Blog de Marketing Digital de Resultados

Como aumentar o alcance das publicações no Facebook?

Confira 7 dicas simples e efetivas para suas postagens ganharem mais engajamento e aumentarem ainda mais o alcance, sem pagar por isso

Postagens sem curtidas, números de comentários cada vez menores e queda nos compartilhamentos. O resultado? Fanpages com engajamentos menores e cada vez menos pessoas sendo atingidas pelas postagens. Afinal, o que vem acontecendo com alcance orgânico no Facebook? E, mais importante: como aumentar o alcance das publicações no Facebook?

A rede, que ultrapassou a casa dos 2,5 bilhões de usuários, afirma que essa queda acontece porque a disputa por atenção por parte das empresas está cada vez mais acirrada. Para evitar uma fuga de usuários por um bombardeio de informações, o Facebook, através de seu algoritmo promove uma espécie de curadoria de conteúdo para filtrar o que o usuário recebe em sua timeline.

Em uma primeira análise, esse cenário parece entender que os posts patrocinados são a única saída para o engajamento. Para muitos, isso significa o fim do alcance orgânico, mas para o Facebook nada mais é que a busca para melhorar cada vez mais a experiência do usuário. E, claro, isso também aumenta a rentabilidade, já que quase a toda a receita vem de anúncios.

Neste post, selecionamos 7 dicas simples e efetivas para suas postagens ganharem mais engajamento e aumentarem ainda mais o alcance, sem pagar por isso. Abordamos, também, algumas dúvidas que costumam surgir sobre o assunto.

eBook Marketing no Facebook

Aprenda a gerar mais Leads e vendas e a ter resultados concretos com a maior rede social do mundo

7 dicas simples e efetivas para aumentar o alcance orgânico no Facebook

1 – Faça perguntas

Se você quer mais interação e ganhar audiência é preciso dar às pessoas algo o que falar. Proponha um assunto que faça seus seguidores pensarem e sintam vontade de responder. Ao criar uma conversa, você se aproxima do seu público, descobre novas possibilidades de interação e amplia o seu alcance orgânico.

Sugerimos algumas ideias para ajudar no seu conteúdo tomando como exemplos uma loja de produtos esportivos (B2C) e uma empresa de consultoria financeira para empresas (B2B).

Pergunta específica:
Qual o seu esporte para o fim de semana?
Qual o maior diferencial da sua empresa?

Pergunta com escolha:
Esteira ou rua? Qual lugar você prefere correr?
Alugar ou comprar um imóvel? O que é melhor para a sua sede ou filial?

Pergunta com imagem:
Qual foi a melhor foto esportiva desse mês?
Qual foi o mês mais importante para sua empresa em 2014?

Pergunta com verdadeiro ou falso:
A seleção brasileira de futebol nunca perdeu uma eliminatória. Verdadeiro ou Falso?
Philip Kotler começou a lecionar Marketing em 1962. Verdadeiro ou Falso?

Pergunta que relaciona uma experiência:
Qual esporte marcou a sua vida?
O que marcou você no primeiro ano da sua empresa?

Pergunta divertida:
Se você pudesse sair correndo agora, para onde iria?
Qual foi a maior “saia justa” que você já passou com um cliente?

2 – Use imagens

Imagens reforçam sua identidade de marca no Facebook e ajudam muito no relacionamento com o usuário. Se suas postagem provocam reações e interações positivas, você está no caminho certo para ampliar o seu alcance orgânico.

Facebook é uma rede visual:

  • 93% das publicações mais engajadas possuem imagens.
  • 53% mais curtidas em postagens com fotos.
  • 104% mais comentários em conteúdos visuais.

Ou seja, para posts com maior alcance, procure inserir imagens.

É fato que as imagens são o carro chefe do conteúdo no Facebook. Assim, procure identificar que tipo de imagens seus fãs preferem. A seguir, faça postagens semelhantes (posts com mesmo tema mas imagens diferentes, por exemplo) e aos poucos vá selecionando quais delas o alcance é maior. Quando um tipo postagem recebeu um bom número curtidas, comentários e compartilhamentos, repita o estilo da postagem e continue mensurando o alcance.

3 – Postagem na hora certa

O Facebook possui horários de pico de audiência. Durante os dias da semana, especialmente às quartas-feiras, os horários das 13h às 17h são os mais movimentados com pico às 15h.

Pegar carona no movimento pode ser uma boa oportunidade. Porém, pode ser também um risco, já que sua postagem pode se perder no meio de tantas outras. O importante é entender como se comporta o seu consumidor. Muitas vezes o interesse do público pelo seu produto ou serviço pode ter horários específicos.

E como descobrir o seu melhor horário?

Você pode obter insights da sua fanpage em “Informações”>“Publicações”.

facebook insights

 

4 – Frequência de postagens

Uma ou duas vezes por dia garante um engajamento de até 40% maior que três postagens no mesmo período. Isso mostra que qualidade é melhor que quantidade em postagens no Facebook.

Mantenha uma constância no número de postagens. Se a sua empresa não tiver novidades, explore o mundo do seu nicho de mercado. Envolva a vida das pessoas e suas rotinas com produtos ou serviços que você oferece. Com certeza não vai faltar assunto.

E se todo o processo ainda for trabalhoso, programar as publicações pode ajudar a maximizar o tempo da sua equipe. Faça isso dentro da plataforma de postagens do próprio Facebook para não perder alcance.

programar post no facebook

5 – Faça uso de vídeos

Vídeos geram muito mais engajamento e alcance que postagens com apenas textos. Não há necessidade de grandes produções, mas cuidados básicos com a gravação, conteúdo, roteiro e criatividade são fundamentais para um maior alcance.  Separamos alguns dados interessantes sobre vídeos no Facebook.

Os primeiros segundos
Crie um conteúdo com impacto logo no início. O Facebook entende como visualização o número de vezes que o vídeo foi visto por 3 segundos ou mais.

Vídeos curtos
Pense em vídeos de curta duração, os que possuem menos de 21 segundos tendem a ter muito mais visualizações completas que os outros.

Suba seu vídeo via Facebook
O Facebook prioriza conteúdos inseridos direto da sua mídia, por isso, evite o Youtube para alavancar seu alcance. Suba seu vídeo direto na rede, o resultado é muito maior.

Regra dos 95
95% do vídeo assistido já é considerado pelo Facebook como uma visualização completa. Ele considera os 5% finais como créditos ou comerciais.

6 – Pegue carona no momento

Outro ponto interessante para aumentar seu alcance é encaixar assuntos do momento relacionando ao seu tema de mercado. Mas tome cuidado para não perder a hora certa da campanha. Falar agora sobre o meme de duas semanas atrás, por exemplo, poderia queimar a sua marca e dar espaço para piadas em seu perfil.

Tenha também a certeza de que o assunto está “bombando”, você pode estar falando de um assunto que quase ninguém acompanhou e pode não entender o contexto da sua postagem. Veja o exemplo abaixo, em que usamos um meme do momento no TikTok adaptado para o Facebook:

7 – Mostre que você está presente

Um dos maiores fatores de engajamento e alcance são as interações, então mostre que você está presente. Responda todas as perguntas feitas pelos seus fãs. Caso não tenha a resposta na hora, como um atraso na entrega de um produto ou falha de software por exemplo, avise que vai trazer a informação o mais breve possível ou indique um canal preparado para o atendimento.

Seja sempre pró-ativo e demonstre que há alguém “atrás da máquina” que se preocupa com as pessoas que interagem com a sua marca.  Um bom atendimento é fundamental em qualquer área de atuação da sua empresa.

E os títulos caça-cliques?

Você não vai acreditar na surpresa que essa mulher fez para o aniversário de seu namorado.

Dois homens conversam durante a abertura da Copa e o que acontece depois é inacreditável.

A receita secreta para você emagrecer 5kg em uma semana sem fazer exercício físico e sem sair de casa.

Você já deve ter visualizado muitos links no Facebook com títulos parecidos com os exemplos acima. Esses são os títulos popularmente conhecidos como click-baits, ou caça-cliques, como falamos no Brasil.

Durante muito tempo, algumas fan pages utilizaram dessa estratégia para gerar mais tráfego para um site via Facebook. É uma estratégia que realmente funcionou muito durante um tempo, pois instiga a curiosidade da audiência, que é obrigada a clicar no link para entender o que esse título está querendo realmente dizer.

Mesmo funcionando para algumas empresas, o Facebook nunca escondeu que essas publicações não fazem parte da experiência que a rede social quer entregar para seus usuários.

A partir de 2016, o Facebook começou a tomar medidas ainda mais drásticas para combater essa estratégia. Essa atualização não aconteceu “do nada”. A rede social analisou inúmeros feedbacks dos usuários e identificou que as pessoas querem ver menos publicações com títulos caça-cliques.

São, segundo o Facebook, publicações que intencionalmente omitem informações cruciais ou enganam as pessoas, forçando-as a clicarem no link para descobrir a resposta. Muitas vezes, a publicação nem mesmo dá a resposta, gerando expectativas frustradas para o usuário.

E aqueles posts que pedem para marcar amigos, curtir, compartilhar, etc.?

O Facebook também resolveu travar uma batalha contra outro tipo de publicação, que chama de engagement bait, ou caça-engajamento.

As pessoas nos disseram que não gostam de posts de spam que as levam a interagir curtindo, comentando e compartilhando, dentre outras ações — por exemplo, ‘curta isso se você é do signo de áries!’, diz um texto publicado no blog oficial do Facebook.

Veja exemplos do que o Facebook considera caça a votos, reações e compartilhamentos:

facebook combate posts apelativos

De acordo com os porta-vozes da rede social, usuários têm se aproveitado do algoritmo do feed de notícias para aumentarem o alcance das publicações.

Por isso o Facebook prometeu dar menos destaque aos posts de pessoas e páginas que usam essa técnica. Para ajudar na triagem, equipes do Facebook revisaram e dividiram em categorias centenas de milhares de posts, automatizando-os para que o computador consiga detectar diversos tipos de caça ao engajamento.

facebook combate posts apelativos

O Facebook implementou punições mais severas a páginas que usarem repetidamente esse tipo de recurso para ganharem alcance no feed de notícias.

Implementaremos esse nível de rejeição mais alto ao longo de várias semanas para dar tempo de as páginas se adaptarem e evitarem o engagement bait inadvertidamente em suas publicações, diz o texto.

Publicações que pedem ajuda, conselhos ou recomendações, como posts de crianças desaparecidas, que buscam levantar dinheiro para uma causa ou pedindo dicas de viagem não serão impactados por essa atualização.

A ideia é, também, combater conteúdo que vai “contra um dos principais valores do feed de notícias do Facebook”, a autenticidade. Por isso, são priorizados conteúdos mais significativos e autênticos, em detrimento de posts sensacionalistas, de spam ou que dão uma concepção errada aos usuários.

Mas, afinal, como aumentar o alcance das publicações no Facebook?

Realmente, está cada vez mais difícil entender como aumentar o alcance das publicações no Facebook. A rede social diminuo cada vez mais o alcance orgânico, privilegiando os anúncios pagos e as comunidades. Além disso, as postagens de empresas e marcas competem com fotos e comentários de amigos e parentes, exigindo ainda mais esforço para aparecer nas timelines.

A melhor forma, no fim das contas, é tentar ter uma estratégia mais completo. Se você está começando na maior rede social do mundo, acesse o nosso eBook Marketing no Facebook. Ele é gratuito, e basta você preencher o formulário abaixo para ler e receber no seu email. Comece agora mesmo a gerar resultados!

eBook Marketing no Facebook

Aprenda a gerar mais Leads e vendas e a ter resultados concretos com a maior rede social do mundo

Post originalmente publicado em 2015 e atualizado mais recentemente em 2020.

Marcadores:

Deixe seu comentário

Comentários