Blog de Marketing Digital de Resultados

Black Friday: 18 ações para vender mais na data

A Black Friday é uma ótima oportunidade para sua empresa fechar o ano com chave de ouro, mas para isso você precisa agir logo

Como estão as suas ações para a Black Friday 2019? Uma das principais datas para os ecommerces brasileiros acontece no próximo dia 29 de novembro e a expectativa é de que gere um faturamento de R$ 13,5 bilhões. Isso representaria um aumento de 4% em comparação a 2018, segundo a GfK.

A data está cada vez mais próxima, portanto você deve começar a se preparar assim que possível. Neste post, separamos algumas ações para quem quer se adiantar, mas também para quem vai deixar para a última hora. Avalie as nossas sugestões e coloque-as em prática no tempo ideal para a sua empresa.

Continue lendo o post para ver as ações de Black Friday que separamos para o seu negócio!

Black Friday 2019: prepare a sua estratégia para vender mais

Da estratégia de divulgação às ações de última hora, confira tudo o que você precisa saber para tornar o dia de descontos uma data para lá de lucrativa

Ações de Black Friday que podem ser feitas com mais antecedência

1. Renove sua base de Leads e envie informações sobre a Black Friday

É importante atrair novos Leads e renovar sua base antes da data. Para isso, você pode fazer um conteúdo rico, atualizar algum material antigo ou fazer co-marketing com outra empresa.

Depois, avise sua base de Leads e clientes que a empresa irá participar da Black Friday. As pessoas aproveitam o dia para comprar produtos que já desejavam, mas que achavam caros demais. No entanto, muita gente pode esquecer da data.

2. Defina suas ofertas de produtos e negocie com os fornecedores

Outra ação para iniciar com antecedência é fazer um inventário. Assim, é possível ver, dentre os produtos ou serviços que a sua empresa oferece, quais podem ser colocados em promoção ou quais são altamente procurados e podem atrair clientes. Você precisa de mais produtos ou seu estoque está de acordo com a projeção de vendas para a data?

Além disso, analise a margem de lucro e negocie condições especiais com os fornecedores, pois, se não houver planejamento estrutural, logístico e financeiro, a empresa pode ter prejuízo.

3. Escolha os canais que vai usar e crie um cronograma de publicações

Definidas as ofertas, é hora de começar a planejar por quais meios elas serão divulgadas. Para isso, utilize os canais que mais dão resultado com sua audiência. São as redes sociais? Email? Google Ads? Suas ações de Black Friday podem estar em vários canais.

Sabendo disso, você poderá fazer um cronograma de publicações, definindo quando cada peça irá ao ar e de quanto tempo precisa para a produção de cada uma, e começar a fazer imagens promocionais para as redes sociais, banners de retargeting, CTAs para o site etc.

Também poderá calcular o tempo hábil para aprovações e alterações e para a produção de formatos complexos, como vídeos e animações, que precisam de mais tempo para serem produzidos.

4. Estabeleça um orçamento e faça um planejamento de mídia paga

Você irá trabalhar com influenciadores? Impulsionar suas publicações? Por quanto tempo? Essa é a hora de pensar em todos os detalhes.

Nessa etapa, defina quanto a empresa pretende investir, qual o ROI esperado, quanto irá investir em cada canal e por quanto tempo. É importante também reservar parte do orçamento para imprevistos.

São muitas as opções, como Facebook Ads, Google Ads, Instagram Ads e YouTube. É interessante anunciar em mais de um canal, mas lembre-se de definir qual seu objetivo em cada um deles e se o seu público-alvo está lá.

5. Determine as métricas para suas ações de Black Friday

As métricas têm relação direta com o desempenho do negócio e podem, inclusive, apontar problemas ou oportunidades, assim como dar mais segurança às decisões. Defina quais métricas você vai analisar e que definirão se a sua estratégia foi ou não bem-sucedida.

Na área de marketing — principalmente em ecommerces — é comum avaliarmos, dentre outras, o número de visitantes; as taxas de conversão de oportunidades, Leads e vendas; o custo de aquisição de clientes (CAC); abandono de carrinho; e o ticket médio.

Entendendo os números relacionados ao processo de compra do seu cliente, é possível saber exatamente o que é preciso melhorar e repensar ações pontuais para otimização.

6. Divulgue as ofertas com antecedência

Como a Black Friday acontece em todo o país, com preços bem baixos, todos os sites e lojas lotam de pessoas buscando comprar mais e pagar menos. Assim, é difícil se decidir em meio a tantas ofertas e muitos itens acabam rápido, pela alta demanda.

Por isso, ter acesso às promoções de antemão permite que clientes escolham com calma os produtos que desejam e, no dia da Black Friday, entrem no site apenas para realizar a compra.

Ações de Black Friday para quem deixou para a última hora

7. Faça anúncios de retargeting

Nem todo mundo que vê um anúncio pela primeira vez realiza a compra. Mas anunciar novamente para quem já demonstrou interesse pode fazer essas pessoas lembrarem da sua oferta.

Você pode fazer remarketing tanto para quem visitou uma determinada página como também para quem colocou algum produto no carrinho, mas não finalizou a compra.

Na Black Friday, essa técnica tem um apelo especial, pois você pode divulgar os produtos pelos quais as pessoas se interessaram com um grande desconto, atraindo o interesse delas.

8. Impulsione suas ofertas

Aproveite a proximidade para impulsionar suas ofertas por meio de anúncios no Instagram e no Facebook.

Diversifique seu repertório e use diferentes formatos de anúncio, inserindo-os no feed de notícias, na barra lateral direita do Facebook, no Instagram etc.

Mas não deixe para fazer isso no dia da Black Friday! Como muita gente anuncia na data, a concorrência é alta e o custo por clique (CPC) tende a ficar bem mais caro.

9. Crie um evento no Facebook

Crie um evento no estilo save the date no Facebook e divulgue-o na fanpage para que seus seguidores confirmem presença. Assim, eles serão notificados quando as ofertas começarem.

Por meio da página, você também pode enviar outras notificações para ir aquecendo seus compradores em potencial. Aproveite para mostrar os produtos que estarão em desconto no dia da Black Friday.

10. Atualize as capas de suas páginas nas redes sociais

A proximidade da Black Friday pede que as fotos de capa e de perfil das suas redes sociais tenham uma arte impactante.

Aproveite os recursos do Facebook, por exemplo, de inserir vídeos na imagem de capa e chame atenção dos seus seguidores.

11. Coloque a data como um item no menu do site

Insira um link de Black Friday no menu do seu site. Ele deve levar para uma página contendo todas as suas ofertas para a data.

Essa é uma boa forma de divulgação da Black Friday, pois todos que visitarem seu site saberão que você vai participar das promoções.

12. Faça já algumas ofertas com preço de Black Friday

Em algumas lojas online, a data é adiantada.

Esses ecommerces estenderam a data para todo o mês de novembro, chamando-o de Black Month ou Black November e divulgando as ofertas com desconto antecipadamente.

13. Dê opção para os clientes favoritarem produtos

Uma ação que pode ser muito interessante para os clientes do seu ecommerce é dar a possibilidade de eles criarem uma lista de produtos favoritos. A ação funciona como uma espécie de alerta. Assim que o preço do produto baixar, o cliente é avisado por email.

Alguns grandes ecommerces, como as Americanas, disponibilizam essas opções por meio de um aplicativo próprio. Caso sua loja virtual não tenha um aplicativo, pode ainda sim dar essa alternativa para o cliente dentro do site ou ainda criar Landing Pages segmentadas para diferentes categorias de produtos.

14. Envie uma campanha de email com pré-ofertas

Se você for abrir as compras de Black Friday somente no dia 29 de novembro, pode enviar um email nos próximos dias com suas ofertas mais atrativas. Dessa forma, as pessoas vão saber com antecedência e vão se programar.

15. Agende suas campanhas de Email Marketing para o dia da Black Friday

Produza seus textos de email e agende-os desde agora. É interessante usar cores fortes e bem impactantes, para combinar com o apelo que a data tem.

Além disso, outro ponto estratégico da Black Friday são os horários. Avalie qual é mais interessante. Pode ser meia noite, de quinta para sexta; na noite de quinta; na sexta de manhã cedo.

16. Coloque um pop-up de saída no seu site

Os pop-ups de saída (ou exit intent pop-ups) só são acionados quando o visitante leva o mouse para fora da área de navegação da página. Assim, são perfeitos para fazer uma oferta irrecusável, que não deixam que o usuário saia de mãos vazias.

A Black Friday, portanto, é uma ótima oportunidade para instalar um pop-up de saída em seu site. Ofereça um desconto bom, sem dúvida seu visitante vai clicar.

17. Publique e promova sua Landing Page de Black Friday

Se você ainda não criou uma Landing Page de Black Friday com antecedência, faça isso hoje mesmo. Essa é uma forma legal de criar urgência e de chamar atenção para as ofertas.

O RD Station Marketing tem um modelo de Landing Page especial e personalizável para a Black Friday.

18. Tenha um plano de sucesso para ações da Black Friday

Para você não esquecer de nenhum detalhe de sua campanha, recomendamos que você faça um plano de sucesso, que nada mais é do que um checklist com as ações necessárias que seu negócio precisa fazer.

Por isso, no RD Station Marketing, criamos um plano de sucesso focado para a Black Friday. É uma funcionalidade dentro da plataforma e que pode ser personalizada de acordo com os objetivos de cada empresa.

Confira abaixo um exemplo:

plano de sucesso black friday

A Black Friday está chegando, e esperamos que nossas sugestões ajudem o seu negócio. Para conhecer mais dicas e ações práticas para vender mais na Black Friday, acesso nosso eBook atualizado sobre a data. Ele é gratuito e oferece soluções acionáveis para a sua empresa!

Black Friday 2019: prepare a sua estratégia para vender mais

Da estratégia de divulgação às ações de última hora, confira tudo o que você precisa saber para tornar o dia de descontos uma data para lá de lucrativa

Post originalmente publicado em novembro de 2017 e atualizado em novembro de 2019.

Marcadores:

Deixe seu comentário