Blog de Marketing Digital de Resultados

O que é e como fazer networking: 3 dicas do diretor de gestão da Endeavor, Allen Taylor #RDSummit

Fazer networking é mais do que distribuir cartões de visita por aí; torne seus encontros mais produtivos com esses conselhos

Qual a primeira imagem quem vem à sua cabeça quando você ouve a palavra networking?

Se você pensou em um happy hour com pessoas animadas conversando e, principalmente, trocando cartões de visita, saiba que essa é uma concepção bem comum.

No entanto o diretor de gestão da Endeavor, Allen Taylor, acredita que essa ideia não representa o significado de networking em sua completude.

Para ele, networking é sobre encontrar pessoas com quem você quer estar na sua vida profissional, descobrindo como pode ajudá-las para que um dia, caso necessário, elas o auxiliem também. É uma relação em que uma parte se importa com a outra.

Em sua palestra no RD Summit 2017, Allen Taylor compartilhou dicas para tornar seu networking mais positivo. Confira 3 delas:

Aprenda a fazer boas perguntas

Fazer perguntas que dão margens para respostas abertas é uma técnica de entrevista que os jornalistas, por exemplo, utilizam há muito tempo, e você pode adotá-la durante o networking.

Assim, no lugar de fazer questões que levam a réplicas objetivas, como “de onde você é?” e “no que se formou na faculdade?”, pergunte “por que escolheu essa carreira?”, “por que motivo sua empresa seguiu pelo caminho x e não pelo z?” e assim por diante.

Isso torna a comunicação mais natural e profunda, e não deixa a conversa com cara de entrevista pingue-pongue.

Fale menos e ouça mais

Uma ideia complementar ao item anterior é ter interesse verdadeiro pela outra pessoa. A menos que o seu interlocutor tenha pedido e você se sinta confortável para isso, não saia contando toda a sua história de vida logo de cara.

Provavelmente você tem muita coisa parafalar, e é normal ficar ansioso. Mas soa mais orgânico fazer perguntas interessantes (como sugerido acima) e deixar que a conversa flua naturalmente.   

Mentoria

Outra forma de fazer um bom networking é encontrando pessoas que podem ajudar na sua jornada profissional como mentoras.

Não precisa ser algo muito formal ou no estilo mestre Yoda. Aliás, é mais interessante que seja alguém em uma fase semelhante da carreira ou somente um pouco mais sênior que você. A ideia é pedir ajuda quando tiver dificuldades pelas quais essas pessoas passaram pouco tempo antes, como há seis meses ou um ano.

Essas pessoas também podem apresentá-lo a outros contatos interessantes.

Lembre-se: networking não é sobre jogar cartões de visita a esmo, mas sobre fazer contatos profissionais que acrescentem à sua carreira.

Bom networking!

Marcadores:

Deixe seu comentário