Os 4 Cs do growth hacking, por Anderson Palma

CEO da Growth Labs palestrou no RD Hostel 2021, trazendo sua visão de como o growth hacking pode ajudar empresas


Growth hacking é um dos termos mais ouvidos no Marketing Digital e, paradoxalmente, também um dos mais incompreendidos. O profissional que aplica essa forma de trabalhar, o growth hacker, frequentemente ouve a pergunta: “mas o que exatamente você faz?”

É claro que isso mudou muito nos últimos anos. Milhares de empresas no Brasil apostam no crescimento baseado em experimentações, testes e análises – e são bem sucedidas! Muito graças a nomes como Anderson Palma, que falou sobre o tema no RD Hostel 2021.

Em sua palestra, que você pode ver na íntegra e gratuitamente clicando no banner abaixo, Anderson passeou por conceitos e trouxe quase um playbook completo de growth hacking. Neste post, faço um resumo do que ele falou, com sua visão de ciência da coisa toda.

Mas, sério, clique aqui embaixo e veja toda a apresentação, vale muito a pena!

Os 4 Cs do growth hacking

Antes de começar esse resumão, se você ainda não sabe o que é growth hacking, leia o nosso post completo sobre o tema. Temos, também, um post bem bacana que desmistifica algumas coisas que são ditas por aí sobre o assunto. Lê tudo lá que eu te espero aqui.

Voltou? Ótimo, espero que você tenha gostado dos posts. Mas vamos lá… O Anderson Palma tem uma do trabalho de growth hacker como o de cientista do marketing. E ele tem razão, já que a sequência clássica envolve:

  1. Fazer uma pergunta
  2. Pesquisar sobre o tema
  3. Formular uma hipótese
  4. Realizar um experimento
  5. Aceitar ou rejeitar a hipótese

Faz total sentido, não? De fato, há muita ciência nos testes A/B. Anderson dedicou a parte final de sua palestra a apresentar os 4 Cs do growth hacking, sob a perspectiva da empatia, dentro de uma estratégia de marketing.

E eu acho que ele fez um hackzinho aí, viu, porque os Cs são todos de certezas! Veja quais são, o que significam e por que eles são importantes:

1. Lugar certo

O lugar certo se refere ao canal escolhido. Ou seja, aqui o que importa é definir onde falar. Assim, sua empresa pode canalizar o investimento em mídia paga onde há mais retorno. Fundamentalmente, seu Custo de Aquisição de Clientes (CAC) precisa ser menor que o período em que eles se mantêm como seus clientes, o famoso Lifetime Value (LTV)

2. Pessoa certa

O segundo C faz referência ao seu público. Tem muito claro para quem falar é básico em uma estratégia de growth marketing. Anderson diz que seu público-alvo precisa ser alcançado individualmente, mesmo que de forma massificada. A saída para atingir esse objetivo, que não tem nada de incoerente, é trabalhar a segmentação dos Leads.

3. Mensagem certa 

Aí você vai lá, descobre os melhores canais e entende as segmentações que trazem mais retorno, mas na hora não sabe o que falar. A dica de Anderson é lembrar que as pessoas querem sempre duas coisas: evitar a dor e buscar prazer (em sentidos amplos). Se você tem dificuldades, uma boa ideia é fazer um mapa da empatia para entender o seu cliente.

4. Momento certo

E, finalmente, é preciso saber quando falar. Anderson pontua que é preciso saber que cada pessoa do seu público está em um momento da jornada de compra. Assim, suas ações de marketing variam de alguém que precisa saber da sua existência até uma pessoa que conhece seu negócio a ponto de querer o seu produto ou serviço. 

Veja a palestra completa do Anderson Palma

O desafio, então, é combinar os 4 Cs do growth hacking com precisão. Isso é feito através de experimentações que vão comprovar (ou não) as suas hipóteses. Durante a palestra, Anderson Palma se aprofundou em cada um desses aspectos, propondo ferramentas e metodologias usadas em estratégias vencedoras de growth.

Clique no gif abaixo – que mostra a nossa plataforma de conteúdo – para assistir, na íntegra, à aula do Anderson. Basta você se inscrever para ter acesso a tudo que rolou no RD Hostel 2021, com mais de 80 palestras e painéis de Marketing, Vendas e Inovação! Bora crescer?

Marcadores:

Deixe seu comentário

Comentários