Blog de Marketing Digital de Resultados

Camilo Coutinho: Estratégias de videomarketing para seu negócio: YouTube, social video e processos #RDSummit

Camilo Coutinho dá dicas para que seus canais de vídeo tenham estratégia, e não sejam apenas "depósitos de vídeos"

Este post faz parte do RD Summit Live Show, a cobertura completa do RD Summit 2018. Além de artigos, teremos entrevistas com palestrantes, fotos, vídeos e mais durante os três dias de evento. Visite a página da cobertura e fique por dentro de tudo!

Além da cobertura da palestra, também conversamos com Camilo Coutinho no RD Summit Live Show. Assista abaixo:

Não é novidade que o conteúdo em vídeo está se tornando cada vez mais popular na internet. De fato, em sua palestra no RD Summit 2018, o estrategista digital Camilo Coutinho afirmou que, muito em breve, esse tipo de conteúdo será o mais buscando e consumido na internet.

Contudo, parece que muitos negócios ainda não descobriram muito bem por que devem fazer vídeos na internet para sua empresa. Muitos ainda escolhem fazer vídeos porque a concorrência está fazendo, compraram uma câmera ou o chefe viu em uma palestra.

Só que estas não são razões satisfatórias para fazer vídeos para o seu negócio. Isso porque um vídeo produzido por essas razões não será um vídeo estratégico de fato, e será incapaz de gerar satisfatoriamente conversões para sua empresa.

Camilo afirmou que, para fazer um bom vídeo, existem 3 etapas, o “antes”, o “durante” e o “depois”. Contudo, segundo Camilo, a maior parte das pessoas só faz o “durante” e, por isso, o que produzem é apenas um vídeo, e não uma estratégia em vídeo.

Por isso, Camilo afirmou que há 5 passos a seguir (que estão dentro das três etapas acima) se você quiser criar vídeos estratégicos:

  1. Encontrar os termos interessantes para o seu mercado (o “antes”)
  2. Validar as pesquisas (o “antes”)
  3. produzir conteúdo (o “durante”)
  4. otimização (o “depois”)
  5. mensuração (o “depois”)

Começando pelo “antes”, Camilo afirma que é preciso se perguntar: o que minha audiência quer? Onde quero estar? Essas perguntas ajudarão no primeiro ponto, ou seja, encontrar os termos interessantes para o seu mercado.

Ele também sugere seguir os 3 Ps do conteúdo em vídeo: pessoas (para quem estou fazendo isso?), propósito (por que estou fazendo isso?) e plataforma (para onde vou fazer isso?). De qualquer forma, seu objetivo deve ser sempre ajudar as pessoas e resolver o problema delas.

Uma vez respondidas essas perguntas todas, você já começou a encontrar o que é interessante para o seu mercado.

Depois disso, está na hora de fazer a pesquisa de palavras-chave para validar se os termos que você acha que são interessantes para seu público. Em seguida, Camilo sugere que você use essas palavras-chave em seus temas, para atrair a sua audiência. Para isso, ele sugeriu a máquina de títulos da Resultados Digitais e da Rock Content.

Uma vez feito isso, o “antes” do seu vídeo está pronto: você já tem tema e estratégias prontas, basta executar.

Agora sim é hora de produzir o vídeo. E você pode fazer inúmeros formatos que podem ser úteis para i seu negócio:

  1. Stories no Instagram ou Facebook do produto ou serviço
  2. Um ao vivo de vendas
  3. Vídeos para diversas plataformas de todos os seus produtos

Camilo também sugeriu para usar e abusar dos “roteiros chicote”.

Agora que você já produziu os “durante”, falta o “depois”.

Agora, é hora de trabalhar na otimização de seus vídeos, para que você possa ser encontrado nos mecanismos de busca. Camilo sugere a seguinte estrutura para um vídeo e sua descrição:

Contudo, Camilo enfatizou que essa otimização não deve ser feita para os algoritmos, e sim para as pessoas, e que você não precisa de muitos inscritos em seus canais de vídeo para conseguir fazer vendas, apenas os inscritos certos.



eBook gratuito: Vídeos no Marketing Digital

Saiba como uma estratégia de vídeo marketing pode revolucionar o seu funil de vendas

Marcadores:

Deixe seu comentário