Blog de Marketing Digital de Resultados

As 8 perguntas que guiam um planejamento de conteúdo personalizado #RDSummit

O cofundador da Resultados Digitais André Siqueira defendeu menos fórmulas e mais customização nas estratégias de conteúdo das empresas

Este post faz parte do RD Summit Live Show, a cobertura completa do RD Summit 2018. Além de artigos, teremos entrevistas com palestrantes, fotos, vídeos e mais durante os três dias de evento. Visite a página da cobertura e fique por dentro de tudo!

Além da cobertura da palestra, também conversamos com André Siqueira no RD Summit Live Show. Assista abaixo:

Um dos cinco fundadores da Resultados Digitais, André Siqueira subiu ao palco principal no primeiro dia do RD Summit para falar sobre como gerenciar uma estratégia de conteúdo de impacto.

Lembrando a história da startup, o palestrante ressaltou a importância da produção de conteúdo quando a empresa estava dando os primeiros passos. Na época, bolas de ginásticas por vezes desempenhavam a função de cadeiras e marmitas ganhavam o status de risoto entre os empreendedores. “Não tínhamos muitos recursos para alavancar a empresa, mas produzir conteúdo era de graça. Foi assim que começamos”, contou.

Segundo André, a estratégia de Inbound Marketing deve estar harmonizada com o contexto e objetivos das empresas. Quando esse alinhamento não acontece, muitos empreendedores acreditam que a tática não cabe à realidade do negócio e desistem. Por outro lado, quem se identifica e vê resultados rapidamente tende a produzir um exército de conteúdo parecido com o que já há no mercado.

Daí o co fundador defender menos fórmulas e abordagens mais personalizadas. De acordo com André, montar um planejamento de conteúdo autêntico e adaptado às necessidades de cada negócio é viável por meio do conceito de 6W2H. Conheça o que ele significa:

Why – por que fazer conteúdo?: em outras palavras, qual é o seu objetivo? Você pode querer gerar awareness, ser referência, proporcionar proximidade, automatizar e escalar algum processo ou promover o sucesso do cliente. “A ideia é casar o seu produto ou serviço com o seu marketing de conteúdo”, disse.

What – sobre o que devo escrever?: As referências para os conteúdos vêm de várias fontes como brainstorm; time de vendas, atendimento e suporte; sites externos; fornecedores; clientes, busca de palavras-chave e datas ou acontecimentos que servem de mote.

Where – onde vou distribuir?: conteúdos voltados para distribuição orgânica devem estar focados em palavras-chave, enquanto as mídias sociais pedem ofertas mais leves e divertidas. Email requer outro tipo de mensagem, mais objetiva.

When – com qual frequência devo produzir e distribuir conteúdos?: “Cada canal determinará muito a regularidade da produção”, afirmou André. Encher a caixa de entrada dos Leads não é uma boa opção, mas produzir vários posts focados em SEO é interessante, pois só aparecerão quando o tema do artigo for buscado.

Who – quem escreve ou produz?: Pode ser a equipe de marketing, “Na RD, os conteúdos são distribuídos entre as áreas. Dependendo do tema, o autor é uma pessoa de produto, por exemplo”, disse. Há ainda a opção de recorrer a freelancers e agências. “Nesse caso, as chances de receber um bom post aumenta se enviar um estrutura de texto com os tópicos a serem abordados, além de alguns links de referência.”

For whom – para quem escrever?: Tenha sempre em mente quais são as personas do seu negócio.

How – como produzir?: além de eBooks, você pode recorrer a vídeos, podcasts, posts e ferramentas, como quiz. Em qual canal a sua audiência está e qual formato faz mais sentido para ela?

How much – quanto custa produzir?: é preciso avaliar o orçamento total para executar o projeto. Por exemplo, além de prever a compra de uma ferramenta, deve-se pensar se será necessário alguém para operá-la.

“A receita de bolo funciona cada vez menos. É importante os negócios elaborarem um planejamento de conteúdo personalizado”, disse André. E completou: “Com essa estrutura em ordem, é possível sair da caixa e se diferenciar.”

eBook + template - Como planejar um conteúdo eficaz

Um guia para estruturar eBooks e webinars e implementar de vez esse processo em sua empresa

Marcadores:

Deixe seu comentário