Blog Agências de Resultados

Mídias sociais: como entregar resultados para os seus clientes

Vá além de curtidas e seguidores! Saiba como alinhar esses canais com os objetivos do cliente e trazer resultados realmente importantes para ele

Todo mundo que trabalha com publicidade já ouviu, pelo menos uma vez, a famosa frase creditada a Lord Leverhulme: “Eu sei que metade do meu orçamento para publicidade é desperdiçado, só não tenho certeza de qual metade”. Bom, você não quer que o cliente pense que a sua agência está desperdiçando o dinheiro dele, né?

Já falamos isso algumas vezes, mas nunca é demais: hoje o que importa é o marketing de resultados – especialmente financeiros – e os prestadores de serviços que estão percebendo isso mais rápido estão saindo na frente. O mercado caminha cada vez mais na direção de uma convergência entre as áreas de marketing e vendas. Todo canal importa, todo investimento precisa ter seu resultado comprovado.

Agência em Pauta: Como gerar resultados que impactem no bolso do cliente

Descubra como a oferta de serviços de Marketing Digital vai ajudar você a apresentar métricas de verdade e se tornar um parceiro estratégico dos seus clientes

Mas antes… o por quê!

O marketing pode – e deve – ser a máquina propulsora de novos negócios para a empresa e muitos clientes investem recursos nos seus serviços por entenderem isso. Na verdade, muitos deles sabem o que está sendo feito e como está sendo feito, mas pouquíssimos sabem o por quê está sendo feito. É aí que você, como profissional de marketing e publicidade, deve ajudá-los.

O que a maioria das agências entregam hoje? Seguidores, compartilhamentos e curtidas. São métricas importantes? Sim, ter bons números nesse aspecto é excelente. Mas elas são métricas-chave? Estão ajudando o cliente a aumentar sua receita? Está claro para ele o impacto da sua entrega no bolso dele? Ou ele corre o risco de achar que está desperdiçando dinheiro?

Perguntas são a chave de um ótimo planejamento, e no marketing digital não é diferente. Se sabemos os objetivos do cliente com nossas ações online, sabemos fazer o uso das mídias para casá-las com esses objetivos. Então, antes de criar perfis e começar qualquer postagem, alinhe objetivos e expectativas com seu cliente. Alguns exemplos de objetivos são:

  •       Aumentar o tráfego do site/blog do cliente;
  •       Gerar Leads;
  •       Aumentar a credibilidade da empresa (se tornar referência numa área);
  •       Criar relacionamento mais próximo dos clientes, aumentando feedbacks (e usando estes feedbacks);
  •       Oferecer mais um canal de atendimento ao cliente. Provavelmente alguns clientes acham mais confortável entrar em contato por Facebook e Twitter do que escrever um email ou ligar. Esteja atento.

Táticas que trazem resultados nas mídias sociais

Após você ter definido os objetivos estratégicos, é hora de pensar nas táticas para alcançá-los. Trago alguns exemplos práticos:

  • O cliente lançou algum conteúdo rico (webinars, whitepapers, infos, manuais)? Divulgue a Landing Page nas mídias para vender o conteúdo e impulsionar a geração de Leads. (Criar anúncios para isso também ajuda a aumentar o alcance);
  • Saiu post novo no blog do cliente? Publicar esse conteúdo é uma possibilidade a mais para gerar tráfego e compartilhar algo de interesse do público!

post no fb

  • O Twitter é muito importante para quem quer ser referência. Muitos usuários utilizam para seguir – e repassar – tendências relacionadas ao negócio do cliente.
  • Casos B2C (em especial e-commerces e produtos sem venda complexa) têm mais liberdade para usar esses canais para a venda direta de produtos, direcionando para a página com o que o usuário precisa. Nos demais casos, use com moderação ;).

fb ecommerce

Apesar de o objetivo final ser sempre vendas, saiba que o consumidor tem uma jornada de compra que deve ser respeitada. E se ele não estiver “pronto” é muito provável que você não entregue o resultado esperado com suas postagens, o que é ruim para sua agência. Dica: na hora de pensar conteúdos, use a jornada de compra do consumidor e decida aplicar ações específicas para cada fase.

Além disso, é preciso alguns cuidados para que a comunicação seja dirigida ao público certo: mapeamento de personas e como falar com elas é importante. Mais importante ainda é saber quais mídias sociais se relacionar com elas. Tenha isso bem definido! É a garantia que a mensagem seja assertiva (= ROI). Crie um documento oficial de relacionamento com o consumidor.

Como provar os resultados das mídias sociais?

Que tal entregar mais do que curtidas, compartilhamentos e número de comentários? É possível analisar outros resultados! Há ferramentas no mercado que ajudam a ver tráfego gerado pelas redes sociais (mesmo o Analytics, que é gratuito), quantas conversões (Leads) vieram dessas fontes e quantas vendas foram feitas por visitantes que vieram desses canais.

Ou seja, você consegue analisar cada taxa de conversão do funil de vendas para focar em eventuais melhorias. Um report desse tem um impacto mais importante para seu cliente, não?

É o fim da criatividade? Não.

Muitas pessoas confundem Inbound Marketing com o fim da criatividade. Este é um pensamento extremamente equivocado. A criatividade sempre será um importante diferencial de seu trabalho, isso nunca mudou. O que está mudando é a maneira e onde aplicar essa criatividade.

Tenha em mente que a estratégia é o marketing de resultados financeiros, mas o que garantirá o sucesso é você saber aplicar as táticas de maneira criativa. Saber chamar, efetivamente, a atenção do consumidor através de ações e conteúdo relevante é um ativo intangível. Use isso ao seu favor. E lembre-se: você tem o melhor emprego do mundo!

Marcadores:

Deixe seu comentário