Blog de Marketing Digital de Resultados

Campanha de Natal: 9 ações de Marketing Digital criativas que sua empresa pode (e deve!) fazer para vender mais 🎅🏽

Aproveite a melhor da data do comércio eletrônico brasileiro para gerar mais Leads e vendas para seu negócio

O fim do ano é um dos períodos mais lucrativos do ano para o comércio eletrônico. De acordo com a Ebit | Nielsen, em 2018 o e-commerce faturou R$ 9,9 bilhões no período do Natal – o que representou um crescimento nominal de 13,5% na comparação com o mesmo período do ano passado.

É por isso que agora é hora de focar todos os esforços na sua campanha de Natal, lembrando sempre que as pessoas já poderão começar a comprar antecipadamente seus produtos ou serviços. Então, o que fazer para vender no Natal?

A seguir, sugerimos 9 ações que não podem faltar em sua campanha de Marketing Digital de Natal.

1. Landing Page e pop-up de saída para captar contatos

Um dos pontos iniciais para uma campanha de Natal que dê resultados é a geração de Leads.

Para começar, crie uma Landing Page específica de Natal para conseguir algumas informações importantes dos Leads e enviar ofertas personalizadas (que será o passo seguinte).

Outra forma legal de converter os visitantes do seu site em Leads é com pop-ups. Coloque-os em páginas estratégicas, como a home do seu site e algumas páginas de produtos, para captar os contatos das pessoas que estão online.

Importante: ofereça sempre um benefício em troca do email do Lead. Aqui entram:

  • Frete grátis;
  • Descontos;
  • Parcelamentos especiais;
  • Download de conteúdo gratuito, entre outras vantagens.

Para se aprofundar sobre o assunto e saber mais na prática:

2. Preparação para disparos de Email Marketing

Ok, você criou Landing Pages, pop-ups, formulários e tudo mais. E agora? O que fazer com esses contatos capturados? De nada adianta ter atraído todos esses Leads se você não se relacionar com eles!

O ideal é que um mês antes do Natal você planeje como serão suas campanhas de email. Prepare as segmentações, os combos de ofertas, o calendário, os textos e todos os outros elementos que um bom email precisa ter.

Muitas empresas mandam mensagens de Natal para toda a base de clientes, sem segmentação alguma, e já se dão por satisfeitas. Se contentar com isso é um erro, pois essa ação isolada não é uma boa campanha de Natal: é apenas uma empresa enviando uma mensagem genérica para todo mundo.

Envie emails com ofertas que o seu público já demonstrou interesse em comprar. Aproveite todas as informações que o Lead deu em troca ao converter em suas Landing Pages para personalizar a mensagem.

Para se aprofundar sobre o assunto e saber mais na prática:

3. Página com as ofertas

Mais do que páginas com seleção de produtos, nessa época é interessante criar uma página dedicada às ofertas de Natal.

O grande benefício de criar essa página é fazer campanhas direcionadas para as suas melhores ofertas, aproveitando a temática da data.

Além do mais, é uma página boa para ser promovida nas redes sociais, em campanhas de email e até mesmo via mídia paga.

É importante também destacar essa página dentro do seu site. Insira um banner na home ou até mesmo crie um menu especial de Natal para mostrar às pessoas que essas ofertas estão ali. Isso pode funcionar como uma curadoria da marca com as melhores opções para presentear, o que ajuda no momento da decisão de compra.

4. Sugestões de presentes

Diferentemente de comemorações como o Dia das Crianças, Dia dos Pais ou Dia dos Namorados, essa é uma data muito mais ampla. Ou seja: todo mundo é um potencial consumidor e um potencial candidato a receber um presente.

A dica é criar algumas páginas com sugestões de presentes. Podem ser ideias para o amigo secreto (ou oculto) do trabalho, para família, filhos, pais, amigos e outras opções que você achar necessárias.

Você também pode criar sugestões com base no que a pessoa gosta. Presentes para quem tem o perfil mais intelectual, para quem é caseiro, para quem gosta de viajar, para quem é atleta e assim por diante…

Escreva posts com dicas de presentes

Sua empresa não pode deixar de trabalhar o tráfego orgânico durante essa data. Não deve viver somente dele, é claro, mas a longo prazo o orgânico é o canal mais barato para o seu negócio.

Para já ir ranqueando suas páginas temáticas no Google, comece a escrever alguns posts com dicas de presentes para o Natal. A busca por essa palavra-chave tende a aumentar nas próximas semanas e deve atingir um pico na semana natalina.

5. Investimento em mídia paga

Depois de criar páginas de ofertas e Landing Pages para capturar Leads, você precisará promover tudo isso.

Já falamos acima sobre o Email Marketing, que é um canal barato e que traz muito retorno. Mas nessas épocas a concorrência é enorme, principalmente no varejo. E é aí que um bom trabalho de mídia paga pode elevar seus resultados a outro nível.

Pode parecer muito simples e muito básico falar isso, mas sempre é bom lembrar: faça remarketing. Isto é, aquelas campanhas de mídia em que você anuncia para quem já visitou uma página de seu site.

O remarketing é altamente recomendado por especialistas da área de mídia paga, principalmente para quem vende produtos online. Lembrando que você pode fazer remarketing também no Instagram e no Facebook. Para se aprofundar sobre o assunto e saber mais na prática:

6. Ações nas redes sociais

Outro ponto fundamental é usar as redes sociais para promover sua campanha de Natal. Aproveite a época para focar a estratégia destes canais em vender e promover suas ofertas.

Logo, use os recursos que cada mídia oferece para expor seus produtos. O Facebook, por exemplo, permite que você crie um carrossel de imagens dos produtos, colocando preço e link específico para a página de produtos.

Já no Instagram – além do carrossel de imagens com fotos e preços “clicáveis” dos produtos – é possível criar o anúncio com o botão “compre agora”, que redireciona para o link da página de ofertas ou já para a página de produtos.

Mas você pode ir além e criar outras ações de Natal. O Marketing de Conteúdo nas redes sociais tem um poder muito forte de viralização.

Entenda que nem todos os seus seguidores vão comprar de você hoje. Mas poderão comprar em uma outra época. Use, então, as redes sociais não só para venda, mas também para gerar tráfego e melhorar o relacionamento com o público.

7. Realização de sorteio ou concurso

Poucas ações possuem um potencial de alcance tão grande como concursos e sorteios. E o Natal é uma época muito propícia para essas realizações. No período natalino, os consumidores estão procurando ativamente por muitos presentes. Faça dessa procura uma oportunidade para gerar mais Leads para o seu negócio!

Você pode promover um sorteio da forma clássica ou também concursos para estimular a participação e a criatividades da sua audiência. Algumas ideias de concurso são frases, fotos, votação, legendas ou vídeos.

E lembre-se sempre de estar atento às regras. No Brasil, o órgão que regulamenta essas ações é a Secretaria de Avaliação de Políticas Públicas, Planejamento, Energia e Loteria – SECAP, do Ministério da Economia.

8. Lista de desejos

Talvez seja muito cedo ainda para as pessoas fazerem suas compras de Natal. Porém, você pode incentivá-las desde já com uma lista de desejos! Ofereça essa lista em sua loja virtual para as pessoas serem lembradas assim que a data estiver chegando.

Só não esqueça de enviar as ofertas por email para esses clientes em potencial depois. E, além dos seus desejos, você pode aproveitar e mandar ofertas similares ou complementares ao que o cliente listou.

9. Clima natalino na identidade

Faltando um mês para o Natal, é hora de aprovar essas peças e começar a usá-las no site de seu negócio e nas redes sociais. Muitas empresas mudam o avatar do perfil e a capa da fanpage. Use esse espaço a seu favor!

Na capa da fanpage você pode colocar uma imagem que ilustre o clima natalino ou também algum banner de oferta. Para saber todas as dimensões, confira nosso infográfico com os tamanhos de imagem para Facebook e Instagram.

Tenha em mente que campanhas de Natal criativas são aquelas que emocionam. A data por si só já carrega essa característica: o Natal é o momento em que muitas pessoas param para refletir e serem solidárias umas com as outras.

Também é a principal data para reunir a família. A “magia” do Natal – somada com as férias coletivas que muitas empresas e instituições oferecem – faz com que essa seja uma data muito especial para reencontrar a família.

Ao planejar a sua campanha de Natal, pense nas pessoas. Faça algo que sensibilize, que emocione, que toque, enfim, que desperte o amor e a compaixão! É isso que buscamos no Natal.

Qual é a importância do Natal para o mercado brasileiro?

Todos os anos, a cena é a mesma: na penúltima semana de dezembro observamos os shoppings lotados de pessoas correndo para comprar presentes de Natal de última hora.

Isso nos fornece dois indicativos.

O primeiro mostra como essa data movimenta o mercado. As imagens de estabelecimentos lotados representam a importância do período natalino para o comércio. E, embora sejam gravadas em lojas físicas, espelham um pouco do que ocorre também no mundo virtual.

O segundo é que é incrível como muitas pessoas deixam para fazer compras na última hora, ainda que saibam que o Natal chegará em breve e que enfrentarão as mesmas filas de todos os anos.

Mas, se você tem uma empresa, deixar para se preparar na última hora significa não aproveitar a melhor data comemorativa do ano para o comércio brasileiro. Se você ainda não está pensando em como vender mais no Natal, saiba que deveria estar fazendo isso desde já.

A maioria dos consumidores (para não dizer todo mundo) compram presentes de Natal

Como falamos acima, diferentemente de comemorações como o Dia das Crianças, Dia dos Pais e Dia dos Namorados, essa é uma data muito mais ampla.

Todos compram presentes de Natal!

Da mesma forma, toda empresa pode vender no Natal. Isso porque a festa se dá não só pelos presentes, mas também pela ceia, decoração, dentre outros – o que movimenta diversos mercados, ainda que indiretamente.

Outro ponto que ajuda é a questão do calendário. O Natal coincide com o recebimento do 13º salário, e muitas pessoas usam parte desse benefício para a compra de presentes. É um incentivo a mais que o consumidor tem para presentear amigos e familiares.

As categorias mais vendidas no Natal em 2018

Ainda segundo a pesquisa do Ebit | Nielsen, no Natal de 2018 as categorias mais vendidas em volume de pedidos foram:

  • Eletrodomésticos 14,4%;
  • Perfumaria e Cosméticos 10,4%;
  • Moda e Acessórios 10,1 %;
  • Casa e Decoração 9,8%;
  • Telefonia/Celulares 7,6%;
  • Livros 7,4%;
  • Saúde 6,3%;
  • Informática 5,1%;
  • Esporte e Lazer 5,1%;
  • Eletrônicos 3,8%.

*A empresa especializada em informações sobre comércio eletrônico considera como período natalino todas as vendas de bens de consumo realizadas em lojas virtuais entre 15 de novembro e 24 de dezembro.

Isso significa que só essas categorias funcionam? De maneira alguma!

Reforçando o que dissemos no início do texto, o Natal é a data mais “democrática” do comércio brasileiro.

É uma data em que não importa se o consumidor é solteiro ou casado, adulto ou adolescente, pai ou mãe. Todo mundo (ou quase, para não generalizar também) participa de campanhas de Natal e compra ou recebe presentes de familiares, amigos e colegas de escritório.

Portanto, seja qual for o segmento da sua empresa, é bom criar uma campanha de Natal para fechar o ano no verde.

Black Friday + Natal: dá pra fazer uma ação conjunta?

O período de Natal é bem longo e já começa, como falamos acima, no dia 15 de novembro. No meio do caminho, está a segunda data mais importante do comércio brasileiro: a Black Friday.

Muitas pessoas aproveitam as ofertas da Black Friday para comprar presentes de Natal. Então, é recomendado que você pense nas duas datas como aliadas.

Uma ideia boa é começar a executar as campanhas de Black Friday enquanto você planeja o Natal. E, assim que acabar o período, já começar a executar sua estratégia para o 25 de dezembro.

Você pode ser criativo e criar campanhas combinadas, oferecendo seus produtos ou serviços com ótimo desconto e como uma ótima opção de compra para o Natal. Algo como: “economize em suas compras de Natal durante a Black Friday”.

Aliás, se você procura conteúdo sobre essa outra data, confira nosso material especial. Para acessar o eBook Black Friday 2019: prepare a sua estratégia para vender mais, basta preencher o formulário abaixo.

Black Friday 2019: prepare a sua estratégia para vender mais

Da estratégia de divulgação às ações de última hora, confira tudo o que você precisa saber para tornar o dia de descontos uma data para lá de lucrativa

Post originalmente publicado em novembro de 2017 e atualizado em outubro de 2018

Marcadores:

Deixe seu comentário

Comentários