Blog Agências de Resultados

Estagiários: por que eles são colaboradores estratégicos na sua agência

Muito mais do que meros assistentes, estagiários podem ser o seu braço direito. Descubra nesse post as vantagens e tudo o que você precisa saber antes de contratá-los

Se ao escutar a palavra estagiário você ainda pensa em alguém que serve para fazer café e que só comete erros dentro da empresa, trago notícias: você está com uma visão enganada. Nesse post, você vai descobrir como contratar estagiários pode ser um win-win de sucesso. Confira a seguir!

Você com certeza já ouviu a expressão “do it like a girl” ou “do it like a dude”. Aqui na Resultados Digitais, minha líder adaptou essa expressão para do it like an intern.

Isso serve para reforçar a ideia de que estagiários aqui dentro são tratados de igual para igual. Afinal, somos cobrados tanto quanto qualquer outro colaborador.

Não é porque nossa jornada tem algumas horas a menos, que trabalhamos menos; temos nossas próprias métricas para responder e entregas para realizar, e elas são tão importantes quanto as dos demais funcionários da empresa.

Nas palavras do nosso CEO, Eric Santos:

Sempre acreditei em programas de estágios como uma grande estratégia de atração e formação de talentos, e uma prova é o fato de que diversos fundadores e gestores da Resultados Digitais foram meus estagiários em negócios anteriores.

Nas próximas linhas, contarei mais sobre o que você precisa saber e levar em consideração na hora de contratar esse tipo de colaborador na sua agência, além de compartilhar também um pouco da minha própria experiência aqui na Resultados Digitais. 🙂

Kit: Contratação de profissionais qualificados para sua agência

Confira 5 materiais que vão te ajudar a trazer apenas os profissionais certos para o seu negócio

Como a atividade de estágio não é contemplada pelo regime CLT, não existiam leis que a regulassem no Brasil. Isso mudou em 2008, com a sanção da lei nº 11.788 (também conhecida como Lei do Estágio), que passou a estabelecer normas até então inexistentes para o estudante, como: direito ao recesso acadêmico, auxílio transporte e limite à jornada diária de trabalho.

De acordo com a CIEE (Centro de Integração Empresa Escola), no primeiro semestre de 2018, o número de vagas desse tipo de atividade aumentou em 13,4%. Cada vez mais empresas estão investindo em programas de estágio para encontrar novos talentos, como é o caso do Google, Facebook, Ambev, e aqui da Resultados Digitais, cujo programa é o Vale do Início.

Se você está pensando em incorporar essa prática na sua agência, a seguir trago alguns pontos que você precisa ter em mente antes de seguir adiante.

O que você precisa saber antes de contratar um estagiário

1. Estagiários são estudantes

A Lei do Estágio introduziu algo até então inédito: o TCE (Termo de Compromisso de Estágio). Esse documento é o que cria o vínculo entre estudante, instituição de ensino e empregador. Nele, são envolvidas as assinaturas do estagiário, do coordenador de estágio do seu curso, e do seu responsável na empresa.

Um dos objetivos do TCE é garantir que os estagiários de nível superior estejam matriculados em alguma universidade para poder estagiar. E, com isso, reforçar que antes de serem estagiários, eles são estudantes. Ou seja, devem cumprir uma certa carga horária de aulas, provas, e outros compromissos a serem resguardados.

Sabendo que esse colaborador possui uma jornada dupla de trabalho, você deve ter em mente que terá maior chances de contratar um bom estagiário se oferecer benefícios como flexibilidade de horário. Horários restringidos costumam dificultar muito a vida de quem trabalha, estuda e, muitas vezes, depende do transporte público para se locomover.

Aqui na RD, por exemplo, tenho o compromisso de cumprir 30 horas semanais, mas tenho uma flexibilidade de distribuição dessas horas na semana; tudo é acordado previamente com a minha líder. Meus horários de entrada e saída variam ao longo da semana de acordo com as aulas que tenho no dia, mas sempre cumprindo a carga horária total. Essa flexibilidade foi uma das coisas que mais me chamou a atenção para a vaga.  

2. A maior intenção de um estágio é ganhar experiência

Em grande parte dos casos, o estágio é a porta de entrada que o estudante terá para o mercado de trabalho. É o momento em que ele vai entender como a sua agência funciona, iniciar seu networking, e se inserir nesse meio.

O que isso quer dizer na prática? Aprendizado! E é aqui que entra a sua responsabilidade.

Ao contratar um estagiário, você deve saber que terá que ter recursos para ensiná-lo e supervisioná-lo. Por isso, dedique um tempo e esteja pronto para ser o seu mentor, ajudá-lo com um plano de desenvolvimento de carreira etc.

Se você notar que o trabalho dele está começando a ficar monótono, isso é um mau sinal.

Sua missão é encontrar novos meios de desafiá-lo e de fazê-lo crescer, como indivíduo e como profissional. Claro que iniciativas também devem partir dele, mas o seu papel é proporcionar um ambiente no qual ele esteja constantemente aprendendo e se desenvolvendo junto ao negócio.

Uma dica muito válida é: na hora de contratar, não se apegue tanto nos conhecimentos técnicos que o candidato possui. Atente-se mais em identificar se os valores dele estão alinhados com o da sua agência e se ele tem o perfil de alguém que quer se desenvolver. Isso é algo que levamos muito em consideração aqui na RD.

3. As razões certas para contratar estagiários

Participei de diferentes processos seletivos e passei por algumas empresas antes de chegar na RD. E o que vi aos montes no mercado foram empresas buscando alguém com conhecimento técnico e experiências de um profissional nível júnior ou sênior, porém para ser chamado de estagiário e receber menos benefícios.

Não preciso me alongar muito e dizer que não é bem por aí que a coisa deve acontecer, né?

Colocar um funcionário dentro da sua agência pelos motivos errados, além de não beneficiar nenhum dos lados, pode manchar a sua imagem. O colaborador sente quando não é valorizado ou quando estão lhe tirando vantagem, e isso o tornará um mau advogado do seu negócio.

Então, se você decidir contratar um estagiário, contrate pelas razões certas. Entenda que ao colocar esse colaborador para dentro do seu negócio, você está investindo não só na carreira dele, como também na sua própria agência, pois com certeza se ele tiver um bom desempenho e acompanhamento o resultado será um win-win de sucesso.  

Por que você deve ter estagiários na sua agência

Bom, agora que você já tem alguns pontos cruciais em mente, vamos falar sobre as vantagens de se investir em estagiários.

A maioria faz parte da Geração Y

Concebidos na era digital e da ruptura com modelos tradicionais, esses jovens estão reinventando o mercado de trabalho, sempre buscando novas (e melhores) formas de fazer as coisas.

Há quem diga que a geração Y é mimada, eu gosto de dizer que ela é inconformada. Desafiando visões tradicionais, esses jovens estão prontos para serem agentes da mudança, e você pode contar com eles para identificar oportunidades de melhorias processuais dentro da sua agência e trazer ideias frescas para a mesa.

São sonhadores

Como dito anteriormente, estagiários são estudantes universitários. Isso significa que eles estão começando sua carreira agora.

Encantados com um futuro que está começando a despontar e descobrindo todas as possibilidades que existem, esses colaboradores são sonhadores. Pensam alto, têm vontade de fazer acontecer, e ainda não foram sugados pela rotina de anos de trabalho.

Em uma era na qual criatividade e inovação são requisitos para manter uma agência competitiva no mercado, esse é o tipo de talento que você deve querer no seu negócio para ajudá-lo a crescer.

São empolgados

Quando se é estagiário, tudo é novo. Por esse motivo, atividades corriqueiras que ninguém mais aguenta ou vê graça em fazer podem se tornar grandes eventos na vida desses jovens.

Tente incluí-lo em reuniões com clientes ou apresentação de resultados, por exemplo. Só o fato de estar com outras pessoas, ter que se vestir melhor ou se deslocar até o cliente com certeza já quebrará com sua rotina e o deixará todo animado. E isso pode até ser legal para você, que vai ter um braço direito de bom humor pra te fazer companhia. 😉

Podem se tornar advogados da marca

Os jovens da geração Y, além de ter o costume de só se associar com marcas que condizem com o que eles acreditam, estão cada vez mais mostrando que antes de altos salários e benefícios, sua maior preocupação no ambiente de trabalho é fazer algo com propósito. Por isso, é indispensável que hoje os negócios tenham seu próprio posicionamento.

Assim, se um desses jovens está estagiando contigo, é bem provável que ele tenha se identificado muito com a sua agência. E nada melhor do que um funcionário satisfeito e convicto para falar bem da sua marca e dos seus serviços, não é mesmo?

Estão em período de teste e podem se tornar grandes talentos

Um estágio é como se fosse um test-drive antes de comprar o carro de vez. Ao longo da jornada do estagiário você terá a chance de identificar seu desempenho e comportamento em diversas atividades e cenários, podendo observar quais são seus pontos fortes e quais quesitos precisam melhorar.

Desde cedo, você será capaz de identificar quais suas aptidões, soft e hard skills, e poderá contribuir para lapidá-las. E se, eventualmente, ele se tornar uma grande referência de mercado, tenho certeza que ele será muito grato pelo lugar onde tudo começou, ou seja, sua agência. E aqui entra mais uma vez a questão de se tornar um advogado da sua marca. 🙂

Invista no seu estagiário, e ele investirá em você

Estamos vivendo um momento de reinvenção do mercado de trabalho. A relação entre empregado e empregador precisa deixar de ser vista como algo exploratório e ser encarada como colaborativa.

Assim, como falamos ao longo do post, contrate um estagiário pelas razões certas. Forneça as ferramentas necessárias para o seu crescimento, proporcione um ambiente de trabalho que preza pelo seu desenvolvimento e, sobretudo, confie nele.

Falando por experiência própria, nós, estagiários, sentimos quando nossos chefes confiam em nós e nos dão trabalhos relevantes. Isso, além de ser desafiador, nos motiva a entregar o melhor resultado possível, o que contribui para o nosso crescimento e para o desenvolvimento do próprio negócio também.

E aí? Preparado para juntar um estagiário à sua equipe? 

Marcadores:

Deixe seu comentário