Blog de Marketing Digital de Resultados

Atualizar conteúdos antigos pode fazer a diferença em sua estratégia de marketing

Veja o que é uma atualização de conteúdo, quais as vantagens dessa prática e alguns exemplos de conteúdos (posts e eBooks) que já atualizamos aqui na RD.

Em vez de ler, que tal ouvir o artigo? Experimente no player abaixo:

 

 

Imagine (ou encontre) um conteúdo que você publicou há mais de um ano. Na época ele fez sucesso, mas lendo hoje você percebe que há algumas coisas que mudaram desde então. Sim, o mundo se atualiza, novos estudos surgem, comportamentos mudam.

Desse modo, o que você faz? Cria um outro material do zero ou atualiza o conteúdo antigo, tornando-o ainda mais completo, mais otimizado para os buscadores e para conversões e mais incrível ainda?

Muitos profissionais podem pensar que o ideal é produzir mais conteúdo e mais páginas para aumentar as chances de serem vistos. Mais páginas indexadas = mais resultados. Certo? Errado!

Isso acontece porque o Google está lotado de conteúdo. O Facebook está lotado de conteúdo. E a internet, como um todo, está lotada de conteúdo.

Dessa forma, como agir? Como se destacar em meio a tanto conteúdo sobre o mesmo assunto? Criando várias páginas e posts sobre o mesmo tema ou tendo um super conteúdo desmembrando todos os pontos possíveis sobre esse tema?

Nesse artigo vou explicar o que é uma atualização de conteúdo, quais as vantagens dessa prática e dar alguns exemplos de conteúdos (posts e eBooks) que já atualizamos aqui na RD.

Semana da Produtividade de Marketing e Vendas

Serão cinco webinars exclusivos e gratuitos sobre como você e a sua equipe podem ser mais eficientes. Eles terão temas como integrações de processos, automação de marketing, hacks de vendas, metodologias ágeis e gestão da rotina pessoal e dos times.

Por que conteúdos desatualizados podem prejudicar sua estratégia

Para começar, coloque-se no lugar de seu leitor. Imagine-se acessando um post sobre um assunto que você está pesquisando e perceber que ele está com dados muito antigos ou com informações que já estão defasadas.

Frustrante, não? Pois saiba que todos os blogs correm esse risco, afinal de contas, o mundo não pede permissão para você para se atualizar.

Vamos supor que o blog de sua empresa tenha um post com “5 dicas para promover conteúdo no Facebook”, escrito em 2012.

Nesse cenário, há duas saídas:

Número 1: Criar um conteúdo completamente novo sobre o assunto, com dados mais atuais, uma nova abordagem, novos printscreens/imagens (se for o caso) e nomenclaturas. Solução: escrever um post do zero, com outras dicas, mantendo os dois posts no blog.

Número 2: Utilizar o conteúdo antigo como base e fazer mudanças pontuais, acrescentando informações novas, atualizando informações defasadas, inserindo novos links internos e reotimizando para conversões e para a busca orgânica. Solução: atualizar o post antigo, adicionando novas dicas e eliminando as dicas que não funcionam mais.

Analisando o cenário acima, encontramos um maior potencial de resultados na segunda opção. Por quê? Explico no próximo tópico.

Por que atualizar conteúdos antigos pode fazer uma grande diferença na estratégia de marketing de sua empresa

A atualização de conteúdo ajuda bastante nós da RD a termos um alto volume de produção. E fazemos isso já há um bom tempo. Em 2016, por exemplo, foi um dos grandes aprendizados do ano, tanto que citei no post Como o blog da RD chegou a 300 posts no ano: 12 hacks que usei como editor de conteúdo.

Mas engana-se quem pensa que atualizar conteúdo é um hack apenas para aumentar o volume com pouco esforço. As atualizações foram muito boas para nossa estratégia de conteúdo como um todo. E não, não são necessariamente feitas com menos esforço do que criar algo novo.

Alguns benefícios que essa prática pode trazer são:

Reforçar a autoridade

Manter os leitores atualizados nos temas relacionados a seu mercado, reforçando sua autoridade no assunto.

Melhorar conversões

Otimizar posts que não estão tendo boas conversões, inserindo novos links, CTA’s, banners, etc.

Aumentar o tráfego orgânico

Otimizar posts para que eles tenham uma melhor performance nos mecanismos de busca.

Melhorar a qualidade do post

Deixar o conteúdo ainda melhor, acrescentando informações extras que você não havia pensado anteriormente.

Escalar a produção de conteúdo

Alguns conteúdos precisam de atualizações constantes. Sabendo disso, você pode prever quando atualizá-los e ter uma melhor previsibilidade sobre os conteúdos que serão lançados no ano.

Como atualizar conteúdos: cuidados e dicas que você deve ter

Já apresentei algumas vantagens sobre o método de atualizar conteúdos nesse post. Mas isso não significa que você deve começar a atualizar posts como se não houvesse amanhã.

Alguns cuidados você precisa ter antes de republicar esses materiais.

1. Analise se vale a pena atualizar o conteúdo

Atualizar o conteúdo não é só mudar a data dele ou criar um parágrafo a mais. Dificilmente isso vai funcionar, pois é algo tão pequeno que não deverá surtir efeito na sua estratégia.

Outro detalhe é atentar-se ao tipo de conteúdo. Se for uma notícia ou um post bastante factual, provavelmente não valerá a pena atualizá-lo, pois ele é perecível por natureza. O caso de conteúdos evergreen é diferente, pois são conteúdos que não possuem uma data de validade e podem permanecer atuais sempre, desde que atualizados.

Portanto, faça uma análise para entender se essa atualização vai gerar resultados. Essa análise pode ser feita de várias formas. Vou citar duas:

SEO

Pegue as palavras-chave mais relevantes para seu negócio e veja em que posição do Google seu post ou página está.

Você precisa entrar forte na disputa com concorrentes se quiser ter bons resultados orgânicos. Uma pesquisa da Advance Web mostra que 71% dos cliques nos resultados do Google estão entre a 1ª e 6ª posição. Se você quer resultados orgânicos e não está, no mínimo na 6ª posição, é preciso melhorar.

E lembre-se: essa é uma análise constante. Um post atualizado pode subir no ranking, mas nada garante que ele ficará lá para sempre.

Época do ano e atualizações pontuais

Início de ano, carnaval, natal, black friday, volta às aulas e datas comemorativas em geral são bons tempos para você atualizar seu conteúdo e promovê-los.

Você pode usar uma data especial para promover um conteúdo relacionado. Em vez de criar um novo, atualize um já existente, deixe-o melhor e promova-o novamente para sua audiência.

E mesmo que não seja uma data comemorativa, muitos materiais precisam de atualizações anuais. Isso porque seu conteúdo pode conter uma estatística muito antiga, práticas defasadas, nomenclaturas que foram modificadas e uma série de pequenos detalhes que podem fazer bastante diferença no conteúdo final.

No fim desse post vamos mostrar alguns exemplos de materiais que são atualizados constantemente aqui na Resultados Digitais.

2. Anote tudo sobre o conteúdo antigo

É importante que você saiba tudo o que foi atualizado em um conteúdo. Portanto, crie uma planilha e coloque lá que você mudou a URL (se for o caso, que geralmente não recomendamos), mudou o título, adicionou imagens, trocou o CTA, adicionou links etc.

Se for um post de blog, coloque também o número de visualizações e Leads gerados organicamente antes da mudança. Filtre uma data (exemplo: 30 dias) e depois dessa data compare com os novos resultados para ver se valeu a pena o esforço.

3. Se for um post do blog, não esqueça de mudar a data

Um post atualizado é como um post novo. Por isso, ao republicá-lo, não esqueça de mudar a data para que ele suba no feed e apareça na primeira página do seu blog.

4. Se mudou a URL, não esqueça do Redirect 301

Alguns posts e materiais aqui da RD ganharam uma nova URL quando foram atualizados.

Não recomendamos muito, mas é necessário quando é preciso otimizar um post para SEO e a URL antiga for muito extensa, por exemplo.

Neste caso, o Redirect 301 é fundamental para passar a autoridade da URL antiga para a nova. Além do mais, isso vai fazer com que links (internos e externos) que estavam direcionando para a URL antiga não se tornem inválidos.

5. O que não é uma atualização de conteúdo

A atualização de conteúdo é a união de vários fatores e não a simples adição de coisas pontuais e de baixo esforço como:

  • Trocar somente a data;
  • Acrescentar um parágrafo;
  • Fazer uma correção;
  • Adicionar uma imagem;
  • Mudar o título;
  • Alterar o CTA.

Agora, se você trocar a data, acrescentar novas informações, corrigir erros, adicionar mais imagens, alterar o CTA e mudar o título, aí sim, temos uma atualização de conteúdo como manda o figurino!

Bônus: Exemplos de conteúdos que a RD atualizou

Como foi falado, utilizamos bastante essa tática de atualização na estratégia de conteúdo da RD. Isso permite com que os conteúdos não fiquem defasados. E isso vale tanto para os posts desse blog como para os materiais educativos que produzimos.

Abaixo, confira alguns exemplos de posts e de materiais que já foram atualizados na RD:

Posts

Por que usar templates facilita (muito) o trabalho de Marketing

O que foi feito: Revisão do texto, novo CTA, novas imagens de templates do RD Station Marketing e novos conteúdos relacionados.

Muito além da #gratidão: o que é uma Thank You Page, quais seus objetivos e como fazer uma

O que foi feito: Mudamos o título para algo mais social-friendly, mudamos os CTAs e colocamos um tutorial para fazer TYPs no RD Station Marketing.

14 exemplos de Landing Pages com taxa de conversão acima de 40%

O que foi feito: Trouxemos novos exemplos de Landing Pages, trocamos os textos e os prints e oferecemos um novo CTA.

8 dicas de design para criar uma Landing Page perfeita

O que foi feito: Renovamos o texto, trouxemos novas dicas, inserimos um vídeo e colocamos um novo CTA.

Persona: Como e por que criar uma para sua empresa

O que foi feito: Nova URL, nova imagem de destaque, atualização de conteúdo e novos CTAs. Url antiga: como-e-por-que-criar-uma-persona-para-sua-empresa/

eBooks

O Guia Completo do SEO – 3ª edição

O que mudou: Maior profundidade sobre tópicos abordados, mais exercícios práticos para aplicar a partir de hoje e novas dicas de otimização para conquistar os primeiros lugares no Google.

Marketing no Facebook

O que mudou: Dicas atualizadas levando em consideração todas as mudanças no Facebook de um ano para o outro, printscreens atualizados devido às mudanças de layout e acréscimo de informações importantes.

O Guia do Email Marketing

O que mudou: Maior profundidade sobre estratégia e tática de Email Marketing, maior clareza sobre o que funciona (e o que não funciona) nas campanhas de email, novas dicas de Segmentação, Autoresponder e Automação de Marketing, templates de assuntos para utilizar em diferentes situações e um Glossário de termos do Email Marketing.


Antes de publicar, sempre deixe o terreno preparado para possíveis atualizações. Esse post é um exemplo de conteúdo que pode ser atualizado no futuro, é somente a primeira versão já foi atualizado, sendo essa a segunda versão. Possivelmente, quando tivermos mais dados sobre essa prática ou outras dicas sobre como fazer tudo isso aqui, atualizaremos mais uma vez.

Por fim, gostaria de deixar alguns questionamentos. Você já atualiza conteúdos em seu site? Já está familiarizado com a estratégia ou tem alguma outra dica pra compartilhar? Conte pra gente nos comentários!

E você já deve ter percebido que atualizar conteúdos antigos pode ser uma forma de aumentar a eficiência da sua produção. Para saber mais, nós preparamos um evento online gratuito com muita informação: a Semana da Produtividade de Marketing e Vendas, entre os dias 15 e 18 de abril. Para se inscrever, basta preencher os dados abaixo.

Semana da Produtividade de Marketing e Vendas

Serão cinco webinars exclusivos e gratuitos sobre como você e a sua equipe podem ser mais eficientes. Eles terão temas como integrações de processos, automação de marketing, hacks de vendas, metodologias ágeis e gestão da rotina pessoal e dos times.

Post originalmente publicado em janeiro de 2017 e atualizado em abril de 2019.

Marcadores:

Deixe seu comentário

Comentários

13 comentários

  1. VL

    Flaubi, muito bom! Tirou muitas dúvidas!

    Ficaram algumas porém: vi que o ideal é não alterar a URL. Mas a URL do post que eu quero mudar não está otimizada. Nesse caso, acha que eu ganho mais do que perco?

    Outra coisa: já sei que os comentários do Disqus voltam após eu ter colocado o post em rascunho e publicado novamente. Mas e os comentários antigos do Blogger, será que voltam normalmente?

    Mais uma… no caso da alteração de data: entendido que o post volta para o início. Mas o Google entende a data como nova? Por exemplo, se procuramos uma página no Google e filtramos para datas recentes, nosso post atualizado aparecerá como “recente” ou o que valerá será a publicação inicial? A alteração da URL afeta de alguma forma essa resposta do Google?

    Valeu!

  2. Flaubi Farias

    Fala, Andre. Massa, que bom que foi útil pra você. Vou responder por partes.

    Não é indicado mudar a URL, mas se ela não estiver otimizada, mude sim. Mas antes veja como está ranqueando. Há casos (não comuns) de URLs não otimizadas ainda ranquearem na primeira página.

    Sinceramente não sei responder sobre o blogger, mas acho que vale você testar. Pega um post com 1 comentário só e atualiza pra ver como fica.

    Sim, o Google entende como conteúdo novo. Você vai ver que quando a sua URL aparecer nos resultados de busca, a data indicada será a nova e não a antiga.

    Abraço!

  3. Gabriela Sousa

    Olá, tenho um conteúdo que está como snippet e gostaria de adicionar um banner de ebook a ele. Se fizer essa alteração, corre o risco de sair do snippet?

    1. Flaubi Farias

      Oi Gabriela. Acredito que não haja relação já que o Google cria automaticamente os snippets de acordo com o conteúdo que está na sua página. Não existe estudo dizendo que um banner de CTA influencie no snippet, então vale o teste. Abraços!

      1. Gabriela Sousa

        Obrigada, Flaubi.

  4. Jose Guimaraes

    Minha dúvida é se devo atualizar os posts do blog que são mais visitados ou os que recebem menos visitas.
    Afinal, foi querendo saber isso que cheguei a este post, mas não encontrei tal informação.
    Contudo, as outras que li foram úteis.
    Tenho feito atualizações, mas mantendo a mesma data.
    Só que vou observar agora a mudança de data para uma mais recente.
    Muito obrigado pelas dicas.

  5. Alx

    Valeu cara. Estava procurando alguma explicação para esse problema já algum tempo pois tenho um site referente a uma categoria profissional onde as leis mudam o tempo todo, incluindo, editando ou vetando parágrafos artigos e etc…
    (Espero que esse post também esteja atualizado para as técnicas de 2019).
    rsrs

  6. Almir Albuquerque

    Olá,
    Eu tenho muitos posts com potencial de serem atualizados, reformatados, pois são aqueles do tipo não-datados.

    Mas não os edito tanto quanto eu gostaria, pois sempre tive a dúvida entre atualizar o post mantendo sua data/url original, ou republicar como se fosse uma nova postagem atual, apagando a antiga.

    Pelo que eu entendi aqui você recomenda a segunda opção, certo?

    Um abraço e obrigado pelas dicas.

  7. Carlos Pais

    Olá,

    Tenho uma dúvida, depois de fazer as actualizações ao post e alterar a data, o google fica com o registo sobre a data inicial da criação do post?

  8. Hugo Pascoal

    Legal!

  9. Casa de Doda

    Gente, que beleza de conteúdo. E veio bem na hora em que estava cheia de dúvidas do que fazer com posts antigos, que tem potencial eheheh mas que eu estava em dúvida se atualizava ou escrevia um novo. Obrigada! Me ajudou demais e acredito que a muitos outros blogueiros! :)

  10. Vinicius Zart

    Legal Flaubi! Venho fazendo isso no meu blog há algum tempo, acreditando ser bom pelos motivos citados, mas com uma pulga atrás da orelha se realmente valia o esforço/tempo de atualizar ao invés de criar novos.

    Bom ouvir uma confirmação da RD que vale, principalmente para rankeamento no Google :) Uma dúvida: mudando URL, mesmo fazendo redirect 301, os contadores de compartilhamento social são zerados, correto?

    Obrigado pelo artigo, abraço!

  11. Gustavo Woltmann

    Boas táticas para nossos blogs, muitos cometem erros de deixar “morrer” o blog por falta de movimentos e ações