

Esta técnica está alinhada também com seus pensamentos positivos sobre uma situação, por meio da inteligência emocional. Por isso, é importante sempre lembrar de aplicá-la com a vontade de estar presente num lugar, ou seja, fazer as coisas com mais entusiasmo, paixão, confiança e autenticidade. Os resultados costumam superar as expectativas. E você já pensou onde pode aplicar esta técnica, além das vendas?

Aqui destacamos que no trabalho você pode conseguir grandes resultados, assim como apresentação de palestras, reuniões importantes, entre outras situações de estresse ou desafios que você enfrenta em seu dia a dia na agência. E a receita deste segredo é simples: Não finja até conseguir algo! Finja até você se tornar algo. Faça de tudo para você se tornar algo que deseja e internalize no seu corpo. O resultado será que a linguagem corporal poderá moldar sua mente e os resultados na sua vida.

E agora que você já aprendeu diversas dicas, tente colocar em prática aos poucos e analise os resultados conquistados.

Vamos lá?

Marcadores:

Deixe seu comentário