Blog Agências de Resultados

Marketing de nicho: veja benefícios de atuar com públicos específicos e dicas para começar

O trabalho com um nicho específico pode trazer vários benefícios para seu negócio, contribuindo com as etapas de atração e geração de oportunidade; saiba mais

Marketing de nicho consiste em oferecer serviços a um nicho do mercado, atingindo as necessidades de um público-alvo específico. Trabalhar com marketing de nicho pode ser um grande diferencial, pois com o tempo sua agência ganha cada vez mais autoridade no assunto e se torna uma referência no mercado escolhido.


Quem trabalha nesse meio sabe: em cada esquina está surgindo uma agência que oferece serviços de Marketing Digital. E não é à toa, isso acontece porque existe público para elas. Empresas de todos os tamanhos e segmentos estão mais atentas às entregas que essas agências podem oferecer e indo atrás de um bom fornecedor. E no meio desse mar de agências digitais, o que faz a sua ser diferente e merecer ser escolhida?

Claro, uma equipe talentosa, a entrega de um serviços de qualidade, foco em resultados importantes para o negócio do cliente e saber fazer uma boa venda da sua agência contam pontos. Mas talvez você não tenha explorado uma outra possibilidade: e se você trabalhar com marketing de nicho?

Marketing de nicho consiste em oferecer serviços ou produtos a um nicho do mercado, atingindo as necessidades de um público-alvo específico. Não é uma decisão que se toma de uma hora para a outra, mas existem algumas vantagem nessa escolha.

Maratona de Marketing Digital para Agências focadas em nichos

5 webinars onde diferentes líderes de agências discutem boas práticas e estratégias digitais para clientes das áreas de saúde, educação, varejo, imobiliário e ecommerce

Por que trabalhar com marketing de nicho é vantajoso?

O trabalho com marketing de nicho pode ser um enorme diferencial. Com o passar do tempo sua agência tende a se especializar em um segmento específico, ganhando cada vez mais autoridade sobre o assunto e se tornando referência no mercado escolhido.

Vejamos abaixo alguns nichos/segmentos que as agências se especializam, de acordo com o Panorama das Agências Digitais 2019:

Mas quais são os principais benefícios de atuar com marketing de nicho? Confira a seguir.

Permite conhecer os desafios e a linguagem do cliente

A estratégia de nicho permite que você conheça profundamente o seu público-alvo. E conhecendo o cliente, você vai conseguir entender melhor quais são as suas dores, seus problemas e desafios, e como a sua agência pode atendê-lo da melhor maneira. Além disso, você aprende a se comunicar com esse cliente. Entende qual é a sua linguagem pois passa a fazer parte do universo particular dele.

Facilita as indicações e aumenta a credibilidade

O marketing de nicho facilita também as indicações e sua credibilidade no segmento de atuação. Em geral, os profissionais de uma mesma profissão conhecem outros da mesma área e podem indicar os seus serviços. Além disso, profissionais e empresas da mesma área veem com bons olhos agências que já atenderam seus parceiros ou até mesmo concorrentes, porque isso demonstra o conhecimento especializado da sua agência.

Proporciona um ganho de diferencial de mercado

Ao se especializar em um nicho, naturalmente você ganha um diferencial competitivo de quem atende diversos públicos. E consequentemente, seu serviço pode ser mais valorizado e você pode cobrar mais por isso.

4 Dicas de ouro para sua agência atuar com marketing de nicho

Gostou das oportunidades que esse tipo de trabalho oferece e está pensando em nichar a sua agência? Então anote as dicas abaixo para não esquecer:

1. Verifique a rentabilidade do nicho

Antes de iniciar qualquer trabalho em um nicho específico é necessário verificar o tamanho do mercado no qual você pretende atuar. Existem algumas perguntas que você deveria fazer a si mesmo antes de iniciar um trabalho de Inbound Marketing para o nicho que você escolheu:

  1. Qual o potencial econômico desse nicho?
  2. Ele está em alta no momento?
  3. Qual o tamanho desse meu mercado? Quantas empresas existem nesse segmento?
  4. O Inbound Marketing realmente consegue gerar resultado para esse nicho?
  5. Quem são meus potenciais concorrentes?

Você pode responder essas perguntas através de benchmarking, pesquisas de mercado, pesquisas de rua (quando a pandemia passar, ok), pesquisas divulgadas em revistas e jornais, análise de SWOT, etc.

Depois de responder todas essas perguntas, se você perceber que realmente faz sentido a sua empresa atender esse mercado específico, é o momento de iniciar a prospecção de clientes para posteriormente realizar as primeiras abordagens comerciais.

2. Torne-se referência sobre o seu segmento

Tornar-se referência em um segmento não é uma tarefa fácil; você precisa ser muito bom naquilo que se propõe a fazer. Somente assim as pessoas verão você como autoridade no assunto. Para chegar lá, dois passos são necessários:

Busque conteúdo e estudar

Antes de iniciar a produção de conteúdos ricos para o seu público, é importante buscar os conhecimento de pessoas que já são referências neste segmento.

Por exemplo, se você é do ramo imobiliário, procure saber quem são os experts nesse segmento. Quais livros sobre imobiliaria eles leem? Qual site eles acessam? Existe algum curso de referência? Partindo desse princípio, fica muito mais fácil saber onde sugar um conhecimento profundo para produzir um ótimo conteúdo para o seu público alvo.

Lembre-se: você produz melhor aquilo que sabe. 

Produza conteúdo

Um dos passos básicos para ser visto como referência é a publicação de conteúdos relevantes para a sua persona. Algo que venha de encontro com suas dores e necessidades no momento certo e na hora certa.

Faça uma pesquisa para saber em que meio de comunicação seu público está: Facebook, Instagram, Linkedin, outros. Feito isso, também procure entender como a sua persona costuma consumir esse tipo de conteúdo (vídeos, artigos, eBooks, pesquisas, quiz, áudio post, podcast, gráficos, infográficos). Assim você terá um bom ponto de partida para saber qual tipo de conteúdo produzir e onde disponibilizá-lo.

O passo seguinte é fazer isso com cadência e constância. Não seja uma empresa que publica um conteúdo esporádico a cada mês e de forma desorganizada. Tenha um calendário e se proponha a publicar um conteúdo por semana, por exemplo. Torne isso um hábito para a sua empresa e, com o passar do tempo, intensifique as publicações. Mas tome cuidado para não sobrecarregar o seu potencial cliente com muita informação!

Outro ponto muito importante quando queremos ser referência é conseguir entregar aquilo que foi prometido ao seu cliente final e fazer com que ele se torne um advogado da sua marca. Se isso for atingido, tenha certeza que ele indicará a sua solução para todas as pessoas que tenham um problema igual ou semelhante ao dele.

3. Tenha uma boa equipe de experts

A partir do momento que você decide trabalhar em um segmento específico, necessariamente precisará contar com pessoas que entendam e conheçam sobre esse nicho; afinal, os resultados dependem dos desempenhos dessas pessoas.

Mas não se engane, ter profissionais de alta performance pode custar um pouco mais caro que o normal. Então esteja preparado para investir no momento de contratar profissionais qualificados.

Se seu negócio é de pequeno ou médio porte, você pode começar contratando um profissional “multitarefa”, ou seja, um colaborador com um perfil mais generalista e que tenha um conhecimento amplo sobre o segmento.

À medida em que seu negócio crescer e a demanda também, você pode aumentar e especializar as equipes, contratando profissionais cada vez mais qualificados para funções específicas.

Se olharmos para os três principais fatores pelos quais os clientes contratam uma agência, eles são: credibilidade no mercado, foco na entrega de resultados e especialização em alguma oferta.

Fonte: Panorama das Agências Digitais

Isso nos mostra que a cada ano as agências estão sendo avaliadas pelo nível de qualidade das suas entregas, o que reforça ainda mais a qualificação dos profissionais que devem compor a sua equipe.

4. Participe e patrocine eventos do seu segmento

A famosa frase “quem não é visto não é lembrado” se faz presente quando o assunto é estar no mesmo lugar em que o seu público alvo/persona está.

É super importante fazer parte dos eventos, workshops e treinamentos dos seus potenciais clientes, pois são nesses momentos que você começará a conhecer e entender um pouco melhor sobre como ele se comporta. Quanto mais próximo você estiver, maiores são as possibilidades de você:

  • Aumentar seu network com pessoas do segmento que você atende;
  • Conhecer as particularidades do cliente deste segmento;
  • Entender a fundo quais são seus verdadeiros problemas;
  • Identificar possíveis soluções e melhorias no seu produto/serviço;
  • Saber quais conteúdos seus potenciais clientes gostariam de consumir.

Nesse momento de pandemia, não esqueça que os eventos e workshops continuam rolando, mas em ambiente virtual. Então esteja presente! Apresente sua agência em fóruns de discussão, participe, e se faça ser visto.


E você, já trabalha com marketing de nicho? Conta pra gente nos comentários!

Marcadores:

Deixe seu comentário

Comentários

Um comentário

  1. Guilherme Scartezini

    Muito bom.