Grazi Mendes: alfabetização para o futuro é a chave para uma vida melhor

A especialista Grazi Mendes, head de Diversidade da Thoughtworks, falou sobre o assunto no RD Hostel 2021


A alfabetização para o futuro é uma habilidade pouco conhecida. Desde 2012, a Unesco entende que é uma competência essencial para o século 21. E, em 2020, foi apontado pelo Fórum Econômico Mundial como a principal ferramenta para lidar com o mundo pós-pandemia. 

“Quanto melhores os seres humanos se tornarem na compreensão das diferentes explicações e métodos para imaginar o futuro, menos razão haverá para temer o futuro e mais capazes seremos de aproveitar as oportunidades futuras e dar sentido às mudanças e novidades”, explica Grazi Mendes, head de Diversidade na Thoughtworks.  

O painel da especialista foi um dos destaques do RD Hostel 2021. O grande evento promovido pela RD Station teve início nesta quarta-feira, dia 20, trazendo para o público muito conteúdo em Marketing, Vendas e Inovação. As inscrições são gratuitas e seguem abertas para quem quiser acompanhar a temporada toda.

Os três tipos de futuro

Grazi destacou, no painel, que existem três tipos de futuro: possível, provável e desejável. 

A pergunta que o futuro possível responde é: “o que será?” É uma lente que está conectada à projeção ao passado, sendo comum fazer a ligação em planejamentos mensais e anuais. Dando um jeito de olhar para o futuro, respondendo e entendendo o que já aconteceu, é uma ideia linear do tempo com passado, presente e futuro, em um desdobramento quase que sequencial. É muito utilizado no nosso dia a dia. 

Já o futuro provável responde a pergunta “o que pode ser?” É uma lente que parte do pressuposto de que o futuro deixa sinais no presente, e de que com os sinais e ameaças é possível ter a ideia de que o presente está gestando os sinais de futuro. 

Com o futuro desejável, a pergunta respondida é: “o que sonhamos ser?” Sua resposta é entusiasta, permite construir e imaginar um futuro que não se sabe se está por vir. Tudo isso com narrativas de futuro que podem ser compartilhadas com outras pessoas, construindo um imaginário com grandes possibilidades.

grazi mendes rd hostel

Burnout e o futuro

Um dado alarmante da Stress Management Association destaca que o Brasil é o segundo país no mundo em incidência de burnout. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, o Brasil é o país que mais pessoas sofrem com ansiedade muito antes da pandemia. Dentro desse contexto, muitas pessoas estão com exaustão mental e emocional deixando seus sonhos em segundo plano. 

“Como a gente pode parar e sonhar com outras realidades possíveis? Gastar nossa energia, potência para fazer coisas incríveis para realizar as coisas que a gente quer? Com a nossa tecnologia ancestral, que é a esperança. Para que possa ter a energia revigorada, construindo relações significativas a partir desse olhar do que sonhamos. Quando a gente sonha junto, o sonho é potência”, diz Grazi Mendes.

Finalizando o painel, Grazi ressaltou que a conexão do sonho, do futuro e da potência de mudança é a coragem. “Use o sonho como ferramenta de futuro desejável para que possa fazer e ser as mudanças necessárias, para a construção em ambientes de trabalho, projetos e iniciativas que possam fazer diferença. Sonho, potência, coragem e esperança”, diz Grazi Mendes.

Assista à palestra da Grazi Mendes na íntegra

Ficou querendo saber mais sobre o assunto? Assista à palestra da Grazi Mendes na íntegra fazendo sua inscrição no RD Hostel 2021. Você ainda terá acesso a todo o conteúdo dos 120 palestrantes, que trouxeram as últimas tendências em Marketing, Vendas e Inovação. É só clicar abaixo para garantir o seu lugar!

Deixe seu comentário

Comentários